A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vinhos Esquisitos. Beringer Knights Valley Alluvium Red 2003 Tinto Bordeaux, blends de Sonoma County, California Safra: 2003 Graduação alcoólica: 14,1%

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vinhos Esquisitos. Beringer Knights Valley Alluvium Red 2003 Tinto Bordeaux, blends de Sonoma County, California Safra: 2003 Graduação alcoólica: 14,1%"— Transcrição da apresentação:

1 Vinhos Esquisitos

2 Beringer Knights Valley Alluvium Red 2003 Tinto Bordeaux, blends de Sonoma County, California Safra: 2003 Graduação alcoólica: 14,1% Casta: Assemblage Alluvium WE 92 / WS 90

3 Notas do fabricante A Beringer possui seus vinhedos no Knights Valley desde meados da década de 60. O Alluvium 2003 tem uma deliciosa e intensa base de cerejas e amoras de seus 74% de Merlot com 23% de Cabernet Sauvignon que dão estrutura e acentuam as notas e aromas das frutas escuras, chocolate, chá, aromas de carvalho queimado, casca de laranja, violetas. Pequenas quantidades de Malbec e Cabernet Franc foram adicionadas para proporcionar uma maior complexidade e este vinho tem taninos expressivos, o que da uma impressão geral de plenitude e estrutura. "Este vinho apresenta de forma fabulosa sabores complexos muito bem definidos e muita estrutura. Plenamente seco, com taninos refinados e intensos, exibindo cassis negro e vermelho, cerejas, chocolate ao leite, licorice*, root beer*, baunilha, especiarias e notas de carvalho queimado. Excelente a partir de agora até 2010." Wine Enthusiast *Nota do tradutor: Licorice é um produto de origem vegetal, uma erva rasteira, utilizado como aroma em indústrias de bebidas, açucarados e medicamentos. Root beer é uma bebida alcoólica ou não, a base de extrato vegetal, típica da América do Norte.

4 Importador: Expand R$ 226,00

5 The Legend Of Transylvania Romênia Safra: 2007 Graduação Alcoólica: 13% Casta: Cabernet Sauvignon Produtor: SC Cramele Recas S.A. Site: Categoria: DOC-C

6 Sem Importador R$ 40,00 Sem Importador R$ 40,00

7 Massandra Kagor – 2005 Yalta - Crimea – Ucrânia - Litoral Sul (Mar Negro) Safra: 2005 Graduação Alcoólica: 16% Casta: Saperavi Produtor: Massandra. Site: Categoria: DOC-C

8 Este vinho vem sendo produzido desde 1933 com a casta Saperavi. Seu método de preparação consiste em primeiramente no aquecimento das uvas para a prensagem e extração antes da fermentação. O nível de açúcar é de 24%. A coloração é um vermelho escuro bastante intense. O bouquet é bastante complexo com notas lácteas e de cassis. Com o envelhecimento surgem notas de café e chocolate. O sabor é pesado e intenso. Um ótimo vinho para os feriados religiosos!

9

10 Sem Importador R$ 60,00 Sem Importador R$ 60,00

11 Mozaik – Tolnai Red Cuvée – Tinto 2004 Hungria Safra 2004 Graduação alcoólica 12% Casta Assemblage de Kékfrankos (uva autóctone da Hungria), Pinot Noir, Merlot e Cabernet Franc.

12 Sua coloração é pálida, translúcida, tendendo ao castanho e sem separação entre o olho e a borda. Pode-se ler um papel através dele. Seus aromas são muito agradáveis e suaves, com imediato reconhecimento de canela, cravo e outros condimentos adocicados, como pimenta-da-jamaica. É agradável ao paladar, com boa acidez, mas nenhum tanino e permanência curtíssima. Lembra um rosé bem encorpado.

13 Comentários: Um ótimo vinho para bebericar enquanto conversa com amigos. Bem refrescante e leve, vale conhecer. Características visuais: Aspecto – Brilhante; Coloração - Vermelho Framboesa; Características olfativas: Aroma/Bouquet - Vinhoso,Floral,Frutado; Intensidade – Sutil; Qualidade – Bom; Observações: Aroma de rosas, notas de beterraba e das tradicionais frutas vermelhas. Características de sabor: Açúcar – Seco; Amargo – Nada; Acidez – Fresco; Corpo – Ligeiro; Adstringência - Normal Observações: Um vinho leve, fresco, com ótima acidez e bastante seco

14 Importador: Expand R$ 34,00

15 Tuzko Bátaapáti - Kékfrankos 2005 Hungria Safra 2005 Graduação alcoólica 13% Casta Kékfrankos

16 Visualmente lembra muito um pinot noir, por sua cor rubi bem clara. Tem ainda reflexos alaranjados e um halo aquoso bem pronunciado. O aroma das frutas é discreto, aparecendo mais as especiarias, tostado, madeira e um certo desequilíbrio no álcool. Na boca um vinho de médio corpo, acidez bem alta e taninos ainda bem presentes. É um vinho simples, feito para o dia-a-dia dos húngaros. Sua acidez acentua ainda mais o efeito dos condimentos presentes na culinária húngara. A tradicional húngara Kekfrankos (variedade local da Blaufrankisch austríaca) guarda alguma similaridade com a francesa Gamay, produz um vinho agradável, ligeiramente ácido e fácil de beber.

17 Comentários: Cor denota muita extração (?). Aroma intenso, elegante e persistente. Mirtilo, pimenta preta, noz moscada. Boa evolução na taça com compota boca tem muita pimenta e jasmim. Taninos muito presentes mas finos. Final de boca de média complexidade com domínio da pimenta negra.

18 Importador: Expand R$ 54,00 Importador: Expand R$ 54,00

19 Vinhos húngaros: um breve resumo A Hungria tem hoje 22 regiões vinícolas oficiais (veja mapa anexo). Sua latitude, altitude e clima permitem supor excelência na produção de vinhos brancos. Este é o caso ainda hoje, mas graças às mudanças ocorridas na estrutura da indústria vitivinícola húngara desde a queda da Cortina de Ferro, os vinhos tintos também vêm se desenvolvendo e atingindo padrões de qualidade internacional.

20 Regiões Vitivinícolas da Hungria Eis as 22 regiões vitivinícolas húngaras atualmente catalogadas:

21 1. Csongrád 2. Hajós-Baja 3. Kunság 4. Ászár-Neszmély 5. Badacsony 6. Balatonfüred-Csopak 7. Balatonfelvidék 8. Etyek-Buda 9. Mór 10. Pannonhalma 11. Somló 12. Sopron 13. Balatonboglár 14. Pécs 15. Szekszárd 16. Villány 17. Bükkalja 18. Eger 19. Mátra 20. Tokaj 21. Balatonmelléke 22. Tolna

22 Variedades cultivadas na Hungria Algumas uvas utilizadas na Hungria para a produção de vinhos: Brancos Furmint Leányka Szürkebarát Kéknyelű Muskotályos Ezerjó Hárslevelű Tintos Kadarka Kékoportó Kékfrankos

23 Vinhos gregos A paixão dos gregos pela viticultura remonta a tempos ancestrais e, na Antiguidade, deu origem a vinhos excelentes. Nas décadas de 60 e 80, essa paixão foi renovada por meio de uma nova geração de enólogos e de técnicas apuradas. Um dos responsáveis pelo renascimento da viticultura regional é o Château Nico Lazaridi, apontado como modelo pela qualidade de seus vinhos e pelos modernos métodos produtivos. Com vinhedos em Drama e Kavala, na região da Macedônia, na Grécia, a casa é beneficiada pelo clima continental europeu aliado ao ambiente mediterrâneo, combinação que resulta em terroirs propícios ao cultivo de castas francesas, como Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah, e de brancas clássicas como Chardonnay e Sauvignon Blanc. Além do investimento em vinhos, o produtor também apóia artistas gregos e de outros países, e escolhe suas obras para adornarem os rótulos de seus vinhos.

24 Nico Lazaridi Syrah Grécia Safra 2006 Graduação alcoólica 12,5% Casta Syrah

25 Imagine uma fascinante profusão aromática de ameixa seca, violeta, figo, baunilha e frutas caramelizadas, seguida de taninos macios, bom corpo e ótima estrutura. Assim é o saboroso Nico Lazaridi Syrah, resultado de muito apuro e de seis meses de amadurecimento em carvalho francês. Boa companhia para carnes vermelhas e queijos curados. Esse varietal tem uma cor rubi clara, translúcida, com aromas de frutas vermelhas frescas, côco, fumaça e couro. Na boca é muito leve, de ótima acidez, taninos finos e um pequeno amargor no final. O retrogosto também é marcado pela mineralidade.

26 Importador: Expand R$ 69,00

27 Tenuta Col Sandago Martino Zanetti IGT Itália – região do Vêneto – vinhedo específico Col Sandago Safra 2003 Graduação alcoólica 13% Casta 100% Wildbacher Produção: apenas garrafas

28 É um vinho produzido na região do Vêneto, nordeste da Itália, 100% com uvas Wildbacher, uma uva muito preta natural da Estíria, Áustria. É um IGT (Indicazione Geográfica Típica), um vinho regional italiano, com 13º GL de gradução alcoólica. Da safra 2003, esse vinho mostra na cor rubi os halos de cor granada, típicos da evolução. O nariz desse vinho impressiona de cara. Os aromas remetem a uma grande variedade de frutas, notas terrosas, florais, chá preto e especiarias. No paladar ele é macio, apresenta corpo agradável e taninos redondos. Um vinho para acompanhar pratos de caça de pena, cabrito e de cordeiro. É um vinho produzido na região do Vêneto, nordeste da Itália, 100% com uvas Wildbacher, uma uva muito preta natural da Estíria, Áustria. É um IGT (Indicazione Geográfica Típica), um vinho regional italiano, com 13º GL de gradução alcoólica. Da safra 2003, esse vinho mostra na cor rubi os halos de cor granada, típicos da evolução. O nariz desse vinho impressiona de cara. Os aromas remetem a uma grande variedade de frutas, notas terrosas, florais, chá preto e especiarias. No paladar ele é macio, apresenta corpo agradável e taninos redondos. Um vinho para acompanhar pratos de caça de pena, cabrito e de cordeiro.

29 Importador: Decanter R$ 153,00

30 O prazer é uma dádiva!


Carregar ppt "Vinhos Esquisitos. Beringer Knights Valley Alluvium Red 2003 Tinto Bordeaux, blends de Sonoma County, California Safra: 2003 Graduação alcoólica: 14,1%"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google