A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Aula 01 - Visão geral dos sistemas de produção Evolução histórica e importância estratégica Osvaldo Pinheiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Aula 01 - Visão geral dos sistemas de produção Evolução histórica e importância estratégica Osvaldo Pinheiro."— Transcrição da apresentação:

1 1 Aula 01 - Visão geral dos sistemas de produção Evolução histórica e importância estratégica Osvaldo Pinheiro

2 Ricardo Takahashi Temas a serem abordados Introdução Funções básicas e funções de apoio Classificação de sistemas de produção

3 Ricardo Takahashi Introdução A administração da produção não se restringe apenas a atividade produtiva (fábricas, linhas de montagem, máquinas, etc). Grande parte dos conceitos e técnicas de planejamento, programação e controle da produção veio das aplicações em fábricas. A aplicação destes conceitos e técnicas foi estendida para o setor de serviços, trazendo grandes benefícios para a atividade. Ex. restaurantes, bancos, seguradoras, escolas, hotéis, transportadoras, locadoras de veículos,etc

4 Ricardo Takahashi Introdução Ex. fábrica de automóveis Objetivo: montar veículos com componentes comprados ou produzidos e disponibilizá-los aos clientes Atividades: produzir e montar componentes e veículos, prever demanda, elaborar sequência produtiva, planejar e acompanhar estoques de componentes e produto final, planejar e administrar necessidade de recursos produtivos, realizar manutenção dos equipamentos e instalações, garantir qualidade, etc.

5 Ricardo Takahashi Introdução Ex. Restaurantes Objetivo: atender de forma rápida e padronizada às necessidades alimentares dos clientes Atividades: produzir alimentos, prever demanda por alimentação, elaborar sequência viável de fabricação, planejar e acompanhar estoques de alimentos e materiais complementares, dimensionar necessidade de equipamentos e mão de obra, realizar manutenção dos equipamentos e instalações, etc

6 Ricardo Takahashi Os sistemas produtivos exercem diversas funções operacionais, que vão desde o projeto dos produtos/serviços até controle de estoque, recrutamento de empregados, gestão de recursos financeiros, distribuição de produtos, etc. Funções básicas: Produção, Comercial e Administração/Finanças Funções de apoio: Engenharia, Suprimentos, Recursos Humanos, Pós-Vendas, Logística, etc Funções Básicas e Funções de Apoio

7 Ricardo Takahashi Funções básicas Comercial Adm / Finanças Produção Sistemas de produção ProduçãoComercialAdm/Finanças Visão ConvencionalVisão Atual

8 Ricardo Takahashi Funções básicas e funções de apoio Visão ConvencionalVisão Atual Comercial Adm / Finanças Produção Engenharia Recursos Humanos Compras Desenv. Produto Comercial Adm / Finanças Produção Engenharia Recursos Humanos Compras Desenv. Produto

9 Ricardo Takahashi Produção: consiste em adicionar valor aos bens ou serviços durante o processo de transformação. A função produção é o centro dos sistemas produtivos, sendo responsável por gerar os bens ou serviços comercializados pelas empresas Funções Básicas InsumosSaídasConversão

10 Ricardo Takahashi Exemplos: Funções Básicas

11 Ricardo Takahashi Comercial: encarregada de vender e promover os bens e serviços produzidos por uma empresa. Também fazem parte de sua atividade, realizar contato com clientes, sentir o mercado, abastecer a produção com informações sobre a demanda e buscar informações sobre potenciais necessidades dos clientes. Funções Básicas SaídasMercado Comercial

12 Ricardo Takahashi Funções Básicas Exemplos:

13 Ricardo Takahashi Administração / Finanças: encarregada de administrar os recursos financeiros da empresa e alocá-los onde forem necessários, acompanhar receitas e despesas, providenciar orçamentação e provisão de fundos para atender este orçamento Funções Básicas

14 Ricardo Takahashi O papel da função produção dentro das organizações Segundo estudo elaborado pela Universidade de Harvard, o papel estratégico e a contribuição da função produção podem ser demonstrados no Modelo de Quatro Estágios.

15 Ricardo Takahashi O papel da função produção dentro das organizações Estágio 1 - Neutralidade Interna: É o nível mais fraco da contribuição da função produção. Sua postura é apenas de reação as mudanças dos ambientes interno e externo. Tem pouco a contribuir para o sucesso competitivo. Estágio 2 - Neutralidade Externa: Apesar de não ser pró-ativa, neste estágio a função produção começa a ser comparada com outras empresas e passa a adotar a melhor prática do mercado. Seguindo este conceito, passa a ser externamente neutra.

