A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PORQUÊ DA ÉTICA. Moral e ética As normas expressam os valores morais de uma sociedade. Moral: vem do latim MOS ( singular) e mores ( plural), que significa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PORQUÊ DA ÉTICA. Moral e ética As normas expressam os valores morais de uma sociedade. Moral: vem do latim MOS ( singular) e mores ( plural), que significa."— Transcrição da apresentação:

1 O PORQUÊ DA ÉTICA

2 Moral e ética As normas expressam os valores morais de uma sociedade. Moral: vem do latim MOS ( singular) e mores ( plural), que significa costumes. Bons costumes. Ética: vem do grego ETHOS, modo de ser, caráter. É comum o uso de ética e moral como sinônimos. Porém a ética questiona os valores morais.

3 Ética refere-se a uma teoria sobre a prática moral. É uma reflexão teórica que analisa e critica ou legitimina os fundamentos e princípios que regem um sistema moral. Faz uma crítica a moral estabelecida.

4 Ética e condição humana O ser humano tem necessidade de convivência social. Os seres humanos não nascem pré-programados. São seres inacabados. Não são determinados pelo destino. O grande desafio é a construção do ser.

5 Tem liberdade e responsabilidade pela própria vida. Responsabilidade pelas consequências de seus atos. Esta responsabilidade é assustadora. É tentador acreditar no destino.

6 Indignação ética Experiência existencial de se reelar diante de uma situação desumana ou injusta. É fundamental, pois é a experiência de liberdade frente as normas injustas e petrificadas aceitas como normalidade. Leva-nos a construir um futuro melhor.

7 Intenções e efeitos Quando assumimos nossa condição humana – com necessidades e liberdade, limites e e potencialidades; tornamos-nos responsável pelas nossas atitudes e atos. Somos responsáveis não só pelas intenções de nossas ações,mas também pelas consequências dos atos.

8 As nossas ações tem por trás, motivações.Estas podem ser conscientes e inconscientes. -Conscientes ( ato voluntário), efeitos intencionais. -Inconscientes ( ato involuntário) efeitos não intencionais. E automática. -Necessário considerar as consequências da ação. Não reduzir a ética a intenção.

9 Conflitos inevitáveis O conflito pode existir entre meu interesse a curto e longo prazo e meus objetivos a médio e longo prazo. O conflito pode ser entre o pessoal e coletivo. Quando o interesse pessoal é colocado acima do coletivo. O ser humano tem necessidade da coletividade. O direito de um termina onde começa o do outro.

10 Consciência ética Somos seres morais criamos sistemas de valores, para possibilitar a convivência social. Para a construção do ser não basta as intenções, faz-se necessário o controle sobre os efeitos não intencionais. Responsabilidade pelos atos. A consciência ética não é uma simples assimilação de valores, é a crença nos valores praticados.

11 BIBLIOGRAFIA SUNG, Jung Mo. Conversando sobre ética e sociedade. Petrópolis,Vozes, 2004.


Carregar ppt "O PORQUÊ DA ÉTICA. Moral e ética As normas expressam os valores morais de uma sociedade. Moral: vem do latim MOS ( singular) e mores ( plural), que significa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google