A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EFEITOS BIOLÓGICOS DO MERCÚRIO E SEUS DERIVADOS EM SERES HUMANOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EFEITOS BIOLÓGICOS DO MERCÚRIO E SEUS DERIVADOS EM SERES HUMANOS."— Transcrição da apresentação:

1 EFEITOS BIOLÓGICOS DO MERCÚRIO E SEUS DERIVADOS EM SERES HUMANOS

2 Características Características # Mercúrio Hg # Grupo IIb (metais de transição) # Z 80 # Congela -38,87 ºC # Entra em ebulição 356,9 ºC Forma vapores incolores e inodores Forma vapores incolores e inodores Associa-se a outros elementos químicos formando compostos inorgânicos ou sais Associa-se a outros elementos químicos formando compostos inorgânicos ou sais

3 Aplicações Aplicações fabricação de espelhos fabricação de espelhos instrumentos de medidas (barômetros e termômetros) instrumentos de medidas (barômetros e termômetros) lâmpadas fluorescentes lâmpadas fluorescentes catalizador de reações químicas catalizador de reações químicas medicina, odontologia e explosivos medicina, odontologia e explosivos

4 Efeitos biológicos Efeitos biológicos 1. Poluente ambiental originado de várias fontes Fontes naturais – vulcões e evaporação dos oceanos naturais – vulcões e evaporação dos oceanos artificiais – queima de combustíveis fósseis artificiais – queima de combustíveis fósseisMetilmercúrio Atinge o sistema nervoso central (possivelmente teratogênico) extremamente tóxico extremamente tóxico presente na água e alimentos aquáticos presente na água e alimentos aquáticos

5 Metilação do mercúrio Metilação do mercúrio Biotransformação pode ser convertido em metilmercúrio e dimetilmercúrio Biotransformação pode ser convertido em metilmercúrio e dimetilmercúrio Bioamplificação pode acumular-se na cadeia alimentar aquática Bioamplificação pode acumular-se na cadeia alimentar aquática Risco ao regime alimentar humano Risco ao regime alimentar humano Garimpos – Amazônia e Tapajós Garimpos – Amazônia e Tapajós

6 Toxicidade do mercúrio Toxicidade do mercúrio Forma liquida Forma liquida pouco absorvido pelo trato gratrointestinal pouco absorvido pelo trato gratrointestinal Forma de vapor Forma de vapor atravessam a membrana alveolar e atingem a corrente sanguínea atravessam a membrana alveolar e atingem a corrente sanguínea # complexo hidrogênio peróxido catalase oxida o mercúrio à forma divalente oxida o mercúrio à forma divalente fixa-o no sangue, fígado e rins fixa-o no sangue, fígado e rins

7 Toxicidade do mercúrio Toxicidade do mercúrio Sistema nervoso central Sistema nervoso central cerebelo cerebelo lóbulos temporais lóbulos temporais Sintomas Sintomas Ataxia (coordenação dos movimentos voluntários) Ataxia (coordenação dos movimentos voluntários) Parestesia (perda da sensib. nas extrem. das mãos e pés e em torno da boca) Parestesia (perda da sensib. nas extrem. das mãos e pés e em torno da boca) Visão de túnel (constrição do campo visual) Visão de túnel (constrição do campo visual) Perda da audição Perda da audição # Em casos extremos – cegueira, coma e morte

8 Toxicidade do mercúrio Toxicidade do mercúrio Funções motoras comprometidas Funções motoras comprometidas destreza manual destreza manual alternação da coordenação manual alternação da coordenação manual fadiga muscular fadiga muscular alterações na função visual (redução do campo de visão) alterações na função visual (redução do campo de visão) Sintomas Insônia Sintomas Insônia irritabilidade irritabilidade dificuldade na concentração dificuldade na concentração perda de memória perda de memória apatia apatia baixa estima acentuada baixa estima acentuada # Disfunção imunológica

9 Efeitos celulares Efeitos celulares Linfócitos e linhagens linfoblásticas Linfócitos e linhagens linfoblásticas capacidade proliferativa capacidade proliferativa produção de citosinas produção de citosinas secreção de imunoglobulinas secreção de imunoglobulinas Apoptose Apoptose

10 Genotoxicidade do mercúrio Genotoxicidade do mercúrio Mutações Mutações cromossomos cromossomos genes genes # Câncer # Doenças hereditárias Inibe a formação do fuso mitótico Inibe a formação do fuso mitótico Produção de radicais livres Produção de radicais livres

11 Considerações finais Considerações finais P oluente ambiental do mais alto risco à saúde humana P oluente ambiental do mais alto risco à saúde humana efeitos biológicos extremamente variados efeitos biológicos extremamente variados # citológicos # reprodutivos (principalmente teratogênicos) # neurológicos Implementação de programas amplos e efetivos de controle e prevenção dos riscos derivados da poluição química Implementação de programas amplos e efetivos de controle e prevenção dos riscos derivados da poluição química


Carregar ppt "EFEITOS BIOLÓGICOS DO MERCÚRIO E SEUS DERIVADOS EM SERES HUMANOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google