A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Percepção e Tomada de Decisão Primeiro arbitro: Pode ser falta ou pode ser pênalti, e digo o que realmente é. Segundo árbitro: Pode ser falta ou pênalti,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Percepção e Tomada de Decisão Primeiro arbitro: Pode ser falta ou pode ser pênalti, e digo o que realmente é. Segundo árbitro: Pode ser falta ou pênalti,"— Transcrição da apresentação:

1 Percepção e Tomada de Decisão Primeiro arbitro: Pode ser falta ou pode ser pênalti, e digo o que realmente é. Segundo árbitro: Pode ser falta ou pênalti, e digo o que vejo que é. Terceiro árbitro: Pode ser falta ou pênalti, mas não é nada até que eu diga o que é. H. Cantril

2 Percepção e Tomada de Decisão O QUE É PERCEPÇÃO E POR QUE ELA É IMPORTANTE? A percepção pode ser definida como o processo pelo qual os indivíduos organizam e interpretam suas impressões sensoriais, com a finalidade de dar sentido ao seu ambiente. Entretanto, o que uma pessoa percebe pode ser substancialmente diferente da realidade objetiva.

3 Percepção e Tomada de Decisão Porque a percepção é importante para o estudo do comportamento organizacional? Simplesmente porque o comportamento das pessoas baseia-se na sua percepção da realidade, e não da realidade em si. O MUNDO COMO É PERCEBIDO É O MUNDO IMPORTANTE PARA O COMPORTAMENTO.

4 Percepção e Tomada de Decisão FATORES QUE INFLUENCIAM A PERCEPÇÃO Como podemos explicar o fato de as pessoas olharem para uma mesma coisa e cada uma a perceber de maneira diferente? Uma série de fatores operam para moldar e, por vezes distorcer a percepção. Esses fatores podem estar no OBSERVADOR, no contexto da situação na qual se dá a percepção.

5 Percepção e Tomada de Decisão FATORES NO OBSERVADOR:- Atitudes Motivações Interesses Experiência Expectativas

6 Percepção e Tomada de Decisão FATORES NA SITUAÇÃO:- Momento Ambiente de trabalho Ambiente social

7 Percepção e Tomada de Decisão FATORES NO ALVO:- Novidade Movimento Sons Tamanho Cenário Proximidade

8 Percepção e Tomada de Decisão SITUAÇÃO:- é o contexto dentro do qual percebemos os objetos ou eventos e é muito importante. Os elementos que fazem parte do ambiente influenciam nossa percepção.

9 Percepção e Tomada de Decisão PERCEPÇÃO DA PESSOA:- fazendo julgamentos sobre os outros – nossa percepção e julgamento das ações de um indivíduo, serão significativamente influenciados pelas suposições que fazemos sobre o estado de espírito dele.

10 Percepção e Tomada de Decisão TEORIA DA ATRIBUIÇÃO – é uma proposta de explicar a forma como julgamos diferentemente as pessoas, dependendo do sentido que atribuímos a um dado comportamento. Quando observamos o comportamento de alguém, tentamos determinar se sua causa é interna ou externa.

11 Percepção e Tomada de Decisão Essa determinação depende de três fatores:- Diferenciação – se refere à questão de o indivíduo mostrar ou não comportamentos diferentes em situações diversas. Consenso – conseqüência dos atos Coerência – a pessoa reage sempre da mesma forma

12 Percepção e Tomada de Decisão Os comportamentos de causas internas são aqueles vistos sob o controle do indivíduo. O comportamento de causas externas é aquele visto como resultantes de estímulos de fora, ou seja, a pessoa é vista como se tivesse sido forçada àquele comportamento pela situação.

13 Percepção e Tomada de Decisão APLICAÇÕES ESPECÍFICAS NAS ORGANIZAÇÕES – As pessoas dentro das organizações estão sempre julgando umas as outras. Os administradores precisam avaliar o desempenho de seus subordinados. Julgamos o quanto nossos colegas se dedicam ao trabalho deles. Quando um novo membro entra para a equipe, ele é imediatamente rotulado pelos demais.

