A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Carlos Alberto Santos Coordenador de Relações com o Mercado CONFeB Conselho Privado da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil O impacto da NF-e no Segmento de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Carlos Alberto Santos Coordenador de Relações com o Mercado CONFeB Conselho Privado da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil O impacto da NF-e no Segmento de."— Transcrição da apresentação:

1 Carlos Alberto Santos Coordenador de Relações com o Mercado CONFeB Conselho Privado da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil O impacto da NF-e no Segmento de Logística ebusiness Brasil associação brasileira de e-business

2 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Histórico Abr/2005 – Em acordo com a SRF o Encat assume a coordenação do Projeto NF-e, que passa a integrar o projeto SPED-Sistema Público de Escrituração Fiscal; Jul/2005 – Grupo Técnico do Encat unifica o conceito da NF-e e conclui projeto lógico do sistema; Dez/2005 – Celebrado Ajuste SINIEF 07/05; Mar/2006 – Oficializado início do piloto; Ago/2006 – Previsão para entrada de novas empresas ao processo.

3 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Rio Grande do Sul São Paulo Bahia Santa Catarina Goiás Maranhão Receita Federal SUFRAMA Estados participantes do piloto

4 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business O projeto tem como objetivo alterar a sistemática atual de emissão de nota fiscal em papel (modelos 1 e 1A) por nota fiscal de existência apenas digital.

5 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Conceito de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) É um documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviços ocorrida entre as partes, cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente e recepção, pelo fisco, antes da ocorrência do Fato Gerador.

6 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Principais conceitos da iniciativa Informação ao Fisco antes da ocorrência do fato gerador; Validade jurídica dos documentos eletrônicos; Redução de custos aos Contribuintes: – Custos de armazenagem das Notas Fiscais; – Custo de impressão e envio de Notas Fiscais; – Custos com obrigações acessórias; – Re-digitação das informações das NF´s; – Fomento a integração B2B.

7 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Estimativa de Retorno Financeiro Segundo Encat, reduções de 2% a 5% do custo de gestão do faturamento e armazenamento das NF´s; Casos no Chile divulgam reduções de custo de até 30%; Existem benefícios tangíveis e intangíveis ainda não quantificados.

8 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Envia NFE NFE Devolve Autorização Autorização de Uso NF-e Trânsito Autorizado (DANFE + Autorização Uso) Secretaria Fazenda VendedorComprador Validação Recepção: Assinatura Digital Esquema XML Emitente Autorizado Destinatário Validação Recepção OK Pós - Validação: Coerência Informações Cruzamento de Dados Fluxo da NF-e

9 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Características Técnicas da NF-e Mensagens xml (com lotes de até 50NF´s); Processos assíncronos (autorização) e síncronos (cancelamento, inutilização); Aproximadamente 240 campos; Assinatura digital padrão ICP-Brasil; SLA das Secretarias de Fazenda previsto para 1min a 3min; Consulta contínua de status do serviço.

10 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business

11 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business

12 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business DANFE Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE) – Sem caráter legal – Não permite escrituração fiscal – Uso de código de barras Possui a chave de acesso a consulta da NF-e na Internet; Impresso em papel comum; Não precisa ser impressa por uma unidade jurídica da empresa emissora.

13 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business

14 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Funções complementares do DANFE Protocolo de entrega (canhoto) Informação nos Postos Fiscais

15 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Informações avaliadas para emissão da Autorização Modelo da NF; Validação dos schemas da mensagem; Presença de caracteres especiais; Assinatura digital do emitente; Validação do CNPJ do emitente; Dígito verificador para CNPJ e IE; Data de emissão da NF-e; Duplicidade da NF-e; Regularidade Fiscal do Emitente e do Destinatário(opc).

16 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Faturamento (R$ Bilhões) Trimestre 1º º º º 2005Total B2B Companies B2B E- Markets B2B Total60,772,765,968, Fonte : e-Consulting 32% de incremento sobre 2004 Operações B2B no Brasil em 2005

17 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Supply Side Demand Side Padrão B2B estabelecido entre as partes eEnterprise Podução Compras Vendas Estoque Engenharia Logistica Vendedor Comprador Integração na Cadeia de Valor

18 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Padrão das Mensagens Definido entre as partes ou adotado 3os Definido pela Secretaria Fazenda Autenticação Pelo canal de comunicação Certificado Digital Segurança SSL, VPNSSL Disponibilidade Serviço Dependente do volume de operações Elevada Não-Repudiação Não há garantiasRegistro oficial Poder de Engajamento Potencial comercial de um grupo Todo o mercado nacional Reconhecimento Legal Não háSim AtualAtualNF-eNF-e

19 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Transações derivadas da NF-e Vendas/Faturamento; Antecipação do aviso de entrega; Confirmação da entrega; Automatização na recepção do estoque; Instrução para composição de carga logística; Informe de cobrança bancária; Registro para seguro do frete; Pedido de compra* * por extensão do modelo de esquemas

20 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business NF-e VMIRFID WMSBPM Collaborative-Commerce E é só o começo...

21 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Conselho Privado da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil

22 CONFeB – Conselho da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil ebusiness Brasil associação brasileira de e-business Muito Obrigado! Carlos Alberto Santos


Carregar ppt "Carlos Alberto Santos Coordenador de Relações com o Mercado CONFeB Conselho Privado da Nota Fiscal Eletrônica do Brasil O impacto da NF-e no Segmento de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google