A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEQUÊNCIA DIDÁTICA Etapas de uma sequência didática.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEQUÊNCIA DIDÁTICA Etapas de uma sequência didática."— Transcrição da apresentação:

1 SEQUÊNCIA DIDÁTICA Etapas de uma sequência didática

2 O modelo de sequência didática adotado no trabalho proposto está dividido em quatro etapas, conforme Dolz, Noverraz e Schneuwly (2004). São elas: apresentação da situação, primeira produção, construção dos módulos e produção final.

3 1ª ETAPA: APRESENTAÇÃO DA SITUAÇÃO 1- O aluno deve ser exposto ao problema de comunicação que constitui o projeto coletivo da turma. A produção de um gênero será a tarefa de comunicação oral ou escrita que os alunos deverão realizar; o professor dá indicações sobre quem serão os destinatários, as finalidades, o gênero a ser abordado, o suporte material da produção, etc.

4 2- O aluno tem que conhecer o conteúdo com o gênero com o qual vai trabalhar e saber da sua importância. 3- O aluno terá o primeiro encontro com o gênero leitura ou audição de textos do gênero e organização do mural da classe.

5 2ª ETAPA: A PRIMEIRA PRODUÇÃO 1- A produção inicial pode ser simplificada, somente dirigida à turma ou a um destinatário fictício. 2- A produção inicial: instrumento de avaliação diagnóstica para verificação das capacidades reais dos alunos.

6 3- Início da avaliação formativa: define os pontos em que o professor precisa intervir melhor; permite ao professor adaptar os módulos ou oficinas de maneira mais precisa às capacidades reais dos alunos; determina o percurso que o aluno tem ainda a percorrer.

7 3ª ETAPA: MÓDULOS OU OFICINAS 1- Trabalhar problemas detectados na avaliação diagnóstica. Problemas de níveis diferentes. a) representação da situação de comunicação (contexto de produção); b) pesquisas e leituras para melhorar a falta de conhecimentos sobre o tema;

8 c) atividades para o planejamento do texto: a estrutura mais ou menos convencional do gênero; d) atividades sobre o estilo do gênero em diferentes autores; e) atividades sobre os títulos; f) atividades de observação e de análise de textos;

9 g) tarefas simplificadas de produção de textos; h) análise linguística (ortografia, pontuação, conexão, coesão referencial, coesão verbal, organização sintática, variante linguística, vocabulário...); i) atividades com gêneros orais pertinentes; 2- Análise das atividades realizadas para capitalizar as aquisições: elaboração da “lista de constatações”.

10 4ª ETAPA: A PRODUÇÃO FINAL: culminância da avaliação 1- Possibilita ao aluno pôr em prática as noções e os instrumentos elaborados separadamente nos módulos. 2- Completar a proposta de interação inicial, enviando textos aos destinatários.

11 No planejamento da sequência didática, foi pensado e registrado as expectativas e objetivos de aprendizagem, ou seja, o que espera que os alunos aprendam com a produção desse gênero: CONVITE.

12 Que habilidades e competências esse trabalho permitiria desenvolver? Para isso, foi consultado a proposta curricular da Secretaria Municipal de Anápolis, mais especificamente as orientações curriculares de Alfabetização e Língua Portuguesa. Simultaneamente, estudamos as características do “convite”, gênero a ser trabalhado.

13 Nesse estudo, foi identificando as características gerais desse gênero, suas variações, estrutura composicional típica desse gênero, conteúdo e estilo (Bakhtin, 2003). Depois disso, fizemos uma pesquisa levantando as diferentes possibilidades de escrita de convite, recolhendo uma diversidade de exemplares do gênero, montando um acervo de diferentes tipos de convites.

14 1ª ETAPA: APRESENTAÇÃO DA SITUAÇÃO DIDÁTICA Apresentação da situação aos alunos para orientar a primeira produção. No planejamento, discutimos o projeto de comunicação, tendo por referências as condições de produção do gênero: para quê escrever o convite? Para quem? Como será veiculado? Em que suporte? (manuscrito? digitado?). Qual o conteúdo desse convite? Com isso, pretendemos deixar claro aos alunos que eles farão uma primeira produção, depois uma série de atividades sobre convites, a revisão da primeira produção para se chegar à produção final do convite.

15 2ª ETAPA: PRIMEIRA PRODUÇÃO Após esta primeira atividade inicia-se o trabalho em sala de aula, com perguntas orais mobilizando os conhecimentos prévios dos alunos sobre o gênero a ser produzido e contextualizando o projeto de comunicação. Em seguida, os alunos procederam à primeira produção do convite.

16 De posse das primeiras produções dos alunos, realizou-se uma avaliação diagnóstica dos textos e elaboramos uma grade de "avaliação", seguindo as orientações de Dolz, Decandio e Gagnon (2010).

17 3ª ETAPA: CONSTRUÇÃO DOS MÓDULOS A partir dessa avaliação, elaboramos uma sequência de atividades (módulos), para que os alunos pudessem superar as dificuldades apresentadas na produção inicial. Essas atividades envolveram: leitura de convites, produções coletivas de outras formas convite, atividades de aspectos relacionados à escrita, mas sempre contextualizadas e não de forma isolada.

18 4ª ETAPA: PRODUTO FINAL Após essa etapa, os alunos fizeram a produção final do convite. Etapa que dá ao aluno a possibilidade de colocar em prática os conhecimentos elaborados separadamente nos módulos. Como fase final, partimos para a revisão da produção final pelos próprios alunos, criando uma grade com elementos que os próprios alunos possam avaliar a sua produção. Por exemplo: o convite tem o nome da pessoa a quem se dirige? O convite apresenta todas as informações necessárias para a pessoa que vai receber? Essas informações estão claras? A linguagem está adequada para a compreensão de quem vai ler? As palavras estão escritas corretamente? A pontuação está correta?

19 OBRIGADA!

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33


Carregar ppt "SEQUÊNCIA DIDÁTICA Etapas de uma sequência didática."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google