A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perfil do Produtor. 2 Índice Introdução......................................................................................................3 História........................................................................................................

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perfil do Produtor. 2 Índice Introdução......................................................................................................3 História........................................................................................................"— Transcrição da apresentação:

1 Perfil do Produtor

2 2 Índice Introdução História Vinha Vindima Adega Vinhos Prémios Contactos

3 3 Introdução Situada a 60 quilómetros a norte de Lisboa, na margem esquerda do Rio Tejo, a Herdade de Muge pertence à família Álvares Pereira de Melo (Cadaval) desde 1648, tendo sido integrada no património desta família como dote de casamento da Condessa de Odemira com o Dom Nuno Álvares Pereira de Melo, 5º Conde de Tentúgal, 4º Marquês de Ferreira e 1º Duque de Cadaval. A exploração dos seus cerca de hectares é titulada, desde 1989, por uma sociedade anónima de capitais familiares, Casa Cadaval – Investimentos Agrícolas, S.A., que vem sendo modernizada e adaptada aos novos mercados através de investimentos intensivos, nomeadamente na adaptação ao regadio, na reestruturação do aparelho de produção, na reconversão das vinhas, introdução de novas tecnologias de vinificação e no lançamento de novas marcas.

4 4 História O ano de 1994 marcou a inflexão da estratégia de comercialização dos vinhos, do granel para o vinho engarrafado, a qual foi suportada a montante pela intensificação do controlo de selecção de todas as fases de fabrico do vinho desde o cultivo da vinha, ao processo de vinificação e finalmente ao estágio em barricas de carvalho francês. Um dos aspectos que mais contribui para o êxito desta estratégia remonta há cerca de 50 anos quando o Conde Karl von Schönborn, que era vitivinicultor no Reno no Schloss Schönborn e no Meno no Schloss Hallburg, no seguimento do seu casamento com a Senhora Dona Graziela Álvares Pereira de Melo (Cadaval), sugeriu a plantação das castas Trincadeira Preta, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon e Merlot, na Herdade de Muge, em parcelas separadas e devidamente identificadas. Este facto permite hoje em dia vinificar separadamente estas castas, e, consequentemente, individualizar a vinificação das uvas das vinhas velhas que oferecem uma matéria-prima ímpar.

5 5 História Em 1997 iniciou-se um programa de modernização tecnológica da adega, tendo como objectivo optimizar o potencial da matéria-prima, permitindo desde então produzir vinhos melhor adaptados às exigências dos mercados onde estão disponíveis. A aposta na exportação é outro aspecto significativo desta estratégia com afirmação crescente. Com um trabalho iniciado em 1996, os vinhos da Casa Cadaval estão hoje presentes em 18 mercados de destino diferentes situados na Europa, América, África e Extremo Oriente. Hoje em dia, a Casa Cadaval, pelo seu prestigio e pelas instalações que possui, as quais incluem uma loja do vinho equipada com sala de provas, apresenta igualmente condições únicas para o turismo do vinho, estando integrada na Rota do Vinho e da Vinha do Tejo.

6 6 Vinha As vinhas actualmente em produção ocupam uma área de cerca de 50 hectares, repartidos por 45 hectares de castas tintas (Trincadeira, Aragonês, Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Merlot) e 5 hectares de castas brancas (Arinto, Verdelho, Viognier, Alvarinho e Riesling ). Estão instaladas em solos do tipo franco-arenoso, obedecendo a modernos sistemas de condução e poda, que garantem melhor exposição e arejamento, concorrem para evitar doenças e conseguem maturações mais equilibradas. Estão equipadas com um sistema automático computorizado de rega gota a gota. Têm rendimentos que variam entre as 3 e as 6 toneladas por hectare, bastante inferiores à média da região, possibilitando a produção de vinhos muito concentrados, de elevada qualidade. As preocupações ambientais são uma constante e levaram a adopção de um programa de protecção integrada, que consiste na aplicação de produtos fitossanitários amigos do ambiente, tornando-se assim bio sustentável.

