A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1ª Formação de Professores Coordenadores DER SVI – 2015.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1ª Formação de Professores Coordenadores DER SVI – 2015."— Transcrição da apresentação:

1 1ª Formação de Professores Coordenadores DER SVI – 2015

2 COMO ORGANIZAR A ROTINA SEMANAL DO PROFESSOR COORDENADOR PEDAGÓGICO Fonte: CONSULTADO EM 03/03/2015

3  A rotina pedagógica é uma sequência que visa a organização do tempo escolar e apóia-se na reprodução diária. Contudo, não há rotina fixa predeterminada. Deve ser pensada de acordo com as especificidades e necessidades da Unidade Escolar e do projeto político pedagógico da escola. ROTINA PEDAGÓGICA - CONCEITO

4  O conjunto de compromissos e de saberes dos coordenadores materializa‐se em seu Plano de Formação e na construção de uma rotina a ser vivenciada na escola onde atua. Este Plano deve contemplar explicitação de objetivos de formação, assim como conteúdos a serem trabalhados e deve ainda prever tempos e espaços para cada ação no cotidiano da escola. A construção da rotina de formação e o plano de formação

5 CLASSIFICAÇÃO DAS FUNÇÕES DO COORDENADOR PEDAGÓGICO Retirado do texto: Plano de trabalho do Coordenador pedagógico. Disponível no Blog da 8º CREe.  PREVENTIVA  PREVENTIVA: consiste sempre em procurar a melhoria do processo ensino-aprendizagem.  CONSTRUTIVA  CONSTRUTIVA: de maneira positiva e cooperativa procurar sempre auxiliar o corpo docente a superar suas dificuldades.  CRIATIVA  CRIATIVA: estimular habilidades individuais, buscar novos caminhos, pesquisar e criar novos recursos do ensino. Entre esses conhecimentos, estão as novas tecnologias de informação e comunicação, e/ou as novas mídias, que poderão ser amplamente usadas pelos educadores;

6 CLASSIFICAÇÃO DAS FUNÇÕES DO COORDENADOR PEDAGÓGICO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: TRÊS COMPROMISSOS E UMA ROTINA Luiza Helena da Silva Christov Profa. e pesquisadora do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (Unesp) COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: TRÊS COMPROMISSOS E UMA ROTINA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: TRÊS COMPROMISSOS E UMA ROTINA

7 Plano de Trabalho do Professor Coordenador Pedagógico/2015 Proposta de construção e Portifólio

8 O QUE NÃO PODE FALTAR NA ROTINA DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Por: Maria Aparecida Silveira Coordenadora Pedagógica Regional do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); pós-graduada em metodologia do Ensino Superior.  1. Organização do acervo  Materiais diversos disponíveis na UE além de documentos que devem estar sempre em ordem para serem consultados e servirem para a montagem do acervo e da memória pedagógica da instituição.  2. Planejamento da formação continuada - ATPC  O Professor Coordenador, deverá elaborar e rever periodicamente o Plano de Formação e montar as pautas de cada reunião. Em geral, para essa tarefa, é necessário estudar e pesquisar referências bibliográficas e videográficas.

9 O QUE NÃO PODE FALTAR NA ROTINA DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Por: Maria Aparecida Silveira Coordenadora Pedagógica Regional do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); pós-graduada em metodologia do Ensino Superior.  3. Planejamento e estudo das práticas formativas  Estudar, investigar e planejar práticas formativas, a fim de atingir os objetivos do projeto de formação, são procedimentos que demandam tempo. Para isso, precisará separar os materiais que irá utilizar, aprofundar seus conhecimentos sobre estratégias a serem usadas e o conhecimento didático específico para ajudar os professores a compreenderem melhor o objeto de ensino e a maneira de ensinar.

10 O QUE NÃO PODE FALTAR NA ROTINA DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Por: Maria Aparecida Silveira Coordenadora Pedagógica Regional do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); pós-graduada em metodologia do Ensino Superior. 4. Reunião de Formação /ATPC Espaço de formação continuada 4. Reunião de Formação / ATPC Espaço de formação continuada Tem como objetivo principal construir coletivamente respostas para os problemas pedagógicos enfrentados pelo grupo. Itens importantes a considerar: Estimar o número de ATPCs/ano; Definir temas/assuntos para a formação (sondagem com o grupo docente); Estabelecer cronograma/calendário/agenda; Pesquisar e estudar os assuntos previstos; Produzir as pautas formativas (plano de desenvolvimento do ATPC).

11 O QUE NÃO PODE FALTAR NA ROTINA DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Por: Maria Aparecida Silveira Coordenadora Pedagógica Regional do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); pós-graduada em metodologia do Ensino Superior.  5. Produção de registros  Relatórios das observações de sala de aula e das análises dos planos dos professores precisam ser registrados por escrito, tanto para dar devolutivas quanto para o próprio planejamento do PC. Assim, cabe a ele organizar o portfólio da formação, bem como o de cada professor, pois isso o ajuda no acompanhamento da formação continuada.

12 O QUE NÃO PODE FALTAR NA ROTINA DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Por: Maria Aparecida Silveira Coordenadora Pedagógica Regional do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); pós-graduada em metodologia do Ensino Superior.  6. Observação e acompanhamento do trabalho docente  Consiste em: Assessorar o planejamento, de forma sistemática e coletiva, em consonância com as diretrizes curriculares; Acompanhar o trabalho do professor na sala de aula centrando-se especificamente nos problemas pedagógicos e posteriormente, ter uma reunião individual com o professor para dar devolutivas orais e escritas e, juntos planejarem intervenções para a superação dos problemas. O conteúdo da observação pode também ser usado na formação coletiva, a fim de tratar os pontos que foram evidenciados.

13 O QUE NÃO PODE FALTAR NA ROTINA DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Por: Maria Aparecida Silveira Coordenadora Pedagógica Regional do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); pós-graduada em metodologia do Ensino Superior.  7. Acompanhamento É importante reservar em sua rotina um tempo para avaliar os planos de ensino, projetos e sequência didáticas, planos de aula, atividades, produções e cadernos dos alunos, atividades avaliativas e registros. Deverá estabelecer prazos em que receberá o material e o devolverá com as observações.  8. Reunião e atendimentos diversos Dentre as várias tarefas que o Professor Coordenador desempenha, também será necessário prever em sua agenda semanal um espaço para reuniões com seus pares para alinhamento das ações pedagógicas e atendimento aos pais, alunos e professores.

14 Portifólio A ação da coordenação pedagógica é explicar como fazer uma reflexão crítica da atuação docente, descrevendo, analisando e questionando. Com os registros em mãos, é possível orientar o professor, montar pautas de formação centradas nas necessidades do professor para garantir mais aprendizagem para a turma. "Pastas, arquivos e portfólios podem ganhar vida quando trabalhados de forma crítica", afirma Clézio dos Santos, professor de Geografia do Centro Universitário Fundação Santo André (FSA) e formador de professores em Santo André, na Grande São Paulo.

15 CCCCONSTRUÇÃO DA ROTINA DE TRABALHO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

16  Avance Sempre  “...Se você não conseguir fazer uma coisa grandiosa hoje, faça alguma coisa pequena. Pequenos riachos acabam convertendo-se em grandes rios...” Autor desconhecido


Carregar ppt "1ª Formação de Professores Coordenadores DER SVI – 2015."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google