A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Produção e Serviços Profs.: Luiz Carlos Di Serio Stavros Panagiotis Xanthopoylos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Produção e Serviços Profs.: Luiz Carlos Di Serio Stavros Panagiotis Xanthopoylos."— Transcrição da apresentação:

1 1 Produção e Serviços Profs.: Luiz Carlos Di Serio Stavros Panagiotis Xanthopoylos

2 2 Estrutura da disciplina Módulo 1 – Estratégia e Fundamentos de Operações: Produtos e Serviços Módulo 2 – Qualidade e Produtividade: Conceitos, Foco no Processo, Valor e Melhoria Contínua Módulo 3 – Sistemas de Gestão de Produção: Empurrar x Puxar - MRP, TOC e JIT - Mentalidade Enxuta

3 3 Módulo 4 – Gestão Estratégica de Serviços Módulo 5 – Gestão da Cadeia de Suprimentos - Competitividade – Tempo / Flexibilidade / Inovação Estrutura da disciplina

4 4 Módulo 1 Conceitos Básicos de Operações Prof.: Stavros P. Xanthopoylos

5 5 Visão sistêmica Visão como função e como um conjunto de decisões Filme: Há sempre um cliente ao seu lado Estratégia e Fundamentos de Operações: produtos e serviços

6 6 Manufatura e Serviços / Estratégia de Operações Os tipos de produção Sistemas de operações Caso JVC (filme: Competindo pelo futuro) Estratégia e Fundamentos de Operações: produtos e serviços

7 7 INPUTS trabalhadores gerente equipamento instalações materiais local energia OUTPUTS Produtos Serviços Participação do Mercado /Clientes (feedback) Informações sobre Desempenho (feedback) OPERAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES Visão Sistêmica Conceitos Básicos de Operações

8 8 Função empresarial: operações métodos quantitativos comportamento empresarial gerenciamento geral sistemas de informações gerenciais ética e direito negócios internacionais economia Visão como função e como um conjunto de decisões I Conceitos Básicos de Operações

9 9 Conjunto de decisões Escolhas de estratégias planos de produtos e serviços prioridades competitivas posicionamento estratégico gerenciamento da qualidade controle da qualidade Visão como função e como um conjunto de decisões II Conceitos Básicos de Operações

10 10 Conjunto de decisões Decisões do projeto industrial elaboração dos processos gerenciamento tecnológico descrição das ativid. ou postos de trab. capacidade localização layout Visão como função e como um conjunto de decisões III Conceitos Básicos de Operações

11 11 Conjunto de decisões Decisões sobre operações previsão gerenciamento dos materiais estoques planos agregados planos mestres de produção sistemas de controle de chão de fábrica programação fina Visão como função e como um conjunto de decisões IV Conceitos Básicos de Operações

12 12 Aspectos do produtor Produto físico e durável Output pode ser medido Baixo contato com cliente Tempo de resposta maior Aspectos do prestador Produto perecível e intangível Output não pode ser medido Intenso contato com cliente Tempo de resposta menor Diferença entre manufatura e serviços Conceitos Básicos de Operações

13 13 Aspectos do produtor Mercados regionais, nacionais e internacionais Instalações grandes Produção intensiva de capital Qualidade medida facilmente Aspectos do prestador Mercados locais (atendimento local) Instalações pequenas Produção intensiva de mão-de-obra Qualidade difícil de medir Diferença entre manufatura e serviços Conceitos Básicos de Operações

14 14 Filme: Há sempre um cliente a seu lado Conceitos Básicos de Operações

15 É a capacidade da empresa formular e implementar estratégias concorrenciais, que lhe permite ampliar ou conservar, de forma duradoura, uma posição sustentável de mercado Conceito de Competitividade Referência: Ferraz, J. C. et al. Made in Brazil. Rio de Janeiro, Ed. Campus, 1995