7 7 Vindima A vindima continua a ser predominantemente manual, processo que é ainda sustentado pela cooperação das populações circundantes. Iniciamos a colheita em meados de Agosto, devido à presença de uma casta muito prematura em clima mediterrânico, o Pinot Noir, podendo estender- se até meados de Outubro. A uva, transportada em caixas de 15 Kg, chega à adega breves instantes após a sua colheita, graças a proximidade da vinha, permitindo deste modo que seja esmagada e processada antes de sofrer os efeitos do calor.

8 8 Adega Iniciado em 1997, o programa de modernização tecnológica da adega foi completado em Hoje, a adega dispõe de amplas e modernas instalações de vinificação, desde o processo de fermentação, estágio, engarrafamento e armazenamento. Está ainda equipada com um sistema de tratamento de resíduos provenientes da actividade ali desenvolvida (Etar). A capacidade total de vinificação é de litros, dividida em 18 cubas de fermentação em inox, 3 lagares de maceração pelicular, 2 cubas troncocónicas e 1 prensa pneumática, com capacidades compreendidas entre os e litros. Existem cerca de 200 barricas de 225 litros de carvalho Francês que asseguram uma capacidade de estágio de 45,000 litros.

9 9 Vinhos Marca –PADRE PEDRO Branco Perfil –Este Vinho Regional do Tejo Branco é produzido a partir da conjugação harmoniosa das castas Arinto e Viognier. Notas de Prova –Apresenta cor citrina brilhante, aroma frutado intenso com notas de frutos tropicais e algum floral. Na boca é suave, equilibrado, boa acidez e muita frescura. Recomendações –Deve ser servido a 12ºC, acompanhando pratos de peixe ou marisco. Pode ser consumido agora, ou guardado até 2 anos em local fresco e escuro.

10 10 Vinhos Marca –PADRE PEDRO Rose Perfil –Este Vinho Regional Tejo Rosé é produzido a partir da conjugação harmoniosa das castas Touriga Nacional, Aragonês e Merlot. Notas de Prova –Apresenta cor rosada, com aroma pronunciado de frutos vermelhos frescos, na boca é bastante fresco, macio, equilibrado, com final elegante. Recomendações –Deve ser servido a 12ºC, acompanhando cozinha oriental ou diversas saladas e pode ser consumido agora, ou guardado até 2 anos em local escuro e fresco.

11 11 Vinhos Marca –PADRE PEDRO Tinto Perfil –Este Vinho Regional Tejo Tinto é produzido a partir da conjugação harmoniosa das castas Aragonês, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Merlot, estas duas em menor percentagem. Notas de Prova –Apresenta cor vermelha rubi brilhante, aroma intenso a frutos vermelhos com notas de framboesa e cereja, combinados com alguma especiaria. Bom volume de boca, muita fruta, com bom equilíbrio e acidez, permitindo um final persistente. Recomendações –Deve ser servido a 16ºC, acompanhando carne vermelha grelhada ou assada, e pode ser consumido agora, ou guardado até 6 anos em local escuro e fresco.

12 12 Vinhos Marca –PADRE PEDRO Reserva Perfil –Em cada colheita, os melhores lotes das castas Touriga Nacional, Trincadeira, Alicante Bouschet e Merlot são seleccionados a fim de produzir este Vinho Regional Tejo Reserva Tinto. Notas de Prova –Apresenta cor granada, aroma de frutos pretos maduros com notas florais de violetas. Na boca tem uma excelente estrutura, acidez equilibrada, taninos suaves, final longo e persistente. Recomendações –Deve ser servido a 18ºC, acompanhando pratos de carnes vermelhas ou queijos, e pode ser consumido agora, ou guardado até 8 anos em local escuro e fresco.

13 13 Vinhos Marca –CASA CADAVAL Trincadeira Vinhas Velhas Perfil –Este Vinho DOC Tejo Varietal é produzido exclusivamente a partir da casta indígena Trincadeira, proveniente de vinhas velhas com mais de 60 anos. Notas de Prova –Apresenta cor vermelha rubi brilhante, aroma pronunciado a frutos vermelhos maduros com notas herbáceas e de especiarias, sabor macio com excelente estrutura e equilíbrio, e um final elegante e persistente. Recomendações –Deve ser servido a 18ºC, acompanhando pratos de carnes vermelhas, caça ou queijos fortes, e pode ser consumido agora, ou guardado até 8 anos em local escuro e fresco.

