A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Currículo Nuclear FMUSP. Fundamentos, Instalação e reforma. Joaquim Edson Vieira CEDEM – Centro de Desenvolvimento de Educação Médica. Faculdade de Medicina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Currículo Nuclear FMUSP. Fundamentos, Instalação e reforma. Joaquim Edson Vieira CEDEM – Centro de Desenvolvimento de Educação Médica. Faculdade de Medicina."— Transcrição da apresentação:

1 Currículo Nuclear FMUSP. Fundamentos, Instalação e reforma. Joaquim Edson Vieira CEDEM – Centro de Desenvolvimento de Educação Médica. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. © JEV 2005

2 Objetivos: Instalação do Currículo Nuclear. –Projeto Pedagógico de Evolução do currículo nuclear. –Optativas, áreas verdes, Ligas e quetais… –Programa Tutoria. Quantos anos para obter o conhecimento? –Exercícios que apontam para modelos currículos nucleares. O melhor profissional médico (!) © JEV 2005

3

4 Diretrizes Curriculares Nacionais. As Diretrizes prevêem que profissionais da medicina tenham formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Capacitado a atuar, pautado em princípios éticos, no processo de saúde- doença em seus diferentes níveis de atenção, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação à saúde, na perspectiva da integralidade da assistência, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano. –O médico que a FMUSP se propõe a formar é um médico com sólida formação geral, formação básica profunda, treinamento nos três níveis de atenção à saúde (primário, secundário e terciário), elevada formação ética e humanista e apto a exercer sua profissão com responsabilidade social e competência técnica. (Mílton de Arruda Martins) © JEV 2005

5 Reforma Curricular Faculdade de Medicina da USP O currículo de 1998 tem como objetivos específicos: –Contato com a profissão medicina, a comunidade e o paciente desde o primeiro semestre. Discipl. Introdução à Medicina e suas Especialidades. Discipl. Atenção Primária em Saúde. –Conteúdos humanísticos e de responsabilidade social. Bases Humanísticas, Cidadania, Bioética. Programa Tutoria FMUSP. © JEV 2005

6 Reforma Curricular Faculdade de Medicina da USP O currículo de 1998 tem como objetivos específicos: –Integração dos conteúdos das áreas básicas com áreas clínicas. Propostas de revisões e seminários durante Internato com fisiologistas e farmacologistas. –Treinamento no auto-aprendizado (aprender a aprender). Aprendizado baseado em problemas (PBL): adaptado. –Disciplinas em Semiologia e Propedêutica – Clínica Médica © JEV 2005

7 Reforma Curricular Faculdade de Medicina da USP O currículo de 1998 tem como objetivos específicos: –Treinamento nas áreas gerais e em cuidados primários, secundários e terciários. HU é secundário, HC é terciário. Distrito Saúde Escola do Butantã (USP-SM Saúde): primário. –Atividades optativas com ênfase na Iniciação Científica, Treinamento Profissional e Serviços à Comunidade. Programas de IC, Prática Profissional, Ligas. © JEV 2005

8 Reforma Curricular Faculdade de Medicina da USP Levantamentos (entrevistas com alunos) – 70% do tempo: Seminários, oficinas e conferências em 1995 e Departamentos e Congregações da FM, ICB, IQ e IB em Filosofia educacional (Docto s/d Diretoria FM-CEDEM): –Resposta à crescente sobrecarga de informações; –Resgate de docentes pouco envolvidos com atual graduação; –Aprimoramento métodos pedagógicos; –Identificação do aluno – recuperar relação professor-aluno; –Implementação do auto-aprendizado – atividades eletivas © JEV 2005

9 Reforma Curricular Faculdade de Medicina da USP Área Nuclear (disciplinas obrigatórias), corresponde(ria), do primeiro ao quarto ano, a 70 a 75% das atividades – 7 períodos da semana. Área Complementar (disciplinas optativas), corresponde(ria) até 30% - 3 períodos semanais. –Áreas verdes incluídas. –5 CRÉDITOS POR SEMESTRE [II ao VIII Semestre] Evolução entre 1998 a © JEV 2005

10 SEGUNDATERÇAQUARTAQUINTASEXTA ANOSEM.MTMTMTMTMT 1 1 BA 2BABBAA 2 1ABAABB 2ABAABB 3 1BABBAA 2BABA 4 1AABB 2BBAA Faculdade de Medicina da USP. Disciplinas optativas 1998 © JEV 2005

