A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

- REGULAMENTADO PELA RESOLUÇÃO N. 9 DE 24 DE MAIO DE 1983 -DE ACORDO COM AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO -DEVERÁ INCLUIR NECESSARIAMENTE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "- REGULAMENTADO PELA RESOLUÇÃO N. 9 DE 24 DE MAIO DE 1983 -DE ACORDO COM AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO -DEVERÁ INCLUIR NECESSARIAMENTE."— Transcrição da apresentação:

1 - REGULAMENTADO PELA RESOLUÇÃO N. 9 DE 24 DE MAIO DE DE ACORDO COM AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO -DEVERÁ INCLUIR NECESSARIAMENTE ASPECTOS ESSENCIAIS NAS ÁREAS DE CLÍNICA MÉDICA, CIRÚRGICA, GINECOLOGIA-OBSTETRÍCIA, PEDIATRIA SAÚDE COLETIVA. -CAPACIDADE DE TRABALHAR EM EQUIPE MULTIPROFISSIONAL E INTERDISCIPLINAR Pontos importantes no modelo do Internato

2 INTERNATO 5 ANO Saúde do Adulto I Saúde Materno Infantil I 6 ANO Saúde do Adulto II Saúde Materno Infantil II

3 5 ANO SAÚDE DO ADULTO I Clinica Médica – 6 semanas Clinica Cirurgica – 6 semanas Urgência / Emergencia – 3 semanas Otorrinolaringologia – 1 semana Oftalmologia – 1 semana Ortopedia – 1 semana Psiquiatria – 3 semanas

4 5 ANO SAÚDE MATERNO INFANTIL Obstetricia / Neonatalogia - 8 semanas Saúde da Criança - 8 semanas Eletivo - 5 semanas Férias - 3 semanas

5 6 ANO SAÚDE DO ADULTO II Clinica Médica – 3 semanas Clinica Cirurgica – 3 semanas Medicina Intensiva/Anestesia – 3 semanas Ambulatórios – 12 semanas

6 6 ANO SAÚDE MATERNO INFANTIL II Saúde da Mulher - 6 semanas Saúde da Criança - 6 semanas Eletivo / Férias - 12 semanas

7 Modelo Pedagógico vigente na FAMEMA -centrado no estudante -baseado no paciente -utilizando os princípios da educação de adulto -orientado à comunidade -integração das dimensões biológica, psicológica e social

8 Aumentar a motivação para aprendizagem (MOT – Increasing Motivation for Learning). 1. Habilidades que permitem ao estudante entender as suas necessidades de aprendizagem e localizar fontes de informações apropriadas (SDL – Self-Directed Learning); 1. Desenvolver um processo eficaz de raciocínio clínico para as habilidades de resolver problemas, incluindo geração de hipóteses, levantamento de questões de aprendizagem, busca de informações, análise de dados, síntese do problema e tomada de decisões (CRP – Clinical Reasoning Process); 1. - Estruturar o conhecimento de forma que os conteúdos das ciências básicas e clínicas possam ser aplicados no contexto clínico, facilitando o resgate e aplicação de informação (SCC – Structuring of knowledge for use in Clinical Context); ABP um processo de ensino/aprendizagem centrado no estudante Critérios da taxonomia de Barrows:

9 Passos do Processo de Preceptoria* 1. Apresentação oral da anamnese, incluindo os aspectos biológicos, psicológicos e sociais, e exame clínico (para uma boa discussão e desenvolvimento de raciocínio clínico é fundamental que os internos tenham em suas mentes os dados do paciente). 2. Discussão da anamnese e exame clínico (esclarecimento de dúvidas, solicitação/fornecimento de dados adicionais identificados pelo grupo, análise da qualidade da história e exame clínico pelos pares, residentes, preceptor e outros profissionais de saúde). 3. Resumo do problema, identificando os dados relevantes (pelo interno responsável pelo paciente ou por um colega do grupo). 4. Integrar os dados de história (HMA e fatos da vida do paciente), exame clínico, experiências e conhecimentos prévios e desenvolver raciocínio clínico, discutindo as possibilidades diagnósticas, fundamentadas nos processos de produção da doença(**). 5. Elaborar os diagnósticos possíveis para o problema e o planejamento da investigação e de cuidados ao paciente, justificando e discutindo a real necessidade, sensibilidade, especificidade e quais os resultados esperados dos exames solicitados, bem como permissão e orientação ao paciente quanto à realização desses (**). 6. Identificar as lacunas de conhecimento e dificuldades de habilidades dos estudantes, e planejar as estratégias para superá-los (**). 7. Busca de informações e capacitação de habilidades. 8. Compartilhar as informações obtidas (tentar utilizar os conhecimentos de MBE) com os integrantes do grupo. Rediscussão do caso considerando os dados obtidos na busca (**). 9. Avaliar o trabalho desenvolvido pelo grupo e seus membros. (*) (Adaptada dos passos de tutoria da ABP/FAMEMA)

10 ?????????????????? - Educação Permanente - Integração Bio Psico Social - Integração Programa de Residencia - Interdisciplinaridade - Modelos diferentes - Modificação do comportamento do estudante - Alunos preocupados com provas - Mudança da Avaliação do Internato - Mudança dos Estágios - Diferentes Cenários ( 1 / 2 / 3 )


Carregar ppt "- REGULAMENTADO PELA RESOLUÇÃO N. 9 DE 24 DE MAIO DE 1983 -DE ACORDO COM AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DO CURSO DE GRADUAÇÃO -DEVERÁ INCLUIR NECESSARIAMENTE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google