A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BERLITZ F., GAELZER R., HAUSSEN M. Weinmann Laboratório - Porto Alegre,RS “LEAN 5S”: INCORPORANDO A INICIATIVA DE OTIMIZAÇÃO DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BERLITZ F., GAELZER R., HAUSSEN M. Weinmann Laboratório - Porto Alegre,RS “LEAN 5S”: INCORPORANDO A INICIATIVA DE OTIMIZAÇÃO DE."— Transcrição da apresentação:

1 BERLITZ F., GAELZER R., HAUSSEN M. Weinmann Laboratório - Porto Alegre,RS “LEAN 5S”: INCORPORANDO A INICIATIVA DE OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS “LEAN” À CULTURA DA QUALIDADE NO LABORATÓRIO CLÍNICO  PATTEN, J. v. A Second Lool At 5S. Quality Progress, Outubro/2006, p  CHAPMAN, C. D.. Clean House With Lean 5S. Quality Progress, Junho/2005, p  TISCHLER, L. Bringing a Lean To the Office. Quality Progress, Julho/2006, p  ALUKAL, G. Create a Lean Mean Machine. Quality Progress, Abril/2003, p  WERKEMA, C. Lean Seis Sigma. Série Seis Sigma. Volume 4. Werkema Editora, Belo Horizonte,  WOMACK, J. JONES, D. A mentalidade enxuta nas empresas. Rio de Janeiro, Elsevier,  GEORGE, M. Lean Six Sigma for Service. New York, McGraw-Hill, REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS A ferramenta “5S”, implantada em 1997 na empresa, tem resultados consolidados e significativos em termos de construção e manutenção da cultura da qualidade na organização, atuando de forma disseminada (indicador de desempenho monitorado em todos os setores da empresa e padronizado via intranet) e com gestão participativa (via comitê específico para gestão do programa “5S”). Utilizamos a ferramenta “5S” como forma de viabilizar a agregação dos princípios de “Pensamento Enxuto” (“LEAN”) na cultura da qualidade na empresa, visando alavancar e consolidar a implantação dessa filosofia no dia-a-dia da organização. O escopo do programa “5S” foi alterado, agregando conceitos básicos do “LEAN”, principalmente quanto à agregação de valor, aceleração e uso racional de recursos nos processos. CASUÍSTICA E MÉTODOS Alinhar a ferramenta “5S”, já consolidada na empresa, à filosofia “LEAN”, visando comunicar e disseminar o pensamento enxuto de produção na organização, de forma efetiva e sustentável Alinhar a ferramenta “5S”, já consolidada na empresa, à filosofia “LEAN”, visando comunicar e disseminar o pensamento enxuto de produção na organização, de forma efetiva e sustentávelOBJETIVO Além do alinhamento entre as iniciativas de melhoria da qualidade na organização, maximizando esforços e recursos, a união “LEAN 5S”, apoiada no potencial de disseminação do programa “5S”, que atinge todos os níveis da empresa, viabilizou a comunicação e a alavancagem dos princípios de otimização de processos “LEAN” no laboratório. A união “LEAN 5S” proporcionou tangibilidade às metas muitas vezes intangíveis de ferramentas de qualidade como o “5S”, agregando um visão de processos e de custos ao programa originalmente implantado, através do foco em redução drástica de desperdícios, uso racional de recursos, aceleração de processos e conseqüente elevação no nível de agregação das operações na empresa. Adicionalmente, o “LEAN 5S” serve como base para a sustentação e otimização dos resultados do “LEAN SIX SIGMA”, programa de melhoria robusta de processos também utilizado pela empresa. DISCUSSÃO E CONCLUSÕES RESULTADOS RESULTADOS INTRODUÇÃO A implantação da filosofia LEAN pode ser efetivada por diferentes caminhos, porém deve estar alinhada aos objetivos estratégicos da organização e incorporada de forma adaptada à cultura da empresa para a obtenção dos resultados esperados. Em muitas situações a filosofia LEAN pode ser implantada de forma associada a outros programas ou metodologias (Seis Sigma, Redesenho de Processos, entre outros) em andamento na organização, visando otimização de recursos e ampliação dos resultados. Existem ainda outras ferramentas que, mesmo com seus objetivos específicos, comunicam ou propiciam a incorporação de alguns conceitos básicos do LEAN nas organizações, entre elas podemos citar a MPT (Manutenção Produtiva Total), mais aplicada no setor de produção e o “5S”, aplicado tanto na produção quanto na prestação de serviços. O sistema 5S tem como base fundamental cinco palavras japonesas que buscam traduzir um comportamento humano, um estilo de vida. Este comportamento é adequadamente expresso pelos ideogramas originais em japonês os quais melhor comunicam o significado da filosofia. Buscando traduzir os 5S para o português, pode-se entender que as palavras Seiri e Seiton significam a capacidade de utilizar-se dos recursos disponíveis sem desperdício de forma organizada para um melhor ganho de todos; a palavra Seiso significa manter a limpeza gerando qualidade de vida; Seiketsu busca traduzir algo que é “cristalino” ou uma pureza de intenções e Shitsuke tem sentido de educar. A crescente aplicação da filosofia “Lean” como alternativa para proporcionar ampliação da competitividade para as empresas permite, de certa forma, uma revitalização do programa “5S” nas organizações. O programa “5S”, visto por muitas vezes como somente um programa de qualidade e com difícil mensuração dos resultados efetivos de sua aplicação, passa a ser uma ferramenta importante para sedimentar uma base sólida para a competitividade organizacional no mercado na qual está inserida. Esse programa prepara as pessoas e faz a primeira verificação ou triagem, em um nível mais amplo, dos desperdícios nos processos de uma organização. Questionário e avaliação do programa 5S via intranet corporativa


Carregar ppt "BERLITZ F., GAELZER R., HAUSSEN M. Weinmann Laboratório - Porto Alegre,RS “LEAN 5S”: INCORPORANDO A INICIATIVA DE OTIMIZAÇÃO DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google