A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Piero Tedeschi Análise Das Demonstrações Contábeis: Fórmula Du Pont Modificada, elaboração e significado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Piero Tedeschi Análise Das Demonstrações Contábeis: Fórmula Du Pont Modificada, elaboração e significado."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Piero Tedeschi Análise Das Demonstrações Contábeis: Fórmula Du Pont Modificada, elaboração e significado

2 1 Objetivo Introduzir a avaliação do desempenho financeiro da empresa de forma integrada através da fórmula Dupont modificada.

3 2 “O RSPL (ROE) é uma medida de eficiência de como a empresa aplica o capital do acionista”

4 Fórmula Du Pont Modificada onde: Giro do Ativo RSPL = Retorno sobre o Patrimônio Líquido ROE = Return on Equity Multiplicador dos Recursos Próprios = Alavancagem Financeira Margem Líquida sobre Vendas 3

5 4 Componentes do RSPL : RSPL = MARGEM X GIRO X ALAVANCAGEM DE LUCRO DO ATIVO FINANCEIRA - M. Bruta - Caixa - P. Pagto. - Desp. Op. - P. Recbto. - G. Endivid. - Desp. Fin. - Giro Cap. Próprio - Cob. D.Fin. - Impostos - Giro A. Perm.

6 5 Observar que: RSA= Retorno sobre o Ativo ROA= Return on Assets }

7 6 RSA = Retorno Sobre os Ativos O RSA (ROA) é a medida da eficiência com que a companhia aloca e administra os recursos dos acionista em relação ao total de recursos aplicados.

8 7 Entretanto, o RSA não é uma medida consistente. Vejamos: (12) A B Dívida (10%) $ 900 $ 0 Patrimônio $ 100 $1.000 Total de Ativos $ $1.000 LAJIR$ 120$ 120 Juros$ (90)$ 0 L após J $ 30$ 120 Impostos ( 40%) $ (12) $ (48) Lucro Líquido$ 18$ 72 RSPL 18,0% 7,2% RSA 1,8% 7,2% ?

9 8 Pergunta: Como evitar esta distorção e medir corretamente a rentabilidade - não somente para o acionista - mas do negócio como um todo?

10 9 A Questão das Despesas Financeiras, “líquidas do I. Renda”

11 10 Examine as duas Demonstrações de Resultado apresentadas a seguir e os próximos slides. A primeira é apresentada da forma tradicional. A segunda é apresentada de forma analítica, explicitando o benefício fiscal trazido pela existência de despesas financeiras. Examine as duas Demonstrações de Resultado apresentadas a seguir e os próximos slides. A primeira é apresentada da forma tradicional. A segunda é apresentada de forma analítica, explicitando o benefício fiscal trazido pela existência de despesas financeiras. Porque temos de considerar o custo financeiro “após o efeito do I. Renda”?

12

13

14 13 Utilizando as definições contábeis anteriores, temos:: LAJIDA - D - J - IR = LL LAJIDA - D - J - (LAJIDA - D - J) t = LL LAJIDA - D - J - (LAJIDAt - Dt - Jt) = LL LAJIDA - D - J - LAJIDAt + Dt + Jt = LL LAJIDA - LAJIDAt - D + Dt - J + Jt = LL LAJIDA - LAJIDAt + Dt + Jt - D - J = LL } }

15 14 LAJIDA - LAJIDAt + Dt + Jt - D - J = LL Provisão para I. Renda Do ponto de vista do desembolso de caixa por parte da empresa, tem-se que: embora não implique em desembolso de caixa, a despesa de depreciação gera uma vantagem fiscal (economia no pagamento do I. Renda) igual a Dt; o desembolso das despesas financeiras é igual a J, mas o pagamento do I.Renda é reduzido por Jt; assim o desembolso das despesas financeiras "líquido do I. Renda" será dado por: J - Jt ou J (1 - t). Então: I. Renda efetivamente provisionado