16 Ricardo Takahashi O papel da função produção dentro das organizações Estágio 3 - Apoio Interno: A função produção atua de modo a garantir a implementação da estratégia da empresa, organiza e desenvolve os recursos de produção para superar as deficiências da empresa. Estágio 4 - Apoio Externo: Neste estágio, a função produção organiza seus recursos de maneira inovadora e é capaz de adaptar-se conforme as mudanças de mercado. Está sempre a frente dos concorrentes na maneira de organizar suas operações.

17 Ricardo Takahashi O papel da função produção dentro das organizações Neutralidade Interna Apoio Externo Apoio Interno Neutralidade Externa Estágio 1 Estágio 2 Estágio 3 Estágio 4 Parar de cometer erros Estar entre as melhores Ser claramente o melhor Obter vantagem de produção Aspiração da função produção

18 Ricardo Takahashi Objetivos de desempenho da função produção Para qualquer organização que deseja ser bem-sucedida a longo prazo, a contribuição da função produção é vital. Isto é possível através de 05 objetivos de desempenho:

19 Ricardo Takahashi Objetivos de desempenho da função produção Objetivo Qualidade: significa fazer certo as coisas. Qualidade exerce grande influência sobre a satisfação do consumidor. Qualidade reduz custos. Quanto menos erros em cada microoperação, menos tempo será necessário para correção.

20 Ricardo Takahashi Objetivos de desempenho da função produção Objetivo Rapidez: significa quanto tempo os consumidores precisam aguardar para receber seus bens ou serviços. Rapidez significa disponibilidade de bens. Rapidez proporciona redução de estoques.

21 Ricardo Takahashi Objetivos de desempenho da função produção Objetivo Confiabilidade: significa fazer as coisas em tempo para os consumidores receberem seus bens ou serviços conforme prometido. Confiabilidade economiza tempo e dinheiro.

22 Ricardo Takahashi Objetivos de desempenho da função produção Objetivo Flexibilidade: significa ser capaz de mudar a operação de alguma forma. As operações precisam estar em condições de mudar para satisfazer as exigências de seus consumidores. Flexibilidade pode ser de produto, de mix, volume ou tempo. Flexibilidade agiliza resposta e mantém confiabilidade.

23 Ricardo Takahashi Objetivos de desempenho da função produção Objetivo Custo: é o último objetivo a ser coberto. Custos menores permitem preços mais competitivos ou margens de lucros maiores. Custo envolve mão de obra, matéria prima, instalações e processos. Custo é afetado pelos demais objetivos de desempenho.

24 Ricardo Takahashi Responsabilidades diretas da administração da produção A natureza exata das responsabilidades diretas da administração da produção dependerá, em alguma extensão, da forma escolhida pela organização para definir a função produção. Porém, existem atividades que se aplicam a todos os tipos de produção. São elas:

25 Ricardo Takahashi Entender o objetivo estratégico da produção: implica no desenvolvimento de um visão clara do papel da exercido pela produção e na definição de como irá contribuir para atingir os objetivos ; Responsabilidades diretas da administração da produção Desenvolver uma estratégia de produção: criar um conjunto de princípios gerais que possam orientar a tomada de decisão em direção aos objetivos da empresa e vinculá-los às necessidades dos consumidores e ao comportamento dos concorrentes;

26 Ricardo Takahashi Desenhar produtos, processos e serviços de produção: servirão de base para suas outras atividades (arranjos físicos, fluxos de materiais e informações, etc); Responsabilidades diretas da administração da produção Planejar e controlar a produção: decidir sobre o melhor emprego dos recursos de produção, assegurando a execução do que foi previsto;

27 Ricardo Takahashi Melhorar o desempenho da produção: não basta apenas planejar e controlar as atividades produtivas. É necessário trabalhar de forma a melhorar sempre o desempenho, visando a satisfação dos consumidores e a superação dos concorrentes; Responsabilidades diretas da administração da produção

28 Ricardo Takahashi A classificação dos sistemas de produção tem por finalidade facilitar o entendimento das características inerentes a cada sistemas de produção e sua relação com a complexidade das atividades de planejamento e controle desses sistemas. Tipos de classificação: – Classificação pelo grau de padronização dos produtos – Classificação pelo tipo de operação que sofrem os produtos – Classificação pela natureza do produto Classificação dos sistemas de produção

29 Ricardo Takahashi Segundo a ótica do grau de padronização dos produtos fabricados pelos sistemas produtivos, pode-se classificá-los em : · sistemas que produzem produtos padronizados · sistemas que produzem produtos sob medida. Classificação pelo grau de padronização dos produtos Produtos padronizados são bens ou serviços que apresentam alto grau de uniformidade, produzidos em grande escala, seus sistemas produtivos podem ser organizados de forma a padronizar mais facilmente os recursos produtivos (máquinas, homens e materiais) e os métodos de trabalho e controles. Ex.: linha branca, combustíveis, automóveis, fast foods, bancos, linhas aéreas

