A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LiderançaLiderança ä LIDERANÇA ä LIDERANÇA = processo interpessoal pelo qual os gerentes (chefes) tentam influenciar os empregados a realizarem objetivos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LiderançaLiderança ä LIDERANÇA ä LIDERANÇA = processo interpessoal pelo qual os gerentes (chefes) tentam influenciar os empregados a realizarem objetivos."— Transcrição da apresentação:

1 LiderançaLiderança ä LIDERANÇA ä LIDERANÇA = processo interpessoal pelo qual os gerentes (chefes) tentam influenciar os empregados a realizarem objetivos de trabalho estabelecidos. ä ESTILOS DE LIDERANÇA: l PESSOAS l orientado para as PESSOAS: democrático, permissivo, participativo e educado l TAREFAS l orientado para as TAREFAS: autocrático, restritivo, distante e diretivo ä LIDERANÇASITUAÇÃO ä A LIDERANÇA é função da SITUAÇÃO. Destacamos três características básicas das situações: l l relação líder-membro l l grau de estruturação da tarefa l l poder da posição do líder

2 LiderançaLiderança Orientado para as pessoas Orientado para as tarefas Estilo de Liderança Favorabi- lidade situacional MaiorMenor Orientado para as pessoas Orientado para as tarefas Satisfação no Trabalho Orienta- ção do Chefe MaiorMenor Tarefa não estruturada Tarefa Estruturada Meta-caminho na Liderança: Comportamento de liderança Características da Tarefa Características dos subordinados Efeito da liderança na motivação e satisfação Fonte: David Hampton - Adm. Contemporânea

3 Grid Gerencial Elevada Reduzida Preocu- pação com a tarefa Preocupação com as pessoas Reduzida Elevada Fonte: Robert Blake & Jane Mounton 1.1 = Empobrecido 1.9 = Country Club 9.1 = Tarefa 9.9 = Equipe 5.5 = Meio Termo

4 Fonte: William J. Reddin Estilo Gerencial 3 D ä ä Na sua Teoria de Estilo Gerencial 3D, William J. Reddin foi o primeiro a acrescentar uma dimensão de eficácia ao interesse pelas tarefas e pelas pessoas. ä ä Reddin julgava que um modelo teórico útil deveria reconhecer que vários estilos podem ser eficazes ou ineficazes, dependendo da situação. Reforçava, também, que o estilo básico do líder é um estímulo particular, sendo que a resposta a esse estímulo é que pode ser considerada eficaz ou ineficaz. Tarefa Pessoas Dimensão da eficácia

5 LiderançaLiderança TIPOLOGIA DA LIDERANÇA l RADICAL: impõem sua autoridade; têm poder e geram temor. l TRANSACIONAL: usam a emoção e a psicologia para conduzir pessoas l TRANSFORMACIONAL: procuram mostrar que existem novos valores e novos modos de atuar l GERENCIAL: são os gestores de pessoas, processos e ações. São o tipo mais comum. Os primeiros raramente são desejáveis para a organização; os demais são importantes e necessários, especialmente os dois últimos. Pregador da Mudança Agente de Mudança Líder Transfor- mador Burocrata Flexível Transfor- mador Seletivo Transfor- mador Eficaz Gestor Burocrata (piloto de escrivaninha) Gerente Eficiente Adminis- trador Eficiente LIDERANÇA GERENCIAL IDERANÇA TRANSFORMACIONAL LIDERANÇA TRANSFORMACIONAL BAIXA MÉDIA ALTA Fonte: O Desafio da Mudança - Cid Nardy

6 Janela de JOHARI Joseph Luft & Harry Ingham PÚBLICO/ ABERTO CEGO SECRETODESCONHECIDO Conhecido para os outros Desconhecido para os outros Conhecido para si Desconhecido para si MANIFESTAÇÃO FEEDBACK

7 MotivaçãoMotivação Auto-realização Auto-realização Estima Estima Associação / Afeto Associação / Afeto Segurança Segurança Fisiológicas Fisiológicas Teoria da hierarquia das necessidades de Maslow ä MOTIVAÇÃO ä MOTIVAÇÃO = disposição das pessoas em contribuírem para os resultados; combustível do indivíduo.

