A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Polipose Adenomatosa Familiar Eliza de O. Borges Ludmila B. Coelho Nayara de M. Araújo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Polipose Adenomatosa Familiar Eliza de O. Borges Ludmila B. Coelho Nayara de M. Araújo."— Transcrição da apresentação:

1 Polipose Adenomatosa Familiar Eliza de O. Borges Ludmila B. Coelho Nayara de M. Araújo

2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA GERAL Disciplina: GENÉTICA Curso: MEDICINA - Ano: 2005 Docente Responsável: Profa. Elisângela de Paula Silveira Lacerda Turma: B1

3 Introdução Doença hereditária autossômica dominante rara; Mutação no gene APC (Adenomatous Polyposis Coli) do cromossomo 5; Pólipos do tipo adenoma; Crescimento lento; Transmissão vertical.

4 Transmissão Cada filho desse casamento tem uma chance de 50% de receber o alelo anormal (A) do genitor afetado e, portanto ser afetado (A/a), e uma chance de 50% de receber o alelo normal (a) e, assim não ser afetado (a/a). Fig.1

5 Pólipos do tipo adenoma Figura 2

6 Teste genético Probando: pessoa portadora da FAP; Pesquisa dos parentes de primeiro grau; Coleta de sangue; Localização do problema específico no gene APC.

7 Diagnóstico EXAMES Colonoscopia Retossigmoidoscopia Figura 3 Figura 4

8 Importância do diagnóstico precoce Transformação dos pólipos benignos em câncer intestinal

9 Sintomas Sangramento e/ou muco nas fezes; Cólicas abdominais; Alteração do hábito intestinal; Dor abdominal; Perda de peso; Cistos sebáceos; Anemia.

10 Sintomas extracolônicos Osteomas; Pólipos de estômago; Manchas de retina; Aumento de abdome.

11 Figura 5 Figura 6

12 Figura 7 Figura 8

13 Figura 9 Figura 10

14 Figura 11 Figura 12

15 Polipose múltipla familial. Caso recente da rotina do Gastrocentro UNICAMP. Paciente do sexo feminino com idade de 18 anos. O segmento de cólon apresenta centenas de pólipos, sésseis ou pedunculados, de vários tamanhos. A superfície é lisa ou aveludada. Correspondem, na grande maioria, a adenomas tubulares.

16 Tratamento Colectomia total com anastomose VANTAGENS: Mais rápida; Menor índice de complicações; Menor número de evacuações no pós-operatório. DESVANTAGENS: Risco de crescimento de pólipos no reto

17 Proctocolectomia total com anastomose VANTAGENS: A cirurgia é definitiva DESVANTAGENS: Provável ileostomia temporária; Cirurgia mais demorada; Período de adaptação do paciente. Obs: Medicamentos de controle ou regressão de pólipos ainda em estudo.

18 Exames de acompanhamento Endoscopia digestiva alta; Tomografia computadorizada do abdome; Anuscopia e retoscopia; Exame clínico.

19 Registro e orientação familiar Registro das famílias portadoras; Construção de heredograma; Orientação quanto às características da doença.

20 Heredograma Figura 13 Figura 14


Carregar ppt "Polipose Adenomatosa Familiar Eliza de O. Borges Ludmila B. Coelho Nayara de M. Araújo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google