A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alunos: ADRIANO CAETANO DA SILVA ANDRE LUIS PONTES DA SILVEIRA FRANCISCO MOREIRA NETO VALKIRIA CRISTINA ALVES Professor Orientador. Alexandre Violin Garcia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alunos: ADRIANO CAETANO DA SILVA ANDRE LUIS PONTES DA SILVEIRA FRANCISCO MOREIRA NETO VALKIRIA CRISTINA ALVES Professor Orientador. Alexandre Violin Garcia."— Transcrição da apresentação:

1 Alunos: ADRIANO CAETANO DA SILVA ANDRE LUIS PONTES DA SILVEIRA FRANCISCO MOREIRA NETO VALKIRIA CRISTINA ALVES Professor Orientador. Alexandre Violin Garcia

2 A Gestão Financeira é muito valiosa para empresas de pequeno e médio porte, onde o que se espera é que tenham um desempenho satisfatório, usando as práticas financeiras corretas, planejando e administrando. Através da movimentação dos recursos financeiros, com tomadas de decisões importantes para as projeções futuras, assim alcançando as exigências impostas pelo mercado atual. GESTÃO FINANCEIRA NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

3 OBJETIVO GERAL Buscar informações sobre o setor de finanças de micro e pequenas empresas e a causa do encerramento precoce de suas atividades.

4 OBJETIVO ESPECÍFICO Através de pesquisas, apresentar soluções para melhorar o fluxo de caixa das micro e pequenas empresas.

5 A falta de um planejamento financeiro correto pode levar ao fechamento uma micro e pequena empresa? Sim, a falta de um planejamento financeiro adequado pode levar ao fechamento de uma micro e pequena empresa.

6 A administração financeira é ferramenta ou técnica utilizada para a melhor condução da empresa, visando sempre o desenvolvimento e evitar os gastos desnecessários e controlar a concessão de créditos a clientes, planejar, investir nos meios mais viáveis para obter mais recursos financeiros para a empresa. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

7 A história do pensamento econômico reflete os problemas prementes existentes em cada época, podem ser encontradas no conteúdo das finanças, respostas e soluções para os mais sérios problemas; A necessidade é um fator menos importante do que a acumulação de conhecimentos e técnicas ao fomentar as invenções que possibilitam alcançar certo desenvolvimento. A realização de algo se fundamenta no conhecimento, instrumentos e conceitos necessários para resolver problemas; Refere-se ao desenvolvimento de teorias e de sua aplicação em finanças. Declara que tudo o que é conveniente e apropriado é parte da natureza do problema e das variáveis que sofrem as maiores modificações e cujo impacto sobre os resultados finais é o mais importante. HISTÓRIA DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

8 Prever: Visualizar o futuro e traçar o programa de ação; Organizar: Constituir o duplo organismo material e social da empresa; Coordenar: Ligar, unir, harmonizar todos os atos e todos os esforços coletivos; Controlar: Verificar que tudo ocorra de acordo com as regras estabelecidas e as ordens dadas. OBJETIVOS DA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

9 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL FINANCEIRA Para Gitman, o departamento financeiro é composto por tesouraria e controladoria, onde a diferença entre esses dois setores está no enfoque: o tesoureiro é externo, enquanto o controller é interno. O primeiro atua nas atividades financeiras e o segundo nas atividades contábeis da empresa.

10 ADMINISTRADOR FINANCEIRO Administrar sempre foi sinônimo de gerir, governar ou dirigir, mas vai muito, além disso. O administrador financeiro precisa estar preparado para todas as situações, sejam elas as adversidades, crises, conflitos, obstáculos ou os contextos de mudanças que surgem inesperadamente. E atento a todas as informações externas à empresa que possam influenciar nas tomadas de decisões, antecipando-se e agindo com rapidez e eficiência.

11 FUNÇÕES DO ADMINISTRADOR FINANCEIRO ÉTICA DO ADMINISTRADOR FINANCEIRO

12 EMPRESAS DE MICRO E PEQUENO PORTE No Brasil, surgem cerca de 460 mil novas empresas por ano. A grande maioria é de micro e pequenas empresas. Elas são 99,2 % das empresas brasileiras e empregam 60% das pessoas economicamente ativas do país e correspondem a 20 % do PIB brasileiro. (SEBRAE, 2005 apud MELO, 2010, p.17)

13 DEFINIÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS; IMPORTÂNCIA DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NA ECONOMIA BRASILEIRA; FATORES CONDICIONANTES AO CRESCIMENTO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS.

14 GESTÃO FINANCEIRA NAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS [...] finanças é a função das empresas que cuida da administração dos recursos financeiros – patrimoniais – e financeiros das empresas, com a finalidade de maximizar o seu valor de mercado e a remuneração de seus acionistas. (OLIVEIRA, 2009 apud FERNANDES, 2010, p.2)

15 CAPITAL DE GIRO; GESTÃO DE ESTOQUES; GESTÃO DE CONTAS A RECEBER; GESTÃO DE CONTAS A PAGAR; GESTÃO DE FLUXO DE CAIXA.

16 A maioria das micro e pequenas empresas não tem um bom controle de suas finanças, muito embora, seus donos saibam que necessitam de uma boa gestão financeira não tem ou buscam interesses para obter esse conhecimento. A falta de credibilidade que, junta ao mau controle das finanças e o pouco conhecimento de seus donos nessa área, acarreta em problemas ao fluxo de caixa empresarial, possibilitando assim a queda da empresa em muita vezes, em curto período de tempo.

17 A LUNOS : ADRIANO CAETANO DA SILVA ANDRE LUIS PONTES DA SILVEIRA FRANCISCO MOREIRA NETO VALKIRIA CRISTINA ALVES P ROFESSOR O RIENTADOR. A LEXANDRE V IOLIN G ARCIA

18

19 QUE NOS DEU A VIDA, PROPORCIONANDO QUE VIVÊSSEMOS ESSE MOMENTO.

20 QUE ESTIVERAM SEMPRE DO NOSSO LADO NOS APOIANDO E INCENTIVANDO.

21 A ETEC DOUTOR RENATO CORDEIRO, DIRIGENTES, FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES.

22 PROFESSOR ALEXANDRE VIOLIN GARCIA, QUE SEMPRE ACREDITOU EM NOSSO POTENCIAL E NOS APOIOU NESSA JORNADA.

23 QUE VIVENCIARAM CADA PASSO NOSSO COM PACIÊNCIA E CARINHO, DIVIDINDO SEUS CONHECIMENTOS SE TORNANDO VERDADEIROS AMIGOS.

24 QUE JAMAIS SERÃO ESQUECIDOS,EM ESPECIAL Á NOSSA AMIGA GISELE QUE ESTEVE CONOSCO DESDE O INÍCIO DO CURSO NOS AJUDANDO E NOS DANDO FORÇA PARA QUE PUDÉSSEMOS CONCLUIR MAIS ESTA ETAPA.

25 JUNTAMENTE COM CONHECIMENTO E APRENDIZADO, ESTAMOS LEVANDO GRANDES AMIZADES QUE JAMAIS SERÃO APAGADAS DE NOSSA MEMÓRIA.

26


Carregar ppt "Alunos: ADRIANO CAETANO DA SILVA ANDRE LUIS PONTES DA SILVEIRA FRANCISCO MOREIRA NETO VALKIRIA CRISTINA ALVES Professor Orientador. Alexandre Violin Garcia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google