16 Custo Qualidade Tempo Inovação Flexibilidade Competitividade Fatores Críticos de Sucesso

17 Maturidade Empresarial Custo - coordenação - produto Qualidade - controle - processo Tempo - automação - cliente Flexibilidade - integração - mercado Inovação - rede - holística Excelência Tempo Considerações iniciais e conceitos básicos a conquista da maturidade empresarial

18 Custo Flexibilidade Velocidade Confiabilidade Qualidade Qualidade + confiabilidade Qualidade + confiabilidade + velocidade Qualidade + confiabilidade + velocidade + flexibilidade Qualidade + confiabilidade + velocidade + flexibilidade + custo O modelo do cone de areia do melhoramento em manufatura Modelo de Slack

19 19 Competitividade Fatores Críticos de Sucesso / Critérios de Competição Bens Preço/Custo Qualidade Velocidade da Entrega (tempo) Confiabilidade da Entrega (tempo) Bens Flexibilidade (volume, mix, entrega, produto) Serviços – pré/durante/pós venda

20 20 Serviços Ambiente Flexibilidade Competência Acesso Tangíveis Competitividade Fatores Críticos de Sucesso / Critérios de Competição Serviços Preço/Custo Consistência Velocidade da Entrega Credibilidade / Segurança

21 21 Prioridades são estabelecidas em relação a: Resultados comparativos à atuação com a Concorrência Clientes Concorrentes O que o Cliente Quer Importância de cada critério competitivo Desempenho em cada critério competitivo Prioridades para melhoria Estratégia Operacional

22 22 Ganhadores e Qualificadores de Pedidos Critérios Vencedores de Pedidos Benefício Competitivo Performance

23 23 Critérios menos importantes Benefício Competitivo Performance Crfitérios Qualificadores Benefício Competitivo Performance Ganhadores e Qualificadores de Pedidos

24 24 Critérios Vencedores 1)É a base ou fundamental para a escolha do Cliente 2)Representa vantagem importante na escolha do Cliente 3)Representa uma vantagem útil na escolha do Cliente Importância dos Critérios Competitivos Critérios Qualificadores 4)Precisa se posicionar marginalmente acima da média da indústria 5)Precisa se posicionar da média da indústria 6)Deve estar próximo num nível abaixo da média da indústria Critérios Menos Importantes 7)Normalmente não considerado pelo Cliente 8)Raramente considerado pelo Cliente 9)Nunca considerado pelo Cliente

25 1)É a base ou fundamental para a escolha do Cliente 2)Representa vantagem importante na escolha do Cliente 3)Representa uma vantagem útil na escolha do Cliente Importância dos Critérios Competitivos Critérios Vencedores

26 26 4)Precisa se posicionar marginalmente acima da média da indústria 5)Precisa se posicionar na média da indústria 6)Deve estar próximo num nível abaixo da média da indústria Importância dos Critérios Competitivos Critérios Qualificadores

27 27 Critérios Menos Importantes 7)Normalmente não considerado pelo Cliente 8)Raramente considerado pelo Cliente 9)Nunca considerado pelo Cliente Importância dos Critérios Competitivos

28 Melhor que os concorrentes 1)Consitentemente e consideravelmente melhor que o melhor concorrente 2)Consistentemente e visivelmente melhor que o melhor concorrente 3)Consistentemente e marginalmente melhor que o melhor concorrente Benchmarking: Comparando com a Concorrência Mesmo nível que os Concorrentes 4)Marginalmente melhor que o melhor concorrente 5)No mesmo nível que o melhor concorrente 6)Frequentemente pior que o melhor concorrente Pior que os Concorrentes 7)Normalmente e Claramente pior que o melhor concorrente 8)Normalmente pior que o melhor concorrente 9)Consistentemente pior que o melhor concorrente

29 29 Melhor que os concorrentes 1)Consitentemente e consideravelmente melhor que o melhor concorrente 2)Consistentemente e visivelmente melhor que o melhor concorrente 3)Consistentemente e marginalmente melhor que o melhor concorrente Benchmarking: Comparando com a Concorrência

