A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professor : João Galdino. Síndrome clinica em que ocorre deterioração adquirida e progressiva e persistente de funções intelectuais (ou cognitivas),sem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professor : João Galdino. Síndrome clinica em que ocorre deterioração adquirida e progressiva e persistente de funções intelectuais (ou cognitivas),sem."— Transcrição da apresentação:

1 Professor : João Galdino

2 Síndrome clinica em que ocorre deterioração adquirida e progressiva e persistente de funções intelectuais (ou cognitivas),sem alteração primaria da consciência ou da percepção,acompanhada de alterações do comportamento e mudanças da personalidade do individuo,que acarretam prejuízos em suas atividades de vida diária.

3 1.1 Diagnostico O diagnostico de demência requer a existência de múltiplos déficits cognitivo,incluindo memória e pelo menos mais um domínio,como linguagem,habilidades visoespaciais,funções executivas,entre outras que acarretam prejuízos em suas atividades de vida diária.

4 1.2 Etiologia a)Lesões primarias: Configuram-se as demências degenerativas,em que o evento principal que leva a deterioração cognitiva é a degeneração e morte dos neurônios do SNC,como na Doença de Alzheimer. b)Lesões secundarias: O quadro é decorrente de uma serie de condições clinicas que determinam por ocasionar dano neural,como doenças cerebrovascular,hidrocefalia,infecção de SNC,entre outras

5 c)Principais causas de Demências: -Doença de Alzheimer. -Demência Vascular -Síndromes Parkinsonianas -Infecções:HIV,Meningites.... -Hidrocefalia -Tumores no SNC -Traumatismo Crânio Encefálico -Doenças Psiquiátricas(Depressão,esquizofrenia) DemênciasToximetabólicas(Alcoolismo,hipotireodi smo,ação de drogas....)

6 1.3 Estágios da Demência Estágios I, Fase leve ou inicial -Falta de iniciativa -Perda de interesse em atividades anteriores consideradas prazerosas -Negligencia na execução de tarefas -Sintomas algumas vezes atribuídos a cansaço. -O paciente passa a fazer a mesma pergunta varias vezes ao longo do dia sem reter a resposta. -Discurso vazio. -Ocorre a dificuldade de formar listas de palavras(lista de animais)

7 1.3.2 Estágios II, Fase moderada ou intermediaria -Deterioração das funções cognitivas -Memória recente e remota comprometida -O paciente se perde em seu próprio local de moradia -Parafasia(troca de fonema ou palavras) -Apraxia -Agnosia - Função motora ainda preservada,mas com inquietação

8 1.3.3 Estágios III, Fase Grave ou avançada -Funções cognitivas gravemente comprometidas -Ocorre Ecolalia( Repete as palavras que ouve). -Palilalia ( repete silabas sem intenção de comunicação) -Iniciam-se as incontinências -Dificuldade de deglutição -Na fase, o paciente adota uma postura rígida e em flexão,e a deterioração progressiva do SNC. - A deterioração progressiva do SNC,leva ao estado de Decorticação( sem consciência ao seu redor,com olhos abertos mas totalmente arresponsivo). -Estado vegetativo persistente

9 2.1 A equipe Multiprofissional - As demências não sendo curáveis se fazendo necessário apoio multidisciplinar -Que tem como principal objetivo minimizar e retardar perdas e complicações cognitivas,físicas,funcionais e comportamentais -Compõe a equipe: Fisioterapeuta, Terapeuta Ocupacional, Geriatra, Neurologista, Psiquiatra,Enfermeiro,Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicólogo,Educador Físico, Dentista, Farmacêutico e assistente social.

10 2.2 Alterações Motoras na Demência - Lentidão de atividades motoras grossas. -Redução de habilidades em atividades motoras finas. -Declínio no desempenho de tarefas psicométricas e de atenção. -Aumento no tempo de reação. -Presença de alguns reflexos primitivos. -Presença de sinais extrapiramidais leves. -Alterações da linguagem. -Alguns autores afirmam que presença de alterações no envelhecimento fisiológico pode ser um preditor para ocorrência de declínio cognitivo e de demência.

11 2.3 Sinais de Acometimento do Sistema Piramidal / Cerebelar -Perda do movimento voluntario:hemiplegia,hemiparesia -Co-contração de músculos antagonistas,o que leva a uma dificuldade em realizar movimentos alternados rápidos. -Disartria: Alterações da articulação da fala. -Espasticidade em membros -Rigidez plástica: caracterizada pela resistência à movimentação passiva durante toda a amplitude do movimento. - Sinal de Babinski

12 - Clônus: Contrações musculares involuntárias rítmicas em respostas a um estimulo de alongamento sustentado - Liberação de reflexos primitivos : preensão,sucção,snouting(reflexo de afocinhar,protusão dos lábios em resposta a estimulação perioral) -Reflexo palmomental(Retração da musculatura de um lado da boca e queixo quando a eminência tênar é estimulada) -Alterações do equilíbrio -Dismetria(erro de medida) - Tremor de ação

13 2.4 Alterações funcionais na demência -Alterações nas AVDs(Atividades da vida diária) -Alterações nas AIVDs(Atividades instrumentais da vida diária) -Alterações nas AAVDs(atividades avançadas da vida diária)