30 Ricardo Takahashi Classificação pelo grau de padronização dos produtos Produtos sob medida são bens ou serviços desenvolvidos para um cliente específico. Não são produzidos para estoque e os lotes normalmente são unitários. Grande dificuldade em padronizar métodos de trabalho e recursos produtivos, gerando produtos com custo mais elevado. Ex.: fabricação de máquinas/ferramentais, construção civil, alta costura, projetos arquitetônicos, clínicas médicas

31 Ricardo Takahashi Os sistemas de produção podem ser classificados, segundo seu tipo de operação, em dois grupos: · processos contínuos · processos discretos Classificação pelo tipo de operação

32 Ricardo Takahashi Classificação pelo tipo de operação Processos contínuos envolvem a produção de bens ou serviços que não pode ser identificados individualmente. São empregados quando existe alto grau de uniformidade na produção e demanda de bens ou serviços. Produtos e processos produtivos são totalmente interdependentes, favorecendo a automatização. Normalmente, são necessários altos investimentos em equipamentos e instalações. Ex.: energia elétrica, petróleo, produtos químicos, serviços de aquecimento e ar condicionado.

33 Ricardo Takahashi Processos discretos envolvem a produção de bens ou serviços que podem ser isolados, em lotes ou unidades, cada lote ou produto podendo ser identificado individualmente em relação aos demais. São divididos em: ·processos repetitivos em massa ·processos repetitivos em lote ·processos por projeto Classificação pelo tipo de operação

34 Ricardo Takahashi Classificação pelo tipo de operação Processos repetitivos em massa são empregados na produção em larga escala de produtos altamente padronizados. Com demanda relativamente estável, faz com que seus projetos tenham pouca alteração no curto prazo e possibilita a montagem de uma estrutura produtiva altamente especializada, porém menos flexível. Ex.: automóveis, linha branca, beneficiamento de animais, transportes aéreo.

35 Ricardo Takahashi Classificação pelo tipo de operação Processos repetitivos em lote caracterizam-se pela produção de um volume médio de bens ou serviços padronizados em lotes. Cada lote segue uma série de operações que necessita ser programada à medida que as operações anteriores forem realizadas. Relativamente flexível e com equipamentos pouco especializados. Ex.: produtos têxteis em pequena escala, alimentos industrializados, oficinas mecânicas, laboratórios, restaurantes.

36 Ricardo Takahashi Classificação pelo tipo de operação Processos por projeto tem como finalidade o atendimento de uma necessidade específica dos clientes, com todas suas atividades voltadas para essa meta. O produto tem uma data específica para ser concluído, e uma vez concluído, o sistema produtivo se volta para um novo projeto. Os produtos são concebidos em uma estreita ligação com os clientes, de modo que suas especificações impõem uma organização dedicada ao projeto. Ex.: fabricação de bens como navios, usinas hidrelétricas e prestação de serviços como agências de propaganda, escritórios de arquitetura, consultorias, etc.

37 Ricardo Takahashi Classificação pelo tipo de operação

38 Ricardo Takahashi Os sistemas de produção podem estar voltados para a geração de bens ou serviços: - quando o produto fabricado é algo tangível, diz-se que o sistema de produção é uma manufatura de bens; - quando o produto é intangível, diz-se que o sistema de produção é um prestador de serviços Classificação pela natureza do produto

39 Ricardo Takahashi Classificação pela natureza do produto Apesar da produção de bens e serviços serem bastante similares sob o aspecto de transformar insumos em saídas, existem grandes diferenças em como estas atividades são executadas: ·Orientação do produto: os serviços são experiências vividas pelos clientes enquanto que os bens podem ser possuídos pelos clientes. Em conseqüência, os serviços não podem ser previamente executados e estocados como os bens. É necessário a presença do cliente para ocorrer a ação, pois a produção e o consumo ocorrem simultaneamente; ·Contato com o cliente: os serviços envolvem maior contato como cliente, enquanto que a manufatura de bens separa claramente a produção do consumo;

40 Ricardo Takahashi Classificação pela natureza do produto ·Uniformidade dos fatores produtivos: os serviços estão sujeitos a maior variabilidade de entrada do que a manufatura de bens, em que as matérias primas são padronizadas. Nesse sentido, o processo produtivo na prestação de serviços também é variável e pouco propenso a automação, tornando sua gestão mais complexa. ·Avaliação do sistema: devido a complexidade dos sistemas produtivos na prestação de serviços, sua avaliação também é mais complexa. A subjetividade pode influir na decisão dos clientes;

41 Ricardo Takahashi Classificação pela natureza do produto ·Transportabilidade: bens podem ser transportados, serviços não; ·Simultaneidade: outra principal distinção entre bens e serviços diz respeito ao