A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metodologia para Avaliação e Certificação de Competências É mais fácil avaliar os conhecimentos de um aluno do que suas competências, pois, para apreendê-las,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metodologia para Avaliação e Certificação de Competências É mais fácil avaliar os conhecimentos de um aluno do que suas competências, pois, para apreendê-las,"— Transcrição da apresentação:

1 Metodologia para Avaliação e Certificação de Competências É mais fácil avaliar os conhecimentos de um aluno do que suas competências, pois, para apreendê-las, deve-se observá-lo lidando com tarefas complexas, o que exige tempo e abre o caminho à contestação - Perrenoud, 99

2 Metodologia para Avaliação e Certificação de Competências Vertentes 1.No âmbito do processo de formação 2.Para reconhecimento e certificação de competências adquiridas anteriormente, inclusive no trabalho

3 será desenvolvida em processos formativos e independentemente destes terá como referência o perfil profissional estabelecido pelo Comitê deverá compreender o aproveitamento de conhecimentos e de experiências anteriores centrar-se-á no sujeito e na qualidade do desempenho desejado poderá ser realizada por meio de estratégias, técnicas e instrumentos Pressupostos gerais

4 Definindo avaliação de competências Processo de coleta de evidências sobre o desempenho profissional de uma pessoa, com o propósito de formar um juízo sobre sua competência em relação com um perfil profissional anteriormente estabelecido.

5 Características avaliação por conteúdos focada nos conteúdos, centrada, no geral, em tarefas prescritas, tendo como parâmetros os objetivos de ensino e de aprendizagem avaliação de competências associada às competências requeridas pela qualificação, focada nos resultados de desempenhos estabelecidos no perfil profissional, centrada no sujeito e na qualidade de seu trabalho

6 Avaliação de Competências Referência as competências requeridas pelo perfil profissional estabelecido, adquiridas em processos formativos ou em experiências de trabalho. Foco os padrões de desempenho explicitados no perfil profissional

7 Fundamentos para a aferição de competências: Indicadores elementos de ligação entre a indagação que se faz e o campo de coleta de dados. Critérios de avaliação parâmetros estabelecidos para julgamento, expressando a qualidade do desempenho esperado. Evidências manifestações que permitem identificar se os critérios foram ou não atendidos, o que possibilitará juízo de valor sobre o desempenho das competências definidas no perfil profissional

8 Evidências Devem ser observáveis de forma integrada e contextualizada em uma situação de avaliação. As evidências podem ser de: execução - situações reais ou simuladas, aferidas pelo produto, pelo processo ou por ambos conhecimento - geralmente complementares às evidências de execução, aferidas por prova escrita ou argüição oral atitudes - comportamentos e valores demonstrados pelo avaliado, promovidas, desenvolvidas e avaliadas em processos formativos e geralmente aferidas em situações de exames, especialmente em provas de execução

9 Exemplos de tipos de simulação Quadro montado com base em exemplos contidos no Assessing NVQs, publicado pela Qualifications documento and Curriculum Authority (QCA).

10 Critérios para a Avaliação, o Reconhecimento e a Certificação de Competências aproveitamento de conhecimentos e experiências anteriores para ingresso no processo formativo - art. 11, da Res. CNE/CEB nº 4/99 (fluxo 1) conhecimentos e competências para o fim exclusivo de certificação profissional - possibilidade no nível básico - Parecer CNE/CEB nº 10/99 (fluxo 2)

11 Candidatos sem experiência ou formação prévia - fluxo 1 Seleção Análise de pré-requisitos Informação ao candidato Não cumpre Orientação Cumpre Formação Itinerário Formativo Avaliação Provas para avaliação de competências Apto Certificado Não apto

12 Candidatos com experiência profissional ou formação prévia - fluxo 2 Orientação Balanço de competências Entrevista com o candidato e informação ao candidato Sistematização de evidências: Elaboração/análise de portfólio Diagnóstico carências Formação Complementar Itinerário Formativo Avaliação/Certificação Provas para avaliação de competências Apto Certificado Não Apto

13 SENAI-SP Procedimentos de avaliação - candidatos com formação e ou experiência relacionada ao perfil Fases 1. Balanço de Competências Visão geral das competências do candidato em relação ao perfil 2. Sistematização das Competências Adquiridas Estruturação do histórico profissional e formativo do candidato 3. Avaliação e Reconhecimento das Competências Realização da avaliação e reconhecimento das competências correspondentes às unidades curriculares ou módulos identificados na fase 2. Técnicas / Instrumentos - Entrevista e análise documental - Elaboração e análise de portfólio - Depoimento de testemunhas e/ou aplicação de instrumentos