14 Percepção e Tomada de Decisão ENTREVISTA DE SELEÇÃO – o elemento principal para definir quem entra ou quem é rejeitado em uma organização é a entrevista de seleção de candidatos. As evidências indicam que os entrevistadores fazem julgamentos de percepção freqüentemente errôneos. Além disso quase não há concordância entre os entrevistadores, ou seja, entrevistadores diferentes vêem coisas diferentes em um mesmo candidato, chegando a conclusões diversas sobre ele.

15 Percepção e Tomada de Decisão Os entrevistadores costumam criar impressões antecipadas, que se tornam rapidamente resistentes. Se a entrevista for um aspecto importante para a contratação e geralmente é, será preciso reconhecer que os fatores de percepção influenciam esse processo e, no final, a qualidade da força de trabalho de uma organização

16 Percepção e Tomada de Decisão A LIGAÇÃO ENTRE A PERCEPÇÃO E A TOMADA DE DECISÕES – nas organizações, os indivíduos tomam decisões, isto é, escolhem entre duas ou mais alternativa. A tomada de decisão ocorre em reação a um problema, isto é, existe uma discrepância entre o estado atual das coisas e o estado desejável, exigindo a consideração de cursos de ação alternativos.

17 Percepção e Tomada de Decisão COMO DEVEM SER TOMADAS AS DECISÕES – através do processo racional de tomada de decisão.

18 Percepção e Tomada de Decisão ETAPAS DO MODELO RACIONAL DE TOMADA DE DECISÕES- Definir o problema Identificar os critérios para a decisão Dar pesos específicos a esses critérios Desenvolver alternativas Avaliar as alternativas Escolher a melhor alternativa.

19 Percepção e Tomada de Decisão PREMISSAS DO MODELO DE TOMADA DE DECISÕES:- clareza do problema – o tomador de decisões deve ter todas as informações em relação à situação da decisão. Conhecimento das opções – o tomador de decisões deve identificar todos os critérios relevantes e listar todas as alternativas viáveis.

20 Percepção e Tomada de Decisão Clareza das preferências – a racionalidade assume que os critérios e alternativas devem ser classificados e ponderados para refletir sua importância relativa. Preferências constantes – assume-se que os critérios específicos de decisão são constantes, e que os pesos atribuídos a eles são estáveis no correr do tempo.

21 Percepção e Tomada de Decisão Ausência de limitação de tempo e custos – o tomador de decisões racional pode obter todas as informações sobre critérios e alternativas, porque assume-se não haver quaisquer limitações de tempo ou custos. Retorno máximo – o tomador de decisões racional irá escolher a alternativa que resulte no máximo valor percebido.

22 Percepção e Tomada de Decisão Segundo W.Brian Arthur, tomar uma decisão torna-se, portanto menos um processo de decidir do que permitir que uma sabedoria interna venha à tona. As pesquisas mais recentes sobre cognição revelam que é raro nossas mentes fazerem deduções estritamente lógicas. Em vez disso, baseamo-nos em padrões e nas sensações associadas a eles. Assim para grandes decisões como: Devo me casar com esta pessoa? Devo seguir esta carreira? Devo vender minha empresa?,

23 Percepção e Tomada de Decisão é preciso deixar que os padrões se desenvolvam em sua cabeça. Deixe que pistas e evidências surjam de seu ambiente. Esta abordagem para um processo decisório requer tempo, paciência e um outro ingrediente básico: coragem, É preciso ter coragem para ouvir sua sabedoria intima. Então, quando você consegue ouvi-la, tomar uma decisão fica muito mais fácil.

24 Percepção e Tomada de Decisão COMO FICA A ÉTICA NO PROCESSO DECISÓRIO – as considerações éticas devem ser um critério importante na orientação do processo decisório de uma organização.

25 Percepção e Tomada de Decisão TRES CRITÉRIOS ÉTICOS PARA O PROCESSO DECISÓRIOS:- meta do utilitarismo – é proporcionar o melhor para o maior número. Esta tende a ser a visão dominante no mundo dos negócios. Direitos – leva os indivíduos a tomar decisões coerentes com os direitos e liberdades fundamentais dos cidadãos, de acordo com o que prescrevem documentos como a Constituição do País.

