A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A HISTÓRIA DO TRABALHO. Introdução A Psicologia estuda o comportamento humano em várias situações, e é também subdividida em vários segmentos de atuação;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A HISTÓRIA DO TRABALHO. Introdução A Psicologia estuda o comportamento humano em várias situações, e é também subdividida em vários segmentos de atuação;"— Transcrição da apresentação:

1 A HISTÓRIA DO TRABALHO

2 Introdução A Psicologia estuda o comportamento humano em várias situações, e é também subdividida em vários segmentos de atuação; Os Psicólogos que estudam o Ser Humano interagindo em seu ambiente de trabalho chama-se Psicologia do Trabalho ou Organizacional; As principais atuações são em: Seleção, Colocação, Treinamento, Desenvolvimento, Avaliação de Desempenho, Qualidade de Vida, Ergonomia;

3 Em síntese a Psic. do Trabalho é um campo de estudo sobre a Atividade do Trabalho e o Comportamento das Pessoas nestes ambientes, englobando aspectos individuais e coletivos; Entender o Trabalho como evolução técnica (instrumentalização, mecanização, automatização, e interconexão); Entender a Evolução do Trabalho, e a Evolução do trabalhador;

4 Um Pouco de História sobre o Trabalho Idade Média ( séc. XI a XV ) economia centrada na estrutura familiar, produção artesanal, profissão por habilidade, aptidão ( aprendizes) todos era capazes de executar todas atividades, o que permitia auto-regulação e manutenção das relações pessoais; No séc. XVIII na Inglaterra inicia profundas transformações econômicas, tecnológicas e sociais, Revolução Industrial, de produção agrárias, artesanal para Industrial;

5 Produção em Escala ( série ), alta lucratibilidade para os donos das industrias; Início da pobreza rural, e a valorização do trabalho industrial (urbano), gerando superpopulação nas cidades, o que deu margem a exploração de mão-de-obra ( excesso de horas de trabalho, baixa remuneração, exploração do trab. infantil e feminino); Ao trabalhador cabia apenas a força de trabalho, sem qualquer acesso ao capital, o capitalista cabia o domínio total dos meios de produção;

6 As condições sub-humanas de trabalho contribuíram tanto para o desemprego (medicância) quanto para o desenvolvimentos dos Surtos de Epidemias que acometeram a Europa no séc. XIX; Surgia a crise sócio-econômica, criando os primeiros sindicatos, associações de ajuda mútua; Os trabalhadores tinham uma estrutura rudimentar rígida, rotineiro, e liderado de forma autoritária;

7 O aumento da crise, e a preocupação com o aumento da produtividade surgiram os 1s estudos sobre Administração TAYLOR (Teoria de tempos e movimentos) FAYOL (Teoria da linha de produção); No séc.XX trouxe a linha de montagem, com o aumento da produção, o barateamento e a popularização dos produtos, mas também trouxe a desvalorização das habilidades de cada um no trabalho ;

8 Em meados dos anos 80 começou o questionamento das teorias clássicas de administração; que via a Pessoa que só produzia em troca do salário; Surge as teorias sobre Arte, Liderança, Objetivos Pessoais e Organizacionais, Teorias das Relações Humanas; A ação administrativa deve determinar o que é certo e errado, sistema social onde há uma inter-relação entre objetivos organizacionais(eficácia) e objetivos pessoais (eficiência);

9 A teoria de MAYO foi um marco para a preocupação psicológica e sociológica quanto a influência massificante da civilização industrial sobre o Ser Humano, onde a concepção deixa de ser homo máquina para ser homo socialis; HAWTHOME e MAYO, fizeram estudos sobre: iluminação, fadiga, acidentes de trabalho, turnorver, condições de trabalho, produtividade; Este estudo trouxe conhecimentos sobre: integração social, Comp. individual e grupal, recompensas e punições, relações humanas, importância do cargo e função, aspectos emocionais, etc...;

10 K. LEWIN trouxe contribuições sobre Motivação, onde compreendemos cada Pessoa no trabalho, que é influenciado por ele próprio, por suas crenças, expectativas (reais ou imaginárias) sua relação inter-relação com pessoas máquinas e equipamentos, com seu cargo, com o processo e com a política administrativa; MASLOW trouxe a Teoria das Necessidades Básicas( fisiológicas, segurança, sociais, afetivas (auto- estima) e auto realização, para ele motivação implica estar insatisfeito;

11 Teorias importantes também foram incorporadas por muitas empresas como: Fatores Motivadores, Teoria da Comunicação,Teoria das Expectativas, Teoria da Liderança; Essas teorias são conhecidas como Humanísticas; Nos períodos de guerra surgiu a necessidade de treinar e motivar os soldados, surgindo assim a busca pelo * melhor;

12 Devido a Guerra muitos países necessitaram exportar seus produtos como estratégia de sobrevivência e ascensão da nação, dando ênfase não só na quantidade mais na qualidade; As pessoas antes mão-de-obra passaram a ser reconhecidas como RECURSOS HUMANOS, qualificados para o desempenho especializado das suas funções; As Empresas então para atingir seus objetivos necessitam portanto, de diferentes recursos: físicos, materiais/ equipamentos, financeiros e humanos;

13 Na virada do séc.XXI, com a globalização da economia tudo passa ser diferente, estamos no Meio deste Processo e precisamos nos preparar para o Novo; O mundo hoje está caótico, mais é da própria natureza reordenar funcionamento das coisas, essa reorganização cria um período de instabilidade; Tudo está menos estável, menos rígido, menos seguro, menos previsível, esta instabilidade permeia toda a sociedade;

14 Atualmente vivemos na Era do Conhecimento, o diferencial das Empresas deixou de ser os maquinários, os equipamentos e as instalações de infra-estrutura, passou ser as Pessoas, pois são elas que detêm o conhecimento; Podemos afirmar que o novo milênio uma outra riqueza está se impondo, o Conhecimento e seu Instrumento a Inteligência; Atualmente os relacionamentos são mais flexíveis, a rotina de trabalho são protegidas por lei, as pessoas estão voltadas para a realização e crescimento pessoal e profissional;

15 Desenvolvimento Pessoal nas Organizações O ser humano tem buscado uma maior aproximação com a natureza, lutando para ter uma vida mais feliz, mais saudável, tem se percebido uma valorização cada vez maior das Organizações pelo Homem, pela busca de um equilíbrio físico, intelectual, emocional e mental; Cada um de nós possuímos competências, talentos, habilidades, interesses, história de vida e objetivos distintos; Alguns com maior facilidade em tecnologia, uso de ferramentas, robótica, tendo pouco contato com pessoas, outros já com mais facilidade, e felicidade em contato com outras pessoas;

16 Inúmeras são as variáveis relacionadas com as pessoas e suas atividades, o que pode ocasionar uma série de dificuldades de convivência; Não existe organizações sem pessoas, conviver com as diversas personalidades requer respeito e cooperação mútua; O Respeito está relacionado a aceitarmos efetivamente as pessoas com todas as habilidades e defeitos que possuem;

17 São estas diferenças individuais que tornam este mundo tão diversificado, e importante para o nosso Desenvolvimento e Crescimento; É PRECISO ENVOLVER-SE PARA DESENVOLVER-SE Antonio Gaiarsa


Carregar ppt "A HISTÓRIA DO TRABALHO. Introdução A Psicologia estuda o comportamento humano em várias situações, e é também subdividida em vários segmentos de atuação;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google