A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS PROFESSORA ADRIANA CARVALHO PORTUGUÊS 9ºANO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS PROFESSORA ADRIANA CARVALHO PORTUGUÊS 9ºANO."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS PROFESSORA ADRIANA CARVALHO PORTUGUÊS 9ºANO

4 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS As orações subordinadas adjetivas exercem a função de adjunto adnominal de algum termo da oração principal. Observe como podemos transformar um adjunto adnominal numa oração subordinada adjetiva. As orações subordinadas adjetivas exercem a função de adjunto adnominal de algum termo da oração principal. Observe como podemos transformar um adjunto adnominal numa oração subordinada adjetiva. PERÍODO SIMPLES DESEJAMOS UMA PAZ DURADOURA (PERÍODO SIMPLES) ADJUNTO ADNOMINAL PERÍODO COMPOSTO DESEJAMOS UMA PAZ QUE DURE (PERÍODO COMPOSTO) ORAÇÃO PRINCIPAL ORAÇÃO SUBORDINADA ADJETIVA

5 AS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS SÃO SEMPRE INTRODUZIDAS POR UM PRONOME RELATIVO ( QUE, QUAL,CUJO, QUEM, ONDE ETC) AS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS SÃO SEMPRE INTRODUZIDAS POR UM PRONOME RELATIVO ( QUE, QUAL,CUJO, QUEM, ONDE ETC) ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS CLASSIFICAM-SE EM: RETRITIVAS E EXPLICATIVAS. ATENÇÃO!

6 AS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS CLASSIFICAÇÃO: RESTRITIVAS E EXPLICATIVAS RESTRITIVAS : restringem ou especificam o sentido da palavra a que se referem. que O público aplaudiu o cantor que ganhou em 1º lugar. ORAÇÃO PRINCIPAL ORAÇÃO SUBORDINADA ADJETIVA RESTRITIVA DESENVOLVIDA PRONOME RELATIVO PRONOME RELATIVO A oração adjetiva restritiva, nesse exemplo, especifica sentido o sentido do substantivo cantor, indicando que o público não aplaudiu qualquer cantor, mas sim aquele que ganhou em primeiro lugar. Por isso, na leitura, não há pausa entre cantorque as palavras cantor e que.

7 EXPLICATIVAS: apenas acrescentam uma qualidade à palavra a que se referem, esclarecendo um pouco mais o sentido, mas sem restringi-lo ou especificá-lo.Na leitura, há uma pausa entre o pronome relativo e o seu antecedente. Essa pausa é representada, na escrita, por uma vírgula. EXPLICATIVAS: apenas acrescentam uma qualidade à palavra a que se referem, esclarecendo um pouco mais o sentido, mas sem restringi-lo ou especificá-lo.Na leitura, há uma pausa entre o pronome relativo e o seu antecedente. Essa pausa é representada, na escrita, por uma vírgula. EXEMPLO: Esse escritor, que mora na Bahia, lançou um novo livro. Esse escritor lançou um novo livro: oração principal que mora na Bahia : oração subordinada adjetiva explicativa.


Carregar ppt "ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS PROFESSORA ADRIANA CARVALHO PORTUGUÊS 9ºANO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google