A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

T EACHING STRATEGIES FOR EMANCIPATORY TRANSLATION. Andrew Chesterman.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "T EACHING STRATEGIES FOR EMANCIPATORY TRANSLATION. Andrew Chesterman."— Transcrição da apresentação:

1 T EACHING STRATEGIES FOR EMANCIPATORY TRANSLATION. Andrew Chesterman

2 E TAPAS DA EXPERTISE A tradução é uma habilidade e como tal pode ser ensinada. Tradutores experts são aqueles que dominam esta habilidade. Mas o que é esta expertise e como ela pode ser ensinada? Mind over machine (1986) irmãos Dreyfus: Apresenta uma visão de expertise em cinco etapas.

3 E TAPA 1: I NICIANTE Reconhecimento de fatos e características relevantes para a habilidade em questão, regras destes fatos. As características relevantes são explicitamente definidas pelo professor. As tarefas são descontextualizadas. Processamento simples da informação. Ainda não tem visão do todo. Plenamente consciente.

4 E TAPA 2: INICIANTE AVANÇADO Reconhecimento de outros aspectos relevantes da situação ainda que não sejam explicitados. Percepção de semelhanças e generalizações. As tarefas são situacionais. Mas ainda descontextualizadas. Comportamento ainda consciente.

5 ETAPA 3: COMPETÊNCIA O número de situações relevantes cresce, o aprendiz tem que desenvolver o senso de prioridades.

6 ETAPA 4: PROFICIÊNCIA Entram em campo a experiência pessoal e a intuição. A habilidade é mais holística mas o elemento racional e analítico ainda está presente. Alternância entre racionalidade e intuição.

7 E TAPA 5 : EXPERTISE Intuição Racionalidade deliberativa ( Dreyfus) Um bom professor de expertise poder ser definido como um expert que exercita a habilidade neste nível, pode acessar sua racionalidade à vontade quando necessário, é capaz de verbalizar sobre sua performance tornando- a acessível à aprendizes.

8 C ONCEITOS BÁSICOS Como podemos aplicar esta visão de expertise ao desenvolvimento da Competência Tradutória? Etapa 1: Ensinar certas regras, características, fatos. Ensinar habilidades de tomada de decisão. Confiança da intuição. Experiência do fluxo mas também do automonitoramento.

9 M APA DA MENTE Fonte –meta Equivalencia Traduzibilidade intraduzibilidade Livre vs, literal Toda escrita é tradução Limitações desta metáfora Monotonia ou similaridade? Diferentes tipos Possível generalizar ? Outros parâmetros Do significado à forma - não há nada como um texto original

10 P APEL DA METÁFORA metáforapapelSegundo plano reconstruçãopedreiroGrécia clássica cópiacopiarTradução inicial da bíblia imitaçãomímicaTradição retórica, belles infidèles criaçãoartistaRomantismo alemão e seus sucessores transcodificaçãocriptógrafoLinguistica máquina de tradução EnviandointermediárioAbordagem sociolinguistica, ação tradutória manipulandocontroladorAbordagem de polissistemas, ideologias pensandosujeitoCognição, protocolos

11 ESTRATÉGIAS São potencialmente conscientes, procedimentos orientados a um objetivo para resolver problemas. Estratégias de busca. Estratégias de criatividade. Estratégias textuais.

12 E STRATÉGIAS DE BUSCA. Uso da Internet. Ligar para um amigo, checar textos paralelos. Estratégias de criatividade. Pausa pra uma café, sair para andar, verbalizar, dormir. Estratégias textuais: Manipulaçao de unidadeds de tradução ( 10 sintáticas,10 semânticas e 10 pragmáticas).

13 E NSINANDO COM ESTRATÉGIAS Apresentação dos conceitos chave. Estratégias: Exemplificação Reconhecimento Análise Prática Preparação Contextualização Alternativas Flexibilidade Comparação Justificativa Preparação Avaliação

14 Exemplificação: Identificar estratégias de tradução. Recognição: Ache três transposições no segundo parágrafo. Análise: Comparação de uma tradução e seu orignal. Prática: traduza mudando o verbo da voz passiva para a voz ativa...use filtro cultural. Alternativas : sugerir outras estratégias que poderiam ser usadas em determinado trecho.

15 N ORMAS E VALORES estratégias são os meios e as normas são o fim. normas variam ao longo do tempo, e também através das culturas. Quando uma norma muda, muda também o papel do tradutor. Expectativa ( expectativas dos cliente e leitores) Relação Comunicação Responsabilidade


Carregar ppt "T EACHING STRATEGIES FOR EMANCIPATORY TRANSLATION. Andrew Chesterman."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google