A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IMPLANTE DE BIOPRÓTESE VALVAR POR CATETER PARA O TRATAMENTO DA ESTENOSE AÓRTICA: EXPERIÊNCIA DE 3 ANOS EM UM ÚNICO CENTRO Fabio S. Brito Jr.; Marco Perin;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IMPLANTE DE BIOPRÓTESE VALVAR POR CATETER PARA O TRATAMENTO DA ESTENOSE AÓRTICA: EXPERIÊNCIA DE 3 ANOS EM UM ÚNICO CENTRO Fabio S. Brito Jr.; Marco Perin;"— Transcrição da apresentação:

1 IMPLANTE DE BIOPRÓTESE VALVAR POR CATETER PARA O TRATAMENTO DA ESTENOSE AÓRTICA: EXPERIÊNCIA DE 3 ANOS EM UM ÚNICO CENTRO Fabio S. Brito Jr.; Marco Perin; Breno Almeida; Adriano Caixeta; Alexandre Abizaid; Ivanise Gomes; Teresa C Nascimento; Flavio Tarasoutchi Hospital Israelita Albert Einstein São Paulo, Brazil

2 Racional A substituição cirúrgica da valva aórtica é o tratamento padrão ouro para estenose aórtica sintomática >1/3 dos pacientes são recusados para cirurgia por idade avançada, comorbidades ou disfunção VE. O implante por cateter de bioprótese valvar aórtica reduz a mortalidade em comparação ao tratamento clínico em pacientes inoperáveis e mostrou-se equivalente à cirurgia em pacientes de alto risco cirúrgico (Estudo PARTNER).

3 Objetivo: Avaliar os resultados de até 3 anos de seguimento de pacientes portadores de estenose aórtica sintomática de alto risco cirúrgico submetidos ao implante por cateter da bioprótese CoreValve em um único centro.

4 Métodos: Seleção dos Pacientes Jan/2008 e Jan/2011, 35 pacientes consecutivos portadores de estenose valvar aórtica (33 casos) ou de disfunção de bioprótese aórtica (2 casos) sintomática. Selecionaram-se pacientes que, pela idade avançada ou por comorbidades, apresentavam contra-indicação ou risco elevado para o tratamento cirúrgico convencional.

5 CoreValve Bioprótese auto-expansível de nitinol. Via retrógrada. 3 a geração: 18F; pericárdio suíno Tamanhos: 26 e 29 mm

6 Métodos: Definições e Desfechos Todos os desfechos do estudo seguiram os critérios estabelecidos pelo Valve Academic Research Consortium Consensus on Event Definition. Desfecho Primário: Mortalidade por qualquer causa aos 30 dias e no seguimento Desfechos Secundários: a) Taxa de sucesso do dispositivo CoreValve. b) Taxa de mortalidade cardiovascular aos 30 dias e no seguimento. c) Evolução da classe funcional de insuficiência cardíaca. d) Taxas de complicações vasculares e hemorrágicas aos 30 dias e no seguimento e) Taxa de acidente vascular cerebral aos 30 dias e no seguimento. f) Taxa de IR aguda aos 30 dias e no seguimento. g) Desfechos ecocardiográficos. h) Taxa de complicações relacionadas à bioprótese, incluindo implante de MP permanente.

7 Resultados:

8

9 Tempo médio de internação hospitalar foi de 11 ± 12,5 dias (4 a 69 dias).

10 ** Paciente sob risco = 28* Paciente sob risco = 31

11 Resultados:

12 Gradiente de Pico (Basal vs pós) (p<0,001) Gradiente de Pico (Basal vs seguimento)(p<0,001) Gradiente de Pico (Pós vs seguimento)p=0,228 Gradiente Médio (Basal vs pós) (p<0,001) Gradiente Médio (Basal vs seguimento)(p<0,001) Gradiente Médio (Pós vs seguimento)p=1,000

13 Resultados: Risco acumulado de Kaplan-Meier (óbito por qualquer causa):

14 Resultados: Risco acumulado de Kaplan-Meier (óbito cardiovascular):

15 Resultados Análise de Regressão Logística: a)Não foram identificados preditores independentes de mortalidade por qualquer causa. b) A ocorrência de complicação hemorrágica com risco de morte no procedimento foi o único preditor independente de mortalidade cardiovascular (p=0,038) c) Não foram identificados preditores independentes da necessidade de implantar MP permanente.

16 Conclusões O implante por cateter da bioprótese CoreValve mostrou-se seguro e eficaz, com melhora sintomática e hemodinâmica no seguimento de até 3 anos de pacientes com estenose valvar aórtica sintomática de alto risco cirúrgico. Nessa série, aproximadamente 1/3 dos pacientes necessitaram implante de MP permanente. As causas de morte predominantes no seguimento foram não cardiovasculares, decorrentes das sérias comorbidades dos pacientes. A ocorrência de complicações hemorrágicas com risco de morte no procedimento foi preditor independente de mortalidade cardiovascular.


Carregar ppt "IMPLANTE DE BIOPRÓTESE VALVAR POR CATETER PARA O TRATAMENTO DA ESTENOSE AÓRTICA: EXPERIÊNCIA DE 3 ANOS EM UM ÚNICO CENTRO Fabio S. Brito Jr.; Marco Perin;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google