A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Emile Durkheim e o fato social. Emile Durkheim (1858-1917) -Livro: as regras do Método Sociológicos (1895) -Relações entre indivíduo e sociedade -Contribuição:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Emile Durkheim e o fato social. Emile Durkheim (1858-1917) -Livro: as regras do Método Sociológicos (1895) -Relações entre indivíduo e sociedade -Contribuição:"— Transcrição da apresentação:

1 Emile Durkheim e o fato social

2 Emile Durkheim ( ) -Livro: as regras do Método Sociológicos (1895) -Relações entre indivíduo e sociedade -Contribuição: a sociologia é uma disciplina que pode ser ensinada como de cunho científico; -Organização de método de investigação e aplicação na realidade social; -Para ele: a sociedade prevalece no indivíduo, uma vez que ela se constitui em um conjunto de normas e regras de ação construídas exteriormente fora das consciências individuais.

3 -Sociedade: conjunto de normas de ação, de pensamentos e de sentimentos que estão presentes não apenas nas consciências individuais, mas tem a sua construção social; -Os indivíduos não são criadores de nossas regras de conduta, pois elas são aceitas na vida em sociedade e produzidas coletivamente. -Porém, nós somos reorganizadores dos símbolos que as constituem que serão submetidos novamente aos critérios dos grupos sociais, que produziram ou reproduziram novas condutas e regras sociais.

4 Os fatos sociais -As regras nos são impostas e se constituem nos limites de nossas ações individuais. -A nossa vontade individual é condicionada/determinada pela vontade coletiva. -Estas regras ou normas (organizadas e encarnadas nos grupos sociais) que orientam a vida dos indivíduos em sociedade são chamadas de fatos sociais

5 Def de fato social “ É o fato social toda a maneira de agir fixa ou não, suscetível de exercer sobre o indivíduo uma coerção exterior, ou então ainda, que é geral na extensão de uma sociedade dada, apresentando uma existência própria, independente das manifestações individuais que possa ter.” Durkheim, 1918, p. 11

6 As características de um fato social 1.Coercitivos: São expressos de maneira determinada/obrigatória das normas e regras sobre nós. -As forças coercitivas presentes nos fatos representam a força que os fatos exercem sobre a individualidade, levando a conformidade e orientação às regras e normas presentes na mesma. -É a força independentes de nossas vontades ou escolhas individuais.

7 - As punições: dois tipos a)legais: infrações legais prescritas pela sociedade sob forma de leis; b) espontâneas: existentes da conduta que não se encontra adaptada à estrutura do grupo do qual o indivíduo pertence.

8 2. Exteriores: Os fatos sociais independem da consciência individual. Acontecem externamente e independem de nossa vontade. -Seguimos normas porque somos levados à seguí-las como se fossem normais ou naturais. 3. Generalizada: Como as normas e regras devem ser reproduzidas na maioria dos indivíduos. - A generalidade deve ser percebida enquanto coletivo. Possuem como elemento de referência a coletividade.

9 -Para Durkheim: a educação desempenha um papel significativo na sociedade pois ela funciona como instância de socialização, ou seja, adequação dos indivíduos às normas e regras sociais. -Internalização do conjunto de normas e regras presentes na sociedade, transformando hábitos determinantes do seu comportamento social e caracterizando como se fosse parte do próprio indivíduo.

10 - Os fatos sociais são objetos de investigação sociológica. São concretos e são expressos nos diversos elementos que compõem a sociedade: escola, família, estado, forças armadas, ideologias entre outros.

11 Consciência coletiva -A consciência individual se submete a consciência coletiva; -Consciência coletiva: conjunto de normas, regras e punições que são sobrepostas aos indivíduos e que perduram no decorrer das gerações; -A realidade social externa nos determina, fazendo com que nossa conduta e nosso comportamento seja adequado a realidade social.

12 As solidariedades sociais -Livro: Divisão do trabalho social -O que mantem os seres unidos são os laços de solidariedade; -Solidariedade: união dos indivíduos aos seus grupos sociais a partir dos contextos em que eles se encontram; -Dois tipos: solidariedade mecânica e solidariedade orgânica;

13 a.Solidariedade Mecânica: os indivíduos se encontram unidos diretamente a sociedade sem a presença de intermediários. - Organizado por um conjunto de crenças e sentimentos comuns entre membros e grupos. -A ação da consciência comum é mais forte e autonomia individual é fraca, dependendo da coletividade. -Ex: Família, religião, grupos tradicionais.

14 b. Solidariedade orgânica: Constituído por laços sociais desenvolvidos por órgãos diferentes, dos quais cada um tem um papel social a representar e tem sua função. -As relações são complexas, capitalistas e individualistas. -Elevada divisão social, especialização, identidade e autonomia individual. -Embora haja um espaço de independência mais forte, os seres continuam interligados pelas necessidades da peculiaridade de cada um. -Exemplo: Os ambientes de trabalho, as relações sociais de consumo, entre outros.

15 A anomia -Livro: O suicídio -Situação social que estabelece a falta de coesão e de ordem no que concerne às normas e os valores sociais; -As normas morais e sociais constituem uma diretriz para os sujeitos e trazem um tranquilidade no agir individual e coletivo. Quando isto não acontece os sujeitos se sentem inseguros e confusos, desestabilizando o ambiente social.

16 -O Estudo da anomia na sociologia: estudar os desvios da sociedade, os seus resultados nos sistemas sociais, para poder diminuir as consequências nos indivíduos e sociedade; -Exemplo: Como seria a vida cotidiana sem regras ou leis? Como seria o contexto brasileiro com a total ausência de regras, normas e punições?

17 Enfim, -Durkheim: estruturação do estudo dos fenômenos sociais; -Primeiros conceitos da sociologia: tentativa de organizar um corpo teórico em função de uma análise e reflexão sobre os sujeito na sociedade: -Atual: tentativa de (re) pensar as ações do sujeito e suas relações sociais.


Carregar ppt "Emile Durkheim e o fato social. Emile Durkheim (1858-1917) -Livro: as regras do Método Sociológicos (1895) -Relações entre indivíduo e sociedade -Contribuição:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google