30 30 Mesmo nível que os Concorrentes 4)Marginalmente melhor que o melhor concorrente 5)No mesmo nível que o melhor concorrente 6)Frequentemente pior que o melhor concorrente Benchmarking: Comparando com a Concorrência

31 31 Pior que os Concorrentes 7)Normalmente e Claramente pior que o melhor concorrente 8)Normalmente pior que o melhor concorrente 9)Consistentemente pior que o melhor concorrente Benchmarking: Comparando com a Concorrência

32 Menos Relevantes Qualifica- dores Vencedores de Pedidos Importância aos Clientes EXCESSO? ADEQUADO MELHORA AÇÃO URGENTE Melhor Igual Pior Desempenho em relação aos Concorrentes B A C D E Matriz: Importância e Desempenho Menos Relevantes Qualifica- dores Vencedores de Pedidos Importância aos Clientes

33 33 Melhor Pior Menos Relevantes Qualificadores Vencedores de Pedidos PERFORMANCE comparada aos CONCORRENTES Igual IMPORTÂNCIA aos Clientes baixaalta bom ruim VELOCIDADE ENTREGA PREÇO/CUSTO CREDIBILIDADE/SEGURANÇA FLEXIBILIDADE COMPETÊNCIA TANGÍVEIS CONSISTÊNCIA AMBIENTE ACESSO Matriz: Importância X Desempenho

34 34 Estoque puro Contínua (pura/com diferenciação) Intermitente (para estoque/sob encomenda) Grandes projetos Os tipos de produção Conceitos Básicos de Operações

35 35 os tipos de produção - estoque puro Conceitos Básicos de Operações

36 36 Fluxo Peças/ Produto Pessoas Peças os tipos de produção - contínua Conceitos Básicos de Operações

37 37 os tipos de produção – intermitente sob encomenda Conceitos Básicos de Operações Fonte:

38 38 os tipos de produção – intermitente para estoque Conceitos Básicos de Operações Fonte: Submarino e TokStok

39 39 os tipos de produção - grandes projetos Equipamentos Móveis Pessoas Produto Conceitos Básicos de Operações

40 40 Quatro categorias de sistema: Suprimento puro aumenta a utilidade de posse de recursos Manufatura aumenta a utilidade da forma de recursos Classificando um sistema de operações I Conceitos Básicos de Operações

41 41 Quatro categorias de sistema: Transporte aumenta a utilidade da localização de recursos Serviço aumenta a utilidade do estado de recursos Classificando um sistema de operações I Conceitos Básicos de Operações

42 42 Partes que integram os processos O Cliente Estoque insumos e produtos Operações Fluxo Físico materiais e pessoas Classificando um sistema de operações IIC Conceitos Básicos de Operações

43 43 Estruturas básicas de operações I Manufatura (produção) CEOE CEOC Produção contínua Produção sob encomenda ou Produtos Perecíveis Classificando um sistema de operações III Conceitos Básicos de Operações

44 44 C DOCC DOE Insumos Perecíveis ou Estoques para mercado Grandes projetos Conceitos Básicos de Operações Estruturas básicas de operações I Manufatura (produção) Classificando um sistema de operações III

45 45 Estruturas básicas de operações II Serviços EFO C CF ECO Serviços bancários Serviços essenciais Classificando um sistema de operações IV Conceitos Básicos de Operações

46 46 Estruturas básicas de operações II Serviços CF DFO F - FILA Sem recursos iniciais Classificando um sistema de operações IV Conceitos Básicos de Operações

47 47 CASO JVC Filme: Competindo pelo futuro Conceitos Básicos de Operações


Carregar ppt "1 Produção e Serviços Profs.: Luiz Carlos Di Serio Stavros Panagiotis Xanthopoylos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google