A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A planificação e actividade planificadora depois de conhecermos a realidade, a nossa população-alvo, estamos em condições de intervir de forma adequada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A planificação e actividade planificadora depois de conhecermos a realidade, a nossa população-alvo, estamos em condições de intervir de forma adequada."— Transcrição da apresentação:

1 A planificação e actividade planificadora depois de conhecermos a realidade, a nossa população-alvo, estamos em condições de intervir de forma adequada Mas o processo de intervenção, ainda que em intervenções consideradas pequenas, não é um processo simples nem fácil implica do interventor diferentes capacidades – entre elas, a capacidade de planificar Quando pensamos antes de fazer, iniciamos um processo de reflexão sério, que pretende dar resposta a algumas questões prévias.

2 A planificação e actividade planificadora A palavra planificação deriva do latim planum= plano e facere= fazer. Significa, por isso, fazer um plano, estabelecer um caminho, destinado a chegar a um sítio específico, através de meios específicos. É, portanto, um guia para a acção, sob a forma de programação. Assim, a palavra planificar, é composta de algumas ideias fundamentais, acerca da sua natureza: - implica a ideia de organização e coordenação ; - implica a ideia de decisão antecipada sobre alguma coisa que se quer fazer; - implica que se fixem formas de actuar, de maneira a alcançar uma determinada meta/finalidade

3 A planificação e actividade planificadora Como podemos definir planificação? “ A planificação ocupa-se, somente, de determinar o que se deve fazer, a fim de, posteriormente, se poderem tomar decisões práticas para a sua implementação. A planificação é um processo para determinar onde ir e estabelecer os requisitos para chegar a esse ponto da maneira mais eficaz e eficiente possível” (Kaufman, 1980:17) É claro, nesta definição, que a planificação determina aquilo que devemos fazer para atingir um determinado objectivo, e o tipo de decisões que devo tomar no sentido de garantir as condições de execução, por exemplo, de uma actividade. Por outro lado, salienta a ideia de planificar como um processo, que deve prever a melhor maneira de atingir um determinado objectivo.

4 A planificação e actividade planificadora “Acção que consiste na utilização de um conjunto de procedimentos mediante os quais se introduz uma maior racionalidade e organização em actividades e acções previamente previstas com as quais se pretende atingir determinados objectivos, tendo em conta a limitação de recursos existentes” (Ander-Egg, 1989) Nesta definição de Ander-Egg, a planificação é apontada como um instrumento que permite organizar e racionalizar a minha acção/intervenção. Organizar, uma vez que nenhuma intervenção deve ser feita “ao acaso” e uma vez que o improviso, raramente se apresenta como uma solução viável para a nossa intervenção. Racionalidade, no sentido em que posso prever tudo o que necessito, antes da intervenção, para não correr o risco de, chegada a altura, não dispor dos meios de que necessito para a minha acção

5 A planificação e actividade planificadora “ A planificação é, ao mesmo tempo, uma finalidade da Acção Social, uma necessidade implícita dela, um método e um instrumento de trabalho” (Marchioni, 1989:123) Nesta definição, está explícita a ideia de que a planificação se assume como um instrumento de trabalho imprescindível no sucesso das nossas intervenções/acções, sendo ao mesmo tempo um método de trabalho que auxilia o Educador Social no seu trabalho

6 A planificação e actividade planificadora O que ter em conta, quando se planifica? - conhecimento prévio da realidade em que se vai actuar - explicitar os objectivos que se pretende atingir - definir quais desses objectivos serão prioritários na acção a desenvolver Noutro momento, devo equacionar os recursos necessários para a sua concretização - humanos - materiais - físicos e temporais

7 A planificação e actividade planificadora Noutro momento, e depois de realizada a actividade, devo proceder à sua avaliação: - do processo - dos objectivos - da actividade e das estratégias adoptadas A avaliação assume-se como um processo contínuo, que deve ser realizado ao longo de todo a actividade, de forma a permitir o reajustamento que se apresente necessário

8 A planificação e actividade planificadora Por isso, quando planifico, devo conseguir responder a estas questões: o quero alcançar com determinada actividade? (Objectivos) o que quero fazer? (actividade) - Até onde quero ir com essa actividade? (Finalidade) - Em que espaço(s) a quero realizar? (recursos espacial) - Como vou dinamizar essa actividade? (estratégias) - De que recursos vou necessitar (humanos, físicos, materiais, financeiros)? - Quanto tempo necessito para desenvolver a minha acção?


Carregar ppt "A planificação e actividade planificadora depois de conhecermos a realidade, a nossa população-alvo, estamos em condições de intervir de forma adequada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google