A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA AVALIAÇÃO DAS AÇÕES PACTUADAS NA PPI/ECD NO ESTADO DE SANTA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA AVALIAÇÃO DAS AÇÕES PACTUADAS NA PPI/ECD NO ESTADO DE SANTA."— Transcrição da apresentação:

1 ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA AVALIAÇÃO DAS AÇÕES PACTUADAS NA PPI/ECD NO ESTADO DE SANTA CATARINA NO PERÍODO DE 2000 A AVALIAÇÃO DAS AÇÕES PACTUADAS NA PPI/ECD DO ANO DE 2003 NOS 48 MUNICÍPIOS ESCOLHIDOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA. GRUPO TÉCNICO PPI/ECD

2 Notificação negativa de sarampo, SC, 2000 a Obs: pactuação na PPI a partir de 2002.

3 Número de casos notificados de HIV em gestantes, SC, 2000 a 2003 Obs: de 200 a 2002 eram 8 municipios sentinelas. Em 2003 passou para 33 municipios.

4 Percentual de casos de exantemáticas investigados em 48 horas em relação aos notificados, SC, 2000 a Obs: a pactuação na PPI é a partir de 2002, quando se dividiu em sarampo e rubéola.

5 Encerramento oportuno pelo SINAN da investigação epidemiológica, SC, 2000 a Obs: a pactuação na PPI é somente em 2003.

6 Percentual de casos de Leptospirose investigados em relação aos notificados, SC, 2000 a Obs: a pactuação na PPI é somente em 2003.

7 Percentual de confirmação de meningite bacteriana por cultura, SC, 2000 a 2003.

8 Proporção de inspeções realizadas para eliminação de focos e/ou criadouros Aedes aegypti, SC, 2000 a Obs: em 2003 foi separado a inspeção em municípios infestados e sem foco.

9 Número de cabeças encaminhadas para exame laboratorial para vigilância da raiva canina, SC, 2000 a Obs: a pactuação na PPI é somente no ano de 2003.

10 Percentual de casos novos de TB curados, SC, 2000 a Obs: pactuação na PPI a partir de 2002.

11 Número de casos novos de Hanseníase diagnosticados, SC, 2000 a 2003.

12 Percentual de crianças < 1ano vacinadas com Vacina Tetravalente, SC, 2000 a Obs: até 2002 era DPT + hemophilus, unificando em 2003 na tetravalente

13 Percentual de crianças de 1 ano vacinadas com Vacina Tríplice Viral, SC, 2000 a Obs: até 2001a VTV era aplicada como dose de reforço do sarampo. A partir de 2002, o sarampo foi retirado.

14

15

16 Percentual de municípios em relação aos recursos mínimos necessários, SC, 2003.

17 Quanto aos aspectos administrativos, levantados através do diagnóstico situacional realizado quando da avaliação, com o objetivo de identificar a real estrutura administrativa e de recursos humanos e materiais dos Serviços de Vigilância Epidemiológica municipais, constatou-se que nos municípios até habitantes, 82,7% dispõem de equipe mínima de recursos humanos indispensável ao desenvolvimento das ações de vigilância epidemiológica. Entretanto, apenas 18% dos municípios possuem veículos para uso exclusivo e 29,6% dos municípios dispõem de equipamentos de informática próprios, sendo que a área física adequada e de uso exclusivo, foi identificada em 44,8% dos municípios. Em relação aos recursos financeiros, 45% dos municípios dispunham de saldo disponível maior do que 50% do total recebido no período até 31/12/2002. Já para os municípios com população entre e habitantes, a existência de equipe mínima em apenas 45,4% dos municípios, assim como a disponibilidade de veículos exclusivo caracteriza a principal deficiência. Em contra partida 100% dos municípios dispõem de equipamentos de informática e de área física adequada e de uso exclusivo. Em relação aos recursos financeiros, 18% dos municípios dispunham de saldo disponível maior do que 50% do total recebido no período até 31/12/2002. Quanto aos municípios com população acima de habitantes a existência de equipe mínima alcança 75%, sendo que 100% dos municípios possuem veículos, equipamentos de informática e dispõem de área física adequada e de uso exclusivo. Em relação aos recursos financeiros, 50% dos municípios dispunham de saldo disponível maior do que 50% do total recebido no período até 31/12/2002.


Carregar ppt "ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA AVALIAÇÃO DAS AÇÕES PACTUADAS NA PPI/ECD NO ESTADO DE SANTA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google