8 MotivaçãoMotivação Análise da Ausência/Presença dos Fatores de Herzberg

9 Teoria X e Teoria Y Teoria X e Teoria Y (Douglas McGregor) (adm.científica x relações humanas) TEORIA X l A média da humanidade tem repul- sa pelo trabalho e o evitará l As pessoas precisam ser coagidas, controladas e punidas l A média da humanidade prefere ser dirigida, evita respon- sabilidades e quer segurança acima de tudo TEORIA Y l A média da humanidade não herda o desgosto pelo trabalho l As pessoas, desde que comprometi-das, exercitarão a autodireção e o autocontrole l O compromisso com os objetivos é função das recompensas associadas à sua realização l Em condições adequadas, a média da humanidade aprende a aceitar e a buscar responsabilidades l As potencialidades intelectuais da média da humanidade são usadas apenas de forma parcial l A aptidão para exercitar um nível alto de imaginação tem distribuição dispersa na população e não cocentrada

10 EmpowermentEmpowerment ä As empresas modernas entendem que a qualidade das pessoas e das lideranças permite distribuir poder (empowerment). ä Isso é uma nova forma de obter resultados a curto prazo por ação das pessoas e manter a empresa competitiva no longo prazo através de ajustes contínuos no processo (flexibilidade). ä Dessa forma, há um melhor aproveitamento da diversidade: o trabalho é orientado para o mesmo foco, em diversas frentes de trabalho, com visões diferenciadas do problema, e tudo simultaneamente. ä O produto final será muito mais rico e diferenciado do que aquele gerado por um processo tradicional, tornando a empresa diferenciada e com um fator de competitividade incomparavelmente mais forte.

11 Poder e Influência ä Autoridade: ä Autoridade: direito de dirigir; a autoridade proporciona o poder. Porém, apesar de ter alguém investido da mesma, isso pode não ser suficiente para que os subordinados obedeçam suas ordens. Somatório do poder formal e informal ä Influência: ä Influência: mudança no comportamento de uma pessoa como resultado da ação de outra(s) ä Poder: ä Poder: capacidade de exercer a influência; reforça a autoridade; é uma habilidade individual; é um processo para obtenção de resultados e não um fim em si mesmo.

12 Inovação na Empresa: o Papel do Poder ä A inovação é, ao mesmo tempo, causa e conseqüência da mudança ä A inovação somente acontece quando o fator poder é aplicado com eficácia ä Para gerenciar a inovação como profissional, é preciso: preparar-se para a adaptação ao impacto das mudanças concentrar-se na inventividade (pensar na mudança) renunciar ao poder formal em favor do poder da competência questionar as premissas orientativas de sua atuação desenvolver conhecimentos e habilidades interpretar a inovação, quebrar seus paradigmas evoluir como administrador de conflitos

13 Demonstrações de Poder na Empresa ä Lei da Multiplicação dos Subordinados: ä Lei da Multiplicação dos Subordinados: um chefe deseja sempre aumentar o número de subordinados, desde que não sejam seus rivais ä Gigantismo Tabulatório: ä Gigantismo Tabulatório: obsessão por mesas grandes ä Espaçomania: ä Espaçomania: obsessão por salas de grande metragem ä Buropatia: ä Buropatia: apego aos regulamentos, aos sub-objetivos ä Manipulação do sistema de informações: ä Manipulação do sistema de informações: grande preocupação no controle e distribuição das informações ä Desenvolvimento de comportamento dramatúrgico: ä Desenvolvimento de comportamento dramatúrgico: dar a impressão de capacidade e indispensabilidade


Carregar ppt "LiderançaLiderança ä LIDERANÇA ä LIDERANÇA = processo interpessoal pelo qual os gerentes (chefes) tentam influenciar os empregados a realizarem objetivos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google