26 Percepção e Tomada de Decisão Justiça – exige que os indivíduos estabeleçam e apóiem regras justas e imparciais, de maneira que exista uma distribuição eqüitativa de custos e benefícios.

27 Percepção e Tomada de Decisão Cada um desses critérios tem suas vantagens e responsabilidades. O enfoque no utilitarismo pode promover a eficiência e a produtividade, mas pode resultar, também, no desrespeito aos direitos de alguns indivíduos, especialmente aqueles pertencentes às minorias dentro das organizações. O uso dos direitos protege os indivíduos de atos ilegais e é coerente com a liberdade e a privacidade, mas pode acarretar uma sobrecarga de questões legais, sob risco de prejudicar a eficiência e a produtividade.

28 Percepção e Tomada de Decisão O enfoque na justiça protege os interesses menos poderosos e sub- representados, mas pode estimular um espírito de acomodação que reduz a propensão aos riscos, à inovação e à produtividade.

29 Percepção e Tomada de Decisão ÉTICA E CULTURA NACIONAL – o que é entendido como uma decisão ética na China pode não ser no Canadá. O motivo disso é que não existem padrões éticos globais. A comparação entre Ásia e Ocidente ilustra esta questão. Como as propinas são comuns em países como a China, um canadense que trabalha lá poderá enfrentar o dilema: devo pagar propina para assegurar um negócio, já que é uma prática aceita pela cultura local? E como lidar com conseqüências ainda piores?

30 Percepção e Tomada de Decisão Uma executiva de uma grande empresa norte-americana na China flagrou um funcionário roubando. De acordo com a política da empresa, ela o demitiu e o entregou às autoridades chinesas. Mais tarde, ela soube, horrorizada, que o funcionário havia sido sumariamente executado.

31 Percepção e Tomada de Decisão Embora os padrões éticos pareçam um tanto ambíguos no Ocidente, as critérios que definem o certo e o errado são na verdade muitos mais claros do que na Ásia. Poucas questões são brancas ou pretas lá; a maioria é cinza. A necessidade de as organizações globais estabelecerem princípios éticos para os tomadores de decisão em países como a Índia e a China e adapta-los para refletir as normas culturais locais pode ser crítica quando se pretende sustentar altos padrões e conseguir práticas consistentes.

32 Percepção e Tomada de Decisão PESSOAS ÉTICAS. NÃO FAZEM COISAS ANTIÉTICAS – esta afirmação é quase verdadeira. As pessoas que têm altos padrões éticos estão menos propensas a se envolver em práticas antiéticas, mesmo em organizações ou situações em que haja uma grande pressão para isso.

33 Percepção e Tomada de Decisão A questão essencial nessa afirmação é determinar se o comportamento ético é uma função mais do indivíduo ou do contexto situacional. As evidências sugerem que as pessoas com altos princípios éticos vão ser fiéis a eles, apesar das atitudes dos outros ou da orientação das normas da organização em sentido contrário.

34 Percepção e Tomada de decisão Mas quando o desenvolvimento moral e ético de um indivíduo não possui um padrão muito elevado, ele pode ser mais facilmente influenciado por uma cultura forte. Isto é verdade, mesmo quando essa cultura estimula práticas questionáveis.

35 Percepção e Tomada de Decisão Como as pessoas éticas evitam basicamente as práticas antiéticas, os executivos devem ser encorajados a identificar os padrões éticos dos candidatos a emprego ( por meio de testes e exame do histórico de vida ). Buscando contratar pessoas íntegras e com fortes princípios éticos, a organização aumenta a probabilidade de que seus funcionários ajam sempre dessa forma.

36 Percepção e Tomada de Decisão Evidentemente, as práticas antiéticas também podem ser desencorajadas por um clima de trabalho propício. Este deve incluir uma descrição clara de tarefas, um código de ética formalmente redigido, modelos positivos de gerenciamento, avaliação e recompensa tanto dos meios como dos fins e uma cultura que estimule as pessoas a desafiar abertamente quaisquer práticas questionáveis.


Carregar ppt "Percepção e Tomada de Decisão Primeiro arbitro: Pode ser falta ou pode ser pênalti, e digo o que realmente é. Segundo árbitro: Pode ser falta ou pênalti,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google