A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação da Viabilidade Econômico-Financeira em Projetos - 5ª aula 24/06/13.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação da Viabilidade Econômico-Financeira em Projetos - 5ª aula 24/06/13."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação da Viabilidade Econômico-Financeira em Projetos - 5ª aula 24/06/13

2 Análise de fluxo de caixa. (Valor Presente Líquido & Taxa Interna de Retorno)

3 Análise de fluxo de caixa Primeiro vamos analisar um fluxo uniforme (fluxo regular). Taxa mínima de atratividade: 3%am Algebricamente temos: VPL= (PMT/((1+i)^n))+(PMT/((1+i)^n))+.....n

4 Análise de fluxo de caixa Primeiro vamos analisar um fluxo uniforme (fluxo regular). Taxa mínima de atratividade: 3%am Algebricamente temos: VPL= (PMT/((1+i)^n))+(PMT/((1+i)^n))+.....n , , , ,

5 Análise de fluxo de caixa Na HP-12C teríamos: CHS PMT 4 n 3 i PV ? = x x = ,

6 Análise de fluxo de caixa Exercício: Fluxo uniforme (fluxo regular). Taxa mínima de atratividade: 7%am

7 Análise de fluxo de caixa Para avaliação do fluxo de caixa não uniforme (irregular) utilizamos principalmente dois métodos: Valor Presente Liquido ou VPL, em inglês Net Present Value – NPV; e Taxa Interna de Retorno ou TIR, em inglês Internal Rate of Return – IRR. Aplicando fluxos de caixa na HP-12C – São realizadas através da teclas NPV, IRR, CFo (primeiro fluxo de caixa), CFj (demais fluxos de caixa) e Nj (número de fluxos de caixa iguais e consecutivos). Valor Presente Liquido VPL – É a soma algébrica de todas as entradas e saídas de um fluxo, antes porém,cada uma delas descontadas à uma determinada taxa, chamada de taxa mínima de atratividade e portanto “trazidas” a uma determinada data para comparação e análise.

8 Análise de fluxo de caixa Exemplo: Valor Presente Liquido – Estou em dúvida na aquisição de dois terrenos iguais e equivalentes, o primeiro custa R$ a vista e o outro pode ser parcelado da seguinte forma: R$ de entrada, 2 parcelas de R$10.000, no terceiro mês pago R$ e mais 3 parcelas de R$ Qual o valor a vista do imóvel financiado, se a taxa de juros for 9% e 10%. Qual a melhor opção de compra? Solução: Fluxo

9 Análise de fluxo de caixa Solução – continuação: O objetivo então é “trazer” os “n” pagamentos a valor presente às taxas de 9% e 10%, algebricamente temos então: VPL= (PMT/((1+i)^n))+(PMT/((1+i)^n))+.....n E na HP12-C temos:

10 Solução usando a HP12-C: Dados tecla(s)VisorObjetivo fCLEAR 0 limpar registros 10000gCfo ,00 parcela do mês gCFj ,00 parcelas dos meses 1 e 2 2gNj 2,00 número de parcelas 20000gCFj ,00 parcela do mês gCFj ,00 parcela dos meses 4 a 6 3gNj 3,00 número de parcelas 10 i 10,00 Taxa de desconto de 10% fNPV ,76 VPL (NPV) à taxa de 10% 9 i 9,00 Taxa de desconto de 9% fNPV ,02 VPL (NPV) à taxa de 9% Observe que não se usa a tecla ENTER para entrada de dados!

11 Análise de fluxo de caixa Taxa Interna de Retorno - TIR – A taxa interna de retorno ou de juros de um fluxo de caixa com entradas e saídas irregulares e na verdade a taxa resultante do valor presente deste fluxo. Sendo assim, a Taxa Interna de Retorno é basicamente a taxa de desconto que faz o VPL ser zero. Uma diferença básica entre os métodos do VPL e TIR é que o método do VPL supõe que as entradas de caixa ao longo do projeto, sejam reinvestidas ao custo de capital da empresa, ao passo que o método da TIR supõe o reinvestimento à própria TIR. Se a empresa acreditar que suas entradas de caixa possam ser investidas realmente à própria TIR, então o método da TIR será o mais indicado. Geralmente esta suposição é difícil de verificar na prática.

12 Análise de fluxo de caixa Taxa Interna de Retorno - TIR – Exemplo: Um banco propôs um financiamento de R$370M a uma empresa, que será pago em três parcelas mensais e consecutivas de R$100M, R$150M e R$200M. A taxa máxima de atratividade da empresa é de 10% ao mês para tomada de empréstimo de mesmos valores e datas de vencimentos. Calcule a TIR e indique se a proposta do banco é interessante. Calcule ainda o VPL do empréstimo. Logo:

13 Análise de fluxo de caixa Taxa Interna de Retorno - TIR – Exemplo, continuação: Dados tecla(s)VisorObjetivo fCLEAR 0 Limpar registros gCfo ,00 Entrada de caixa única CHSgCFj ,00 Primeira parcela CHSgCFj ,00 Segunda parcela CHSgCFj ,00 Terceira parcela fIRR 9,33 TIR do empréstimo 10 i 10,00 Taxa de desconto de 10% fNPV 4.861,01 VPL (NPV) à taxa de 10% Observe que não se usa a tecla ENTER para entrada de dados!

14 Análise de fluxo de caixa Taxa Interna de Retorno - TIR – Exemplo, continuação: Respostas: a)Sendo a TIR, menor do que a taxa máxima, a proposta de financiamento é interessante. b)E o que reforça essa decisão é VPL positivo. Dados tecla(s)VisorObjetivo fCLEAR 0 Limpar registros gCfo ,00 Entrada de caixa única CHSgCFj ,00 Primeira parcela CHSgCFj ,00 Segunda parcela CHSgCFj ,00 Terceira parcela fIRR 9,33 TIR do empréstimo 10 i 10,00 Taxa de desconto de 10% fNPV 4.861,01 VPL (NPV) à taxa de 10% Observe que não se usa a tecla ENTER para entrada de dados!

15 MAIS IMPORTANTE DO QUE SABER GANHAR DINHEIRO, É SABER O QUE FAZER COM ELE DEPOIS! Prof. RENE SANCHES


Carregar ppt "Avaliação da Viabilidade Econômico-Financeira em Projetos - 5ª aula 24/06/13."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google