14 Elaboração do Portfólio Sugestão de modelo Pelo próprio candidato dados pessoais dados de escolaridade experiência profissional Pela comissão de docentes análise entre a experiência profissional e o perfil da qualificação registro das evidências avaliação, por unidade de competência resultado

15 Critérios para avaliação no processo formativo enfocar aspectos integrados entre a teoria e a prática fomentar a resolução de problemas, em que seja necessário mobilizar as competências básicas, específicas e de gestão propiciar a autonomia e a auto-avaliação prever mecanismos para oferecer novas oportunidades de desenvolvimento das competências ainda não adquiridas ocorrer por unidade de competência e por unidade de qualificação, além do processo de avaliação contínua

16 O papel docente - avaliação de competências no processo formativo considerações de Perrenoud/99 abrir mão do uso da avaliação como meio de pressão e de barganha; desistir de padronizar a avaliação - o professor precisa exigir e conceder a confiança necessária para estabelecer um balanço de competências; saber criar momentos de avaliação em situações mais amplas; envolver os alunos na avaliação de suas competências, explicitando os objetivos e os critérios, favorecendo a avaliação mútua, os balanços e a auto-avaliação.

17 Critérios para avaliação de candidatos à certificação profissional inscrição de candidatos constituição de Comissão para elaboração dos instrumentos de avaliação (especialistas em avaliação e em conteúdo - SENAI ou externo) constituição de Comissão de avaliação para certificação (docentes externos ao processo formativo e especialista externo) balanço de competências/orientação aplicação dos instrumentos de avaliação certificação ou orientação

18 Produto de Entrada para Elaboração de Instrumentos de Avaliação Perfil Profissional da Qualificação em especial Elementos de Competência Padrões de Desempenho Questões norteadoras na busca de evidências: Quais são os padrões de desempenho apontados no perfil? Como avaliar segundo esses padrões?

19 MÉTODO PARA ELABORAÇÃO DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Etapas - Elaboração da matriz de especificações por unidade de competência - Elaboração dos instrumentos de avaliação, por meio de situações-problema - Definição da prova para o candidato ou aluno - Definição da prova para o avaliador - Elaboração dos suportes de correção e pontuação

20 O que é situação-problema ? Proposição hipotética ou não, de ordem teórica e prática, que envolve elementos relevantes na caracterização de um desempenho profissional, levando a pessoa a mobilizar conhecimentos, habilidades e atitudes na busca de alternativas de solução.

21 SENAI-SP Etapa 1 - Sugestão de Matriz de Especificação

22 Etapa 2 - Elaboração dos Instrumentos de Avaliação Tipos de prova - com base em situação- problema de execução (pode-se avaliar o processo e o produto) escrita - de resposta aberta e objetiva oral combinada

23 Etapa 3 - Definição da prova para o candidato ou aluno Exemplo Identificação da prova - título, unidades de competência a que se referem... Descrição da prova - especificação da situação problema proposta e do que deve ser desenvolvido ou realizado Equipamento e material disponível Instruções Específicas - observações consideradas pertinentes como duração da prova, procedimentos...

24 Etapa 4 - Definição da prova de execução para o avaliador Exemplo Identificação da prova - título, unidades de competência a que se referem... Descrição da prova - especificação da situação problema proposta e do que deve ser desenvolvido ou realizado Instruções específicas de aplicação - como proceder durante a aplicação da prova, desde o primeiro contato com o candidato ou aluno Duração da prova - indicação do tempo determinado para o candidato ou aluno e previsão do tempo total (distribuição das provas, instruções iniciais, etc)

25 Etapa 5 - Elaboração dos suportes de correção e pontuação para provas de execução Lista de Verificação (checklist), com indicação clara dos critérios de avaliação identificação da prova de execução e indicação da unidade de competência associada as atividades e produtos a avaliar os fatores (qualidades, propriedades, condições e requisitos) a serem mensurados as escalas de pontuação para cada fator a pontuação máxima que se pode obter e a pontuação mínima exigida

26 Controle da Qualidade Garantia de instrumentos elaborados com validade, fidedignidade, suficiência e praticidade implementação do sistema tal como planejado, incluindo solução de problemas durante o processo e revisão do processo como um todo Importância da meta-avaliação


Carregar ppt "Metodologia para Avaliação e Certificação de Competências É mais fácil avaliar os conhecimentos de um aluno do que suas competências, pois, para apreendê-las,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google