11 SEGUNDATERÇAQUARTAQUINTASEXTA ANOSEM.MTMTMTMTMT 1 1 XX 2 X ABBA X 2 1 X ABBA X 2 X ABBA X 3 1 X ABBA X 2 X ABBA X 4 1 X ABBA X 2 X ABBA X Faculdade de Medicina da USP. Disciplinas optativas 2005 © JEV 2005

12 Currículo Nuclear Modelos © JEV 2005

13 Currículo Nuclear Modelos Modelo adotado na FMUSP © JEV 2005

14 Atividades Optativas (ou Eletivas) 2 a 4 créditos Pesquisa Científica em Medicina –Iniciação Científica Introdução Profissional à Prática Médica –Estágios em Atividades Assistenciais –Ligas CAOC-DC Introdução ao Ensino Médico –Atividades de Monitoria Disciplinas Optativas Propriamente Ditas. Extensão de Serviços à Comunidade. –Bandeira Científica Boletim Arroba e Vírgula n o 2, novembro/2003 Períodos Protegidos na Grade Horária OU Livres - CAOC © JEV 2005

15 Pesquisa Científica em Medicina - PCM - Iniciação Científica 4 créditos Total alunos FMUSP* N= N=688 (65% FM) 2004 N=627 (60% FM) I semestre270 26% FM % FM II semestre418 40% FM % FM © JEV 2005 * Algumas matrículas podem ser dobradas (1 aluno/2 lab).

16 Ligas do Departamento Científico – CAOC 4 créditos 48 Ligas oferecidas do 1 o ao 6 o anos. –14 com início no 1 o ano, –17 chegam até o 6 o ano. 25 Ligas aceitam alunos de outros cursos. –Enfermagem, Fisioterapia, Fono, Psico, Odonto, Ed.Física, Nutrição. –QUANTOS ALUNOS??? –Mal crônico: não há estatísticas... © JEV 2005

17 Optativas em Medicina 2 a 4 créditos Cardio-Pneumologia24 Clínica Médica22 Gastroenterologia (Clínica e Cirurgia)21 Neurologia19 Radiologia13 Moléstias Infecciosas13 Patologia11 Cirurgia11 Otorrino - Oftalmo9 Ortopedia9 Pediatria7 Medicina Legal6 Medicina Preventiva6 Obstetrícia - Ginecologia4 Psiquiatria3 Dermatologia2 Supradepartamenal (MSP) História Medicina Iniciação Ensino Médico Acupuntura Fisiatria 4 Pesquisa Científica Medicina21 Introdução à Prática Profissional Médica21 Instituto de Ciências Biomédicas Cronobiologia Mecanismo da Micção, Ereção e Ejaculação Anatomia prática da Cabeça e Pescoço Anatomia prática Abdome, Pelve e Períneo 4 Instituto de Biologia Estudo Molecular e Clínico de Doenças com Malformações Congênitas Genética Molecular de Doenças Neuromusculares 2 Instituto de Química Introdução à Pesquisa Científica em Bioquímica 1 TOTAL 234 © JEV 2005

18 Tutoria na grade da FMUSP crédito © JEV 2005

19 __________________ TRANSDISCIPLINAR ____ INTERDISCIPLINAR ____ MULTIDISCIPLINAR ____ COMPLEMENTAÇÃO (MI – 4o ano) ____ CONCOMITÂNCIA - CORRELAÇÃO _____ COMPARTILHAR – COOPERAÇÃO (At. Primária – 3 o ano) ____ COORDENAÇÃO TEMPORAL ____ INSERÇÃO DE CONTEÚDOS _____ HARMONIA ENTRE CONTEÚDOS _____ CONSCIENTIZAÇÃO DE CONTEÚDOS( Conteúdos Humanísticos) _____ ISOLAMENTO Integração curricular © JEV 2005

20 QUADRO – Dificuldades para disciplinas FMUSP 2004 COORDENADORES DE DISCIPLINAS 1 o – 6 o anos falta de espaço físico adequado falta de manequins falta de recursos em relação laboratórios de treinamento prático. falta de salas falta de salas de discussão faltam vídeos didáticos infra-estrutura local e material para realização de várias atividades material cadavérico para dissecções material de consumo / manutenção de instrumental e de equipamento: não existe orçamento tipo de doente internado / programa a ser cumprido / espaço físico no ambulatório inviabiliza aulas utilização de um texto básico adequado PRÓXIMO DIAPOSITIVO temos poucos pacientes disponíveis AINDA BEM!! PROBLEMATIZAÇÃO?? Laboratório Habilidades Clínicas © JEV 2005