14 AVDSAIVDSAAVDS AlimentaçãoDirigir um carroApresentar-se em publico BanhoAtender ao telefoneTrabalhar voluntariamente Higiene pessoalFazer compraBuscar o neto na escola ContinênciaLidar com o dinheiro e contasFreqüentar um curso VestimentasPreparar uma refeiçãoUtilizar caixa eletrônico TransferênciaTomar a medicaçãoUtilizar o computador

15 SubgrupoCausas Déficit Cognitivo Disfunção executiva Prejuízo da memória imediata Apraxia Agnosia Afasia Sintomas comportamentais e psicológicosDepressão Apatia Alucinação Deambulação Causas

16 Causas Comorbidades Anemia Desnutrição Sintomas extrapiramidais Desequilíbrio Hipotiroidismo Desordem metabólica Déficit sensorial Outros fatores Pobre autopercepção da saúde Tabagismo Estresse do cuidador Atitudes sócias negativas Ausência do cônjuge

17 2.6 Avaliação Fisioterapêutica nas Demências # Protocolo recomendado para anamnese * Identificação: -Nome - Data de nascimento -Estado civil -Grau de escolaridade -Profissão anterior -Endereço -Telefone -Nome do responsável e do cuidador -Nome do avaliador e data da avaliação

18 b) Queixa principal - Deve ser perguntada ao paciente e ao cuidador c) Diagnostico medico - Devem ser questionados todos os diagnósticos que o paciente recebeu e não só o relacionado à demência -Nestes diagnósticos incluem-se todas as doenças atuais em tratamento medico,bem como os déficits apresentados pelo paciente,como os visuais e auditivos. -Se possível questionar sobre a etiologia da demência.

19 d) Medicamentos - Devem ser anotados todos os medicamentos que o paciente faz uso. -Anotar dose e horário -Assim o fisioterapeuta poderá identificar possíveis efeitos esperados e colaterais durante a realização da fisioterapia. e) Historia pregressa e atual -Anotar dados dos mais antigos para o mais recente tanto da queixa física quanto da demência.

20 f) Antecedentes pessoais -Cirurgias -Lesões neurológicas -Alterações nutricionais -Alterações psiquiátricas g)Antecedentes familiares -Grau de parentesco entre familiares acometidos de demências h)Hábitos e vícios -Tabagismo -Etilismo

21 I) Aspectos gerais -( realizada em lugar calmo,sem muito estimulo distratores) # Estado geral -Hidratado,corado,acianótico, afebril,orientado,desorientado colaborativo, animado...

22 # Sinais vitais -PA -FC -FR # Inspeção e palpação -Edema,Deformidade,Hematoma,Creptação articular,Cicatriz,Lesões e isquemias da pele,Micose em unhas, Alterações de temperatura em alguns segmentos do corpo, Trofismo muscular

23 # Amplitude de movimento -Avaliada de forma ativa e passiva -Utilizar goniômetro # Força muscular e tônus muscular -Deve ser avaliado desde o inicio da demência -Existem demências que cursam com hipertonia desde o inicio

24 #Avaliação da sensibilidade -Térmica e dolorosa # Avaliação postural -Lateral posterior e anterior # Marcha -Caso o paciente realize deambulação independente -Avaliar a velocidade da marcha(rápida,lenta ou normal) # Quedas -Informações devem ser obtidas com um familiar e ou cuidador

25 2.7.1 Objetivos # Objetivo Geral -Prevenir deficiências que possam interferir na funcionalidade do individuo ou minimizá-las # Objetivos específicos * A Curto Prazo -Promover analgesia -Adaptar o ambiente para redução de quedas -Prescrever dispositivos auxiliares de marcha -Melhorar força muscular -Realizar higiene brônquica

26 * A Longo Prazo -Manter força muscular -Manter amplitude de movimento -Adequar ou reduzir tônus muscular -Melhorar e ou manter equilíbrio -Melhorar e ou manter deambulação -Manter o paciente independente

27 -Manter vias aéreas limpas -Manter volumes e capacidades respiratórias -Manter equilíbrio de tronco -Promover analgesia -Evitar síndrome do imobilismo e suas complicações -Manter aspectos fiscos e funcionais -Propiciar integração social -Resgatar auto-estima -Reduzir sintomas depressivos

28 2.7.2 Recursos utilizados -Eletrotermofototerapia -Bolas -Faixa elástica -Pranchas de estímulos a propriocepção -Bastões de madeira -Barras paralelas --Halteres -Caneleira -Massoterapia

29 2.7.3 Cuidados -Observar sinais vitais -Observar posicionamento correto durante a aplicação dos recursos -O fisioterapeuta deve ser claro e compreensível quando der comando -Realizar a sessão de fisioterapia em locais calmos sem fatores distratores,como sons,pessoas e estímulos visuais. Não esquecer que o paciente alem da demência pode ter problemas auditivos e visuais. -Cuidado redobrado na utilização de eletrotermofototerapia


Carregar ppt "Professor : João Galdino. Síndrome clinica em que ocorre deterioração adquirida e progressiva e persistente de funções intelectuais (ou cognitivas),sem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google