A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O FOLCLORE Folclore é um gênero de Cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. É o.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O FOLCLORE Folclore é um gênero de Cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. É o."— Transcrição da apresentação:

1 O FOLCLORE Folclore é um gênero de Cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. É o saber do povo que se torna normativo pela tradição.

2 Todos os povos possuem suas tradições, crendices e superstições, que se transmitem através de: lendas, contos, provérbios, canções, danças, artesanato, jogos, religiosidade, brincadeiras infantis, mitos, idiomas e dialetos característicos, adivinhações, festas e outras atividades culturais que nasceram e se desenvolveram com o povo.

3 O Folclore é sinônimo de cultura popular e representa a identidade social de uma comunidade através de suas criações culturais, coletivas ou individuais. Cultuado tardiamente em relação a Cultura, com esta muitas vezes se confunde e interpenetra espaços. O Folclore é sinônimo de cultura popular e representa a identidade social de uma comunidade através de suas criações culturais, coletivas ou individuais. Cultuado tardiamente em relação a Cultura, com esta muitas vezes se confunde e interpenetra espaços.

4 O FOLCLORE - características: TRADICIONALIDADE: a partir de sua transmissão geracional, entendida como uma continuidade, onde os fatos novos se inserem sem ruptura com o passado, e se constroem sobre esse passado. DINAMICIDADE: a sua feição é mutável, ainda que baseada na tradição.

5 FUNCIONALIDADE: existindo uma razão para o fato acontecer e não constituindo um dado isolado, e sim inserido em um contexto dinâmico e vivo. Fortalece a Identidade Cultural.

6 ACEITAÇÃO COLETIVA: ACEITAÇÃO COLETIVA: deve ser uma prática generalizada, implicando uma identificação coletiva com o fato, mesmo que ele derive das elites. Pode ser uma paródia das práticas elitistas. Ex: Os maracatus celebravam os reinos d´África e satirizavam a corte portuguesa no Brasil.

7 ANONIMATO: mesmo se houver autor, desde que o fato seja absorvido pela cultura popular, ainda deve ser considerado folclórico. Um exemplo disso é a literatura de cordel brasileira, geralmente com autoria definida, mas tida como elemento genuíno da cultura popular. ESPONTANEIDADE: o fato folclórico não nasce de decretos governamentais nem dentro de laboratórios científicos.

8 VULGARIDADE: no sentido estrito de vir do popular, do jeito simples e muitas vezes jocoso da sabedoria do povo. ORALIDADE: o folclore se transmite de boca em boca, em muitos casos, distante da mídia ou da propaganda formal e planejada.

9 O MARACATU Pernambucano – uma tradição O Maracatu é uma manifestação da música folclórica de Pernambuco. É formada por uma percussão que acompanha um cortejo real. Como a maioria das manifestações populares do Brasil, é uma mistura das práticas indígena, africana e européia. Surgiu em meados do século XVIII. Foi criado para formar uma crítica às cortes portuguesas. cantos, e o A orquestra do Maracatu é composta apenas por instrumentos de percussão: vários tambores grandes, caixas e taróis, ganzás e um gonguê. Hoje em dia, se usa os xequerês (instrumento confeccionado com uma cabaça e uma saia de contas). O Mestre de Toadas "puxa" os cantos, e o coro responde. As baianas têm a responsabilidade de cantar, outras vezes, são os caboclos, mas todos os dançarinos também podem participar.

10 CULTURA – em busca de uma Definição O senso comum das pessoas afirma que alguém muito bem informado, que tem conhecimentos, cursou a universidade, concluiu pós-graduação, mestrado ou doutorado é uma pessoa que tem Cultura. Isto se deve a tradição elitista ligada ao termo Cultura.

11 No entanto, vejamos algumas definições que podem ser aplicadas a este termo: No entanto, vejamos algumas definições que podem ser aplicadas a este termo: é a vida total de um povo, a herança social que o indivíduo recebe (e transmite) de seu grupo, ou pode ser considerada a parte do ambiente que o próprio homem criou. (Clyde Kluckhohn – 1905*1960)

12 a Cultura compreende arte artefatos, bens, processos técnicos, idéias, hábitos e valores herdados. (Bronislaw Malinovski – 1884*1942). a Cultura consiste em padrões de comportamento adquiridos por meio de símbolos, e que constituem as realizações características de grupos humanos, inclusive suas materializações em artefatos. (Clyde Kluckhohn – 1905*1960).

13 É o conjunto de crenças, regras, da variedade das manifestações artísticas, técnicas, tradições, ensinamentos e costumes produzidos e transmitidos no interior de uma sociedade.

14 CULTURA * Cada Sociedade transmite às novas gerações o patrimônio cultural que recebeu de seus antepassados. Por isso, a Cultura é também chamada de Herança Social. *Cultura e Educação: - Informal ou assistemática; - Formal ou sistemática

15 Identidade Cultural: - a identidade cultural faz com que a pessoa se sinta pertencendo ao grupo. Ex: Aluno do CMF, do 9º Ano, aluno da Cultura Material: - utensílios produzidos em uma sociedade. Ex: habitação, ferramentas, instrumentos. Cultura Não Material: - aspectos morais e intelectuais. Normas sociais, religião, costumes, ciências, folclore.

16 COMPONENTES DA CULTURA TRAÇOS CULTURAIS TRAÇOS CULTURAIS - átomo da Cultura. O COMPLEXO CULTURAL O COMPLEXO CULTURAL - combinação dos traços culturais em torno de uma atividade. A ÁREA CULTURAL A ÁREA CULTURAL - a região dos complexos culturais. O PADRÃO CULTURAL O PADRÃO CULTURAL - normas que regem - normas que regem um comportamento. A SUBCULTURA A SUBCULTURA - diferenças significativas no interior de uma Cultura.

17 No interior de uma Cultura podem aparecer diferenças significativas, caracterizando a existência de uma Subcultura. Ex: Comunidades de origem estrangeira (subcultura regional), relação entre gerações, tribos urbanas (subcultura juvenil: punks, skinheads, góticos, metaleiros, emos, etc).

18 CONTRACULTURA radicalmente Nas Sociedades contemporâneas encontramos pessoas que contestam certos valores culturais vigentes (mores), opondo-se radicalmente a eles, num movimento chamado de contracultura. Uma cultura com valores e costumes colidentes com os da Sociedade estabelecida. Ex: os Hippies


Carregar ppt "O FOLCLORE Folclore é um gênero de Cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. É o."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google