16 15 já que os encargos financeiros são dedutíveis do I. Renda, o custo do endividamento depois do I. Renda será dado por: k d DIR = k d AIR (1 - t) onde: k d DIR = Juros depois do I.Renda k d AIR = Juros antes do I.Renda t = alíquota de I.Renda O custo do endividamento

17 16 Como Ex = Exigível ( = v. emprestado), então: k dAIR = J / EX k dDIR = (J – Jt) / EX k dDIR = [J (1 – t)] / EX k dDIR = [J / EX] (1 – t) k dDIR = k dAIR (1 – t) Como Ex = Exigível ( = v. emprestado), então: k dAIR = J / EX k dDIR = (J – Jt) / EX k dDIR = [J (1 – t)] / EX k dDIR = [J / EX] (1 – t) k dDIR = k dAIR (1 – t) Vejamos porque.

18 17 LAJIR ( 1 - % Imposto) RSCI = Dívida + Patrimônio LAJIR ( 1 - % Imposto) RSCI = Dívida + Patrimônio Retorno sobre o Capital Investido

19 18 De fato: Onde: LAJIR = Lucro antes dos Juros e do Imposto de Renda; t = alíquota (porcentagem) de I. Renda AT = Ativo Total RSCI = Retorno s/ Capital Investido ROIC = Return on Invested Capital

20 19 Retorno On Invested Capital RSCI (ROIC) é a medida básica da eficiência com que a companhia aloca e administra todos os seus recursos: de terceiros e dos acionistas.

21 20 (12) A B Dívida (10%) $ 900 $ 0 Patrimônio $ 100 $1.000 Total de Ativos $ $1.000 LAJIR$ 120$ 120 Juros$ (90)$ 0 L após J $ 30$ 120 Impostos ( 40%) $ (12) $ (48) Lucro Líquido$ 18$ 72 Duas empresas idênticas com alavancagem diferente RSPL 18,0% 7,2% RSA 1,8% 7,2% RSCI 7,2% 7,2%

22 VL X CMV VL DEPREC. VL DESP.OP. VL LAJIR VL CI (1 - t) RSCI A. CIRC. VL A. PERM. Análise de Desempenho através do Retorno sobre o Capital Investido - RSCI X +

23 22 Pergunta Como medir o efeito do nível de endividamento escolhido (alavancagem favorável, desfavorável) e relacioná-lo á rentabilidade do acionista?

24 23 É possível demonstrar que: É igual a:

25 24 EFEITO DA ALAVANCAGEM Efeito da Alavancagem Grau de Endividamento Margem Operacional Giro do Ativo “Spread”

26 25 25 #1# 25 # A nova versão da fórmula Du Pont modificada permite então identificar claramente: a rentabilidade operacional sobre as vendas, portanto, a eficácia da gestão das Operações; a eficiência na utilização do investimento nos ativos, portanto, a eficácia da gestão de Investimento; o efeito favorável ou desfavorável da alavancagem, portanto a eficácia da gestão de Financiamento. A nova versão da fórmula Du Pont modificada permite então identificar claramente: a rentabilidade operacional sobre as vendas, portanto, a eficácia da gestão das Operações; a eficiência na utilização do investimento nos ativos, portanto, a eficácia da gestão de Investimento; o efeito favorável ou desfavorável da alavancagem, portanto a eficácia da gestão de Financiamento.

27 26 Limitações no uso do ROE e do ROIC Timing = Não levam em conta o valor do dinheiro no tempo (custo do dinheiro). $ 1 hoje = $ 1 daqui a um ano. Risco = Não levam em conta a variabilidade dos retornos em torno da média. Valor = Baseiam-se em valores contábeis (históricos) e não em valores de mercado (presentes).


Carregar ppt "Prof. Piero Tedeschi Análise Das Demonstrações Contábeis: Fórmula Du Pont Modificada, elaboração e significado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google