A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metodologia da Pesquisa Alex Serrano de Almeida 42866 Barbara Duarte Milbrath 42870 Martina Gonzaga Wrany 42892.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metodologia da Pesquisa Alex Serrano de Almeida 42866 Barbara Duarte Milbrath 42870 Martina Gonzaga Wrany 42892."— Transcrição da apresentação:

1 Metodologia da Pesquisa Alex Serrano de Almeida Barbara Duarte Milbrath Martina Gonzaga Wrany 42892

2 Qualidade da Informação: Conceitos e aplicações Angélica Toffano Seidel Calazans,docente,Uniceub,Faculdade de tecnologia e Ciências Sociais. TransInformação, Campinas, 20(1): , jan./abr., 2008

3 Objetivo: Analisar os conceitos de informação, qualidade, qualidade da informação e, especificamente, a evolução dos estudos sobre o tema qualidade da informação e sua eventual aplicação na indústria, demonstrando que, apesar da subjetividade do assunto, já foram realizadas avaliações sobre esse tema no contexto organizacional.

4 Metodologia: A autora realizou uma pesquisa visando identificar as características dos fatos. Utilizando de estudos de outros autores com ideias diferentes, porém relacionadas ao mesmo assunto: Qualidade da Informação. É um artigo que apresenta vários modelos aplicados a diferentes ambientes organizacionais que tenta identificar as características deste assunto. Baseadas no survey, com questionários e dados estatísticos.

5 Justificativa: A justificativa para esse artigo é que tem a importância de identificar um contexto de interesse organizacional para a análise da qualidade da informação visando a um mapeamento mais pontual da necessidade informacional de referido contexto e buscar a completude da pesquisa não somente definindo ou adaptando um modelo, mas aplicando no mundo real, mapeando o nível de qualidade e buscando identificar no processo informacional organizacional os aspectos que influenciam positivamente ou negativamente o nível de qualidade.

6 Resultados: A qualidade da informação pode ser caracterizada por um conjunto de relações que expressam propriedades essenciais e propriedades contextuais. A qualidade da informação é a diferença entre o valor atribuído pelo usuário às propriedades presentes na informação e o padrão de qualidade desejável. As propriedades essenciais da qualidade da informação são: eficácia, precisão, completude ou completeza, consistência, relevância, autoridade cognitiva e credibilidade.

7 Resultados: Na maioria das organizações possui sim a qualidade na informação, porém em algumas organizações não é possível identificar a qualidade. Abordando duas linhas específicas de maior relevância constadas no artigo são: Informação e a Informação e Tecnologia, obtém-se os resultados da evolução de tal pesquisa. As Dimensões Marchand, Olaisen em 1989, foram totalmente voltado à informação;

8 Resultados: Abordagens empírica e intuitiva em 1996, abordagens ontológicas e sistemática em 1999, abordagens teóricas, evolutivas em 2002, abordagens teleológicas e hierárquicas em 2004, abrangem entre as duas linhas e estão todas ligadas indiretamente entre os períodos. Proposta de modelo de qualidade em 2005 não há relação de período, mas também é altamente abrangente entre as duas linhas específicas. Propriedades contextuais/essenciais em 2006 não relaciona com o anterior e está totalmente na linha da informação. Esses são resultados apresentados em pesquisas elaboradas e realizadas em diversos ambientes organizacionais por diferentes autores,porém reunidos neste artigo para demonstrar a evolução sobre as críticas das abordagens anteriores.

9 Conclusão: A qualidade da informação é um tema relativamente novo e multidimensional, com um vasto campo para experimentação e aplicação. Existem inúmeras propostas e poucas aplicações na indústria, conforme pôde ser constatado. Independente da abordagem adotada (intuitiva, empírica, analógica, e outras) para mensuração da qualidade da informação, é primordial entender seus aspectos facilitadores e dificultadores, tentando superá-los, tendo em vista que a Qualidade da informação poderá ser a base de novos caminhos de aprendizagem no contexto organizacional. Dessa forma, acredita- se ser possível agregar valor ao tema qualidade da informação, tanto para a organização como para o meio acadêmico.

10 Referência: CALAZANS, Angélica Toffano Seidel. Qualidade na informação: conceitos e aplicações. Transinformaçao, Campinas, SP , jan./abr., 2008.


Carregar ppt "Metodologia da Pesquisa Alex Serrano de Almeida 42866 Barbara Duarte Milbrath 42870 Martina Gonzaga Wrany 42892."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google