21 Linhas concêntricas delimitam valores de 25% a 100%. Número de disciplinas que responderam ao questionário. Avaliação do processo – PAC FMUSP Oferta e utilização de Bibliografia © JEV 2005

22 Avaliação do processo – PAC FMUSP 2003 © JEV 2005

23 Reforma Curricular Faculdade de Medicina da USP Área Nuclear (disciplinas obrigatórias), corresponde(ria), do primeiro ao quarto ano, a 70 a 75% das atividades – 7 períodos da semana. Área Complementar (disciplinas optativas), corresponde(ria) até 30% - 3 períodos semanais. –Áreas verdes. Porque adotar um modelo com disciplinas eletivas? © JEV 2005

24 Quantos anos para obter conhecimentos? Pesquisa com descritor Medicine somente para REVIEW [English] Curso médico padrão com horas. Para cada REVISÃO considerar 2 HORAS de estudo. Pub Med: = artigos. ERIC (philosophy): 9801 artigos. J. Immunol – número de páginas/vol © JEV 2005

25 Quantos anos sobrevive o conhecimento? Pesquisa com termos descritores na Fisiopatologia da Asma bronchospasm/asthma E inflammatory-asthma/asthma Espasmo: tratamento único, não controla doença = novos espasmos!! Inflamação: tratamento mantido, controla doença = melhor qualidade de vida. © JEV 2005

26 Disciplinas obrigatórias © JEV 2005

27 Reforma Curricular Resolvendo os problemas (na) da FMUSP. Primeira turma formada em AVALIAÇÕES: TESTE PROGRESSO, ESTAÇÕES CLÍNICAS. Área Nuclear (disciplinas obrigatórias) do primeiro ao quarto ano. O INTERNATO AINDA NÃO POSSIBILITA ELETIVAS. Área Complementar (disciplinas optativas): resultados de FALHAS NA OFERTA E OBJETIVOS. –http://www.fm.usp.br/cedem/ [Pesquisa Curriculo Complementar]http://www.fm.usp.br/cedem/ : Fóruns e reuniões gerais para avaliação do currículo. FÓRUNS SEMESTRAIS + 2a. REUNIÃO Reforma Curricular. –http://www.usp.br/fm/cedem/index.html [Discussão Currículo Médico]http://www.usp.br/fm/cedem/index.html © JEV 2005

28 Residência Médica HCFMUSP Média final das provas Prova 1 – 75 testes e 10 dissertativas Prova 2 – 10 estações (modelo OSCE) Entrevista – 10% nota final © JEV 2005 USP (2004) EstadualFederalParticular nota (USP 2003)

29 Primeiro ano (2004, 2005): Um período semanal de atividades, anual (160 horas). Acompanharão as atividades dos Agentes Comunitários de Saúde. Realizando visitas domiciliares e o diagnóstico de saúde da comunidade. Terceiro ano (2005): Um período semanal de atividades, semestral (80 horas). Acompanharão as atividades da Equipe de Saúde da Família. Planejamento da UBS e do trabalho da ESF. Quinto ano: Um período semanal de atividades, anual (192 horas). Atendimento como médicos de família em treinamento sob supervisão. SEGUIMENTO DA COMUNIDADE, FAMÍLIAS, PACIENTE. HISTÓRIA SOCIAL DA DOENÇA. Disc. Atenção Primária em Saúde. Distrito de Saúde Escola do Butantã - USP. © JEV 2005

30

31 –Atenção à saúde. Promoção, proteção, prevenção, reabilitação. –Individual e coletivo. –Tomada de decisões. Uso, eficácia e custo-efetividade. –Comunicação. –Liderança. –Administração e gerenciamento. –Educação permanente. O MELHOR PROFISSIONAL MÉDICO! Artigo 4 o - Diretrizes Curriculares Nacionais Competências e habilidades gerais © JEV 2005

32 Janet Palmer Hafler, Ed.D. Director of Faculty Development Office of Educational Development HARVARD MEDICAL SCHOOL © 2005 JPH Two Main Principles oLearning is enhanced when learners actively participate in setting educational goals oFeedback is necessary for learning a knowledge base characterized by breadth depth flexibility skills in the acquisition and use of knowledge with a commitment to life-long learning sensitivity to the world of the patient Goals: have students acquire Pedagogical conflict: HOW vs WHAT to think

33 Ainda estão acordados?!? Obrigado.


Carregar ppt "Currículo Nuclear FMUSP. Fundamentos, Instalação e reforma. Joaquim Edson Vieira CEDEM – Centro de Desenvolvimento de Educação Médica. Faculdade de Medicina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google