14 14 Vinhos Marca –CASA CADAVAL Cabernet Sauvignon Perfil –Este Vinho Regional Tejo Varietal é produzido exclusivamente a partir da casta internacional Cabernet Sauvignon, provenientes de vinhas com mais de 50 anos. Notas de Prova –Apresenta cor granada profunda, aroma intenso a frutos pretos maduros com notas de groselha preta e de especiarias, sabor encorpado com taninos macios e final longo e persistente. Recomendações –Deve ser servido a 18ºC, acompanhando pratos de carne ou queijos fortes. Pode ser consumido agora, ou guardado até 10 anos em local escuro e fresco.

15 15 Vinhos Marca –CASA CADAVAL Pinot Noir Perfil –Este Vinho Regional Tejo Varietal é produzido exclusivamente a partir da casta internacional Pinot Noir, provenientes de vinhas com mais de 50 anos. Notas de Prova –Apresenta cor rubi pálida, aroma a frutos vermelhos maduros com notas de cereja e de especiarias. Sabor equilibrado, macio, com taninos firmes, apresentando um final longo e persistente. Recomendações –Deve ser servido a 18ºC, acompanhando cozinha de fusão ou pratos vegetarianos, e pode ser consumido agora, ou guardado até 6 anos em local escuro e fresco.

16 16 Vinhos Marca –MARQUESA de CADAVAL Perfil –Este Vinho DOC Ribatejo Tinto é produzido apenas em anos excepcionais, a partir da conjugação harmoniosa das castas indígenas Touriga Nacional, Trincadeira e Alicante Bouschet, provenientes das vinhas mais velhas da propriedade. Notas de Prova –Apresenta cor vermelha granada muito carregada, aroma acentuado a frutos pretos maduros com notas florais de violetas e de especiarias, sabor encorpado com taninos suaves, excelente estrutura e equilíbrio, apresentando um final de boca elegante e persistente. Recomendações –Deve ser servido a 18ºC, acompanhando caça de pelo, carnes assadas ou queijos fortes. Pode ser consumido agora, ou guardado até 12 anos em local escuro e fresco.

17 17 Prémios Revista de Vinhos – Portuguese Wine Magazine - Melhores do Ano de 2009 – Fevereiro de 2010 Marquesa de Cadaval Tinto 2007 Casa Cadaval Trincadeira Vinhas Velhas Tinto Melhores do Ano de 2008 – Fevereiro de 2009 Casa Cadaval Trincadeira Vinhas Velhas Tinto 2006 –Melhor Compra / Best Buy Casa Cadaval Trincadeira Vinhas Velhas Tinto 2006 Padre Pedro Reserva 2005 Padre Pedro Tinto 2007 Padre Pedro Branco 2007

18 18 Prémios Guia de Vinhos João Paulo Martins –« Melhores 16 Vinhos de Portugal « - Marquesa de Cadaval Tinto 2007 Concours Mondial de Bruxelles –Gold Medal Marquesa de Cadaval 2005 –Silver Medal Casa Cadaval Trincadeira 2005 Padre Pedro Tinto 2007 Padre Pedro Tinto 2006 Wine Spectator –88 Pontos Casa Cadaval Trincadeira Vinhas Velhas Tinto –85 Pontos Padre Pedro Tinto

19 19 Revista de Vinhos – Portugese Wine Magazine –Melhor Vinho da Região – –Melhor Vinho até 10 - Trincadeira Vinhas Velhas Tinto 2007 The New York Times –Wines of the Times – Happiness for $10 or Less – by Eric Asimov No. 1: Padre Pedro Tinto Internacional Wine Challenge –Bronze Medal Casa Cadaval Trincadeira 2000 Internacional Wine and Spirit Competition - Silver Medal Herdade de Muge Tinto 2001

20 20 Contactos Morada –Rua Vasco da Gama Muge - Portugal Telefone – Fax – Web –www.casacadaval.ptwww.casacadaval.pt Facebook: Casa Cadaval


Carregar ppt "Perfil do Produtor. 2 Índice Introdução......................................................................................................3 História........................................................................................................"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google