A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO 6º ENCONTRO DE COORDENAÇÃO DO PNAFM Brasília, 7 a 10 de novembro de 2006 Silvia Brum.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO 6º ENCONTRO DE COORDENAÇÃO DO PNAFM Brasília, 7 a 10 de novembro de 2006 Silvia Brum."— Transcrição da apresentação:

1 ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO 6º ENCONTRO DE COORDENAÇÃO DO PNAFM Brasília, 7 a 10 de novembro de 2006 Silvia Brum

2 OBJETIVO Apresentar aos participantes a metodologia utilizada para a elaboração de Plano de Capacitação para a área pública ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

3 Breve histórico Administração fase legalista de Pessoal competência técnica Administração de teoria de sistemas Recursos Humanos + competência profissional Gestão de Pessoas / qualidade total Competências + competência pessoal Globalização Avanço Tecnológico ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

4 Problemas e desafios inexistência/consagração de uma metodologia completa nessa direção; falta de valorização da área de Recursos Humanos pelas lideranças organizacionais ; despreparo de profissionais para lidar com as novas demandas; e falta de homogeneidade das organizações quanto a evolução da gestão. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

5 COMO RESPONDER AO NOVO DESAFIO ? ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

6 Estratégias consolidadas (1) planejamento das necessidades de profissionais, de comum acordo com o planejamento estratégico da organização (2)implementação de um sistema de gestão de desempenho; (3) seleção com base na competência relacionada ao trabalho; ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

7 (4)participação e envolvimento dos empregados na definição das políticas; (5)transparência e clareza quanto às ações adotadas a longo prazo e seu impacto sobre o trabalhador ; (6) formação contínua e o treinamento extensivo dos profissionais, a fim de prepara-los para enfrentar as mudanças, por meio da aprendizagem de novos trabalhos; (7) compensação de acordo com o rendimento global da organização e com o trabalho individual e em grupo ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

8 Setor Público Política de Gestão de Pessoas XII Fórum do Planalto sobre Política Nacional de Gestão de Pessoas no Governo Lula: uma construção negociada e inovadora, realizado em 28/04/2005 Secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Sérgio Eduardo Arbulu Mendonça ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

9 Política de Gestão de Pessoas A construção de uma política de gestão de pessoas para o GF tem por objetivo a melhoria da gestão pública e deve ser tratada dentro de um projeto amplo baseado: (1) em diagnóstico realizado a partir de pesquisas e indicadores regulares e confiáveis; (2) na participação direta dos interessados: dirigentes de RH, servidores, entidades que representam a população usuária do serviço público. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

10 Processos básicos: prover os órgãos públicos de pessoal desenho organizacional de carreiras e cargos desenvolvimento de pessoas : capacitação, treinamento etc. política de remuneração relações de trabalho seguridade social ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

11 Mudanças conceituais Modelo Atual Modelo proposto Modelo Atual Modelo proposto Gestão de RH Gestão de pessoas AutocráticoAtividade estratégica CentralizadorTrabalho em equipe HierarquizadoParceiros na gestão Burocrático Participativo Operacional Cumprem metas / resultados Foco no processo Foco nas pessoas/usuário ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

12 Novo papel do gestor público Agente de mudanças Desburocratização – Simplificação de processos Relações participativas verticais Política de redução de distâncias salariais Servidor obsoleto, desnecessário e ineficiente x Servidor público eficiente, eficaz e necessário ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

13 Fundamentação Legal Política Nacional de Capacitação dos Servidores Públicos Federais Decreto nº 5.707, de 23 de fevereiro de 2006 Política e Diretrizes Portaria nº 208, de 25 de julho de 2006 Instrumentos ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

14 Elaboração de Plano de Capacitação ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO Fluxo Regimento/Regulamento Interno Planejamento Estratégico Definição das Necessidades Organizacionais Definição das Competências necessárias à Organização (CHA)

15 ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO. Levantamento Necessidades Treinamento Projeto e Planejamento de Treinamento Execução do Treinamento Avaliação do Treinamento Plan DoDo Check / Action Monitoria TD&E

16 Principais fontes de análise das necessidades organizacionais a)missão e objetivos da organização b)planos de metas c)programas e projetos ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

17 Níveis de análise das competências necessárias LNT Competências existentes x Competências Necessárias a) da organização - essenciais, b) do trabalho – funcionais/técnicas e c) do indivíduo - comportamentais. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

18 Dimensões da competência (CHA) CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES Informação Saber o quê, o porquê Técnica, Capacidade, Saber como Querer fazer Identidade Determinação

19 Planejamento do TD&E conhecimentos, as habilidades e as atitudes Feito o levantamento das necessidades de TD&E teremos em mãos as informações básicas de que precisamos para elaborar o plano de capacitação, ou seja os conhecimentos, as habilidades e as atitudes ou competências que precisam ser adquiridas ou desenvolvidas para atender a uma determinada realidade organizacional. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

20 PLANO DE CAPACITAÇÃO Definição: É uma ferramenta da gestão de pessoas que tem por objetivo planificar o atendimento das carências de capacitação dos colaboradores organizacionais em vista ao atendimento das competências necessárias à realização da missão, visão e estratégias institucionais. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

21 Um bom Plano de Capacitação responderá às seguintes perguntas: Quais são as nossas necessidades? Onde devemos e queremos chegar? Como iremos proceder para chegar onde queremos? Como iremos mensurar os resultados? Quanto irá custar o que definimos fazer? ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

22 Fatores prévios importantes: Conhecimento da realidade Esta realidade, constituída pelo aluno, pelo professor, pelo meio ambiente, é a matéria-prima que vai ser reelaborada na aprendizagem, produzindo mudanças. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

23 Definição dos atores e de seus papéis o treinando, o instrutor, a organização e a comunidade ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

24 O processo de planejamento a ) para que treinar ? - determinação dos objetivos b) quem treinar ? – definição do público-alvo a ser treinado c) em que treinar ? – seleção e organização dos conteúdos d) como treinar ? – seleção e organização de métodos, técnicas e recursos ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

25 e) quando treinar ? – estabelecimento de datas, épocas e horários f) quem vai treinar ? – definição do perfil do instrutor g) como organizar o treinamento ? – recursos necessários, logística e infra-estrutura h) como avaliar ? – definição dos resultados a serem atingidos e como mensura-los ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

26 Metodologia da capacitação Andragogia é a ciência e a arte da educação de adultos, enquanto que a Pedagogia é a arte e a ciência da educação de crianças e adolescentes

27 ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO Modalidades Treinamento presencial Treinamento a distância Treinamento semi-presencial

28 Categorias Eventos de curta duração – cursos ( carga horária inferior a 360h ), congressos, conferências, encontros, fóruns, mesas- redondas, painéis palestras, seminários, simpósios e oficinas de trabalho; ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

29 Cursos de longa duração – cursos de pós-graduação latu sensu ( especialização, MBA ), cursos de pós-graduação stricto sensu ( mestrado, mestrado profissional e doutorado ) Outras ações de aprendizagem – estágios, leitura de livros/textos técnicos, vídeos, visitas técnicas e outros similares ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

30 Objetivos do Treinamento Quanto ao nível de especificação: a)objetivos gerais – são os resultados de aprendizagem complexos, alcançáveis em períodos mais longos; ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

31 b) objetivos específicos – são os mais simples, concretos, alcançáveis em menor tempo; c) objetivos intermediários – são utilizados quando há necessidade de desdobrar os objetivos específicos. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

32 Quanto ao domínio : a) objetivos cognitivos – relacionados ao conhecimento e habilidades intelectuais dos alunos; b) objetivos afetivos – relacionados aos interesses, atitudes e apreciação; c) objetivos psicomotores – relacionados às habilidades motoras ( habilidades visuais, auditivas, psicomotoras, verbais etc.) ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

33 Características necessárias aos objetivos : –relevantes – pelas necessidades que se dispõem a atender; –coerentes – com a missão e os objetivos da instituição; –realistas – no sentido de serem viáveis e práticos; –éticos – em relação a todas as pessoas envolvidas;, auditivas, psicomotoras, verbais etc.) –inspirados – na realidade dos treinamentos; –importantes e significativos – para os treinandos; –conhecidos – pelos treinandos. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

34 –expressos – em termos do desempenho esperado do treinando, observável e mensurável; –explícitos – quanto ao conteúdo ao qual o desempenho se relacione; –complementares e coerentes – entre si, derivando-se do objetivo geral e convergindo para ele; –claros – sem alternativas de interpretação, sem palavras inúteis, focalizando só um desempenho em relação ao conteúdo, inteligíveis para os treinandos e que comuniquem onde se quer chegar; ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

35 Definição do público alvo a) nível maior ou emergencial da necessidade de conhecimentos, habilidades e atitudes; b) número de pessoas a serem treinadas; c) características pessoais e características funcionais dos treinandos; d) a disponibilidade de tempo das pessoas. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

36 Seleção de conteúdos Elementos: conhecimentos sistematizados; habilidades e hábitos; atitudes e convicções; capacidades cognoscitivas. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

37 Características: relevantes comunicadores concretos éticos orgânicos claros importantes atuais atraentes viabilizadores organizados ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

38 Seleção de métodos de ensino Base: aspectos externos (conteúdos de ensino) – métodos de exposição pelo professor, de trabalho independente do aluno, de elaboração conjunta e de trabalho em grupo; aspectos internos (condições mentais e físicas dos alunos para a assimilação dos conteúdos) – que se baseiam em procedimentos lógicos e psicológicos de assimilação. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

39 Classificação: métodos individualizados – ênfase colocada nas necessidades, expectativas e características dos indivíduos; métodos socializados – ênfase colocada sobre os resultados da interação dos treinandos.. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

40 Características: condutores – à participação ativa dos treinandos; coerentes – com os objetivos e conteúdos; adequados – ao nível de desenvolvimento dos treinandos ; significativos – como sucedâneos de situações reais; geradores – de reflexão crítica sobre os conteúdos; facilitadores – da aprendizagem; atraentes – para os treinandos. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

41 Seleção de recursos Base: O importante na escolha dos recursos é a sua capacidade de promover esse encontro do treinando com o objeto real do conhecimento mediante formas que o representem. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

42 Caracteríticas: sucedâneos – do objeto em estudo; geradores de pontes – com o objeto em estudo; facilitadores – do processo de conhecimento; condutores – à reflexão crítica e à participação ativa dos treinandos; coerentes – com os objetivos, conteúdos e a metodologia; suficientes – na dosagem estabelecida; coadjuvantes – no processo ensino-aprendizagem; atraentes – na apresentação, para despertar a atenção dos treinandos; adequados – ao nível dos treinandos ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

43 Custos em Treinamento o planejamento e a produção dos elementos envolvidos no plano estabelecido; os custos de honorários, salários, deslocamentos e diárias de treinandos, instrutores, técnicos e pessoal de apoio; os custos de execução, como aluguéis, serviços de terceiros, e outros; os custos de avaliação dos projetos e do plano no seu todo. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

44 Operacionalização de um Plano de Capacitação Significa fazer acontecer tudo o que foi previsto em um projeto, fazendo a gestão dos obstáculos e das oportunidades surgidas durante o processo. ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

45 Avaliação do Treinamento e Desenvolvimento Precisa responder às perguntas: - Qual é o retorno do investimento em treinamento? - Como e quando mensurar os resultados? ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

46 Avaliação do Treinamento e Desenvolvimento Avaliação de reação Avaliação da instrutoria Avaliação de aprendizagem Avaliação de impacto/eficácia ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO

47 Silvia Brum Graduada em Ciências Contábeis pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal AEUDF. Pós-Graduada em Auditoria Interna e Externa pelo Instituto de Ciências Administrativas e Tecnológicas do Distrito Federal (ICAT). Especializada em Gerência pela Qualidade Total pela Fundação Christiano Ottoni, da Faculdade de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais- UFMG e em Gestão Pública pela Escola Nacional de Administração Pública.


Carregar ppt "ELABORAÇÃO DE PLANO DE CAPACITAÇÃO 6º ENCONTRO DE COORDENAÇÃO DO PNAFM Brasília, 7 a 10 de novembro de 2006 Silvia Brum."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google