A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS HOSPITAL DAS CLÍNICAS SENUR – CENTRO DIALÍTICO RESIDENCIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS HOSPITAL DAS CLÍNICAS SENUR – CENTRO DIALÍTICO RESIDENCIA."— Transcrição da apresentação:

1 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS HOSPITAL DAS CLÍNICAS SENUR – CENTRO DIALÍTICO RESIDENCIA MÉDICA – NEFROLOGIA ADULTO Valerio Ladeira Rodrigues

2 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos DFD, 53, masc, melanodermo, natural de Jacinto (MG) DFD, 53, masc, melanodermo, natural de Jacinto (MG) Encaminhado pela CTR-DIP – UFMG para avaliação de proteinúria mínima Encaminhado pela CTR-DIP – UFMG para avaliação de proteinúria mínima Exame físico: Hepatomegalia (LE); esplenomegalia (Boyd 2). Exame físico: Hepatomegalia (LE); esplenomegalia (Boyd 2). PA: 130/80 mmHg; sem edema PA: 130/80 mmHg; sem edema Varizes de esofago de pequeno calibre Varizes de esofago de pequeno calibre US: fibrose Symmers-Bogliolo US: fibrose Symmers-Bogliolo Diagnóstico Esquistossomose mansoni forma crônica hepatoesplênica. Diagnóstico Esquistossomose mansoni forma crônica hepatoesplênica.

3 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos Laboratório: Laboratório: oHg: 17,6;GL: 5130; PLT: oCreatinina: 1,5 (MDRD 51,6 ml/m) oC3: 36mg% (< 79); C4: 2,6 mg% (< 16) oFator reumatóide: 27,6 UI (<10) oAlbuminúria: 76 mg 24 horas oCrioglobulinemia qualitativa: positiva oFAN: negativo; ASO: 50 UI oEnzimas hepáticas dentro de parametros normais

4 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos o Alterações urinárias mínimas com consumo importantes de complemento o Sem hematúria o Sorologia viral negativa o Eletroforese de proteínas séricas dentro de parametros normais

5 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos COMPLEMENTO CONSUMIDO COMPLEMENTO CONSUMIDO GN Pós-Infecciosa Aguda (via alternada) GN Pós-Infecciosa Aguda (via alternada) Lupus Eritematoso Sistêmico Lupus Eritematoso Sistêmico Endocardite Bacteriana Sub-Aguda Endocardite Bacteriana Sub-Aguda Abscesso Visceral Abscesso Visceral Nefrite do Shunt Nefrite do Shunt Crioglobulinemia Crioglobulinemia GN Membrano-Proliferativa GN Membrano-Proliferativa

6

7

8

9

10 Soro anti-IgA Positividade também para anti-IgM e anti-IgG

11

12 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos

13 Nefropatia da Esquistossomose mansoni Aspectos Epidemiológicos Aspectos Epidemiológicos Quadro 1: Prevalência dos vários aspectos histopatológicos: necropsias em 80 pacientes portadores de Esquistossomose mansoni hepatoesplênica, segundo Andrade, Z et al, 1971 GN mesangioproliferativa leve46,3% GN mesangioproliferativa leve46,3% GN mesângioproliferativa com nítida expansão do mesângio36,3% GN mesângioproliferativa com nítida expansão do mesângio36,3% GN proliferativa difusa lobular10,0% GN proliferativa difusa lobular10,0% Sem referências específicas 7,4% Sem referências específicas 7,4%

14 Nefropatia da Esquistossomose mansoni Aspectos Epidemiológicos Aspectos Epidemiológicos GN membranoproliferativa73,0% GN membranoproliferativa73,0% Glomerulosclerose focal e segmentar20,0% Glomerulosclerose focal e segmentar20,0% Nefropatia membranosa 6,7% Nefropatia membranosa 6,7% Quadro 2: Prevalência, segundo Queiroz, PF et al, 1973

15 Nefropatia da Esquistossomose mansoni Imunofluorescência Imunofluorescência IgG IgM IgA C1q/C4/C3 Antigenos intestinais regurgitados Vermes adultos alojados na veia porta Função inadequada dos macrófagos hepáticos e das células de Kupffer Colaterais porta-sistêmicas Depósitos Glomerulares Ativação do Complemento Via Clássica IL-6; IL - 10 Resposta Imune Humoral Imunocomplexos ACC AAC

16 Nefropatia da Esquistossomose mansoni Imunopatogênese Imunopatogênese Ovo (mucosa intestinal, espaço periportal) - SEA Granuloma Supressão da função de macrófagos Colaterais porto-sistêmicos AC anti-receptor asialoglicoproteinas Depósitos Glomerulares Lesão da mucosa intestinal Resposta imune celular Th2 predominante Depuração reduzida de IC (CAA;CCA) IgM IgA Aumento da síntese de IgA Anti-gliadina Anti-DNA IL- 6 IL- 10 Progressão da Nefropatia ?

17 VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos Ausência de hematúria Ausência de hematúria Proteinúria discreta Proteinúria discreta Consumo de complemento via clássica Consumo de complemento via clássica Evolução GNMP secundária à Esquistossomose mansoni forma crônica hepatoesplênica.

18 Nefropatia da Esquistossomose mansoni Aspectos Clinicos Aspectos Clinicos Progressão para estadios avançados da doença renal independentemente do tratamento da helmintíase Progressão para estadios avançados da doença renal independentemente do tratamento da helmintíase Intensidade das lesões histológicas tem relação com o prognóstico Intensidade das lesões histológicas tem relação com o prognóstico Hipertensão e insuficiência renal ao diagnóstico apontam para um pior prognóstico Hipertensão e insuficiência renal ao diagnóstico apontam para um pior prognóstico


Carregar ppt "VIII Congresso Mineiro de Nefrologia Sessão de Casos Clínicos UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS HOSPITAL DAS CLÍNICAS SENUR – CENTRO DIALÍTICO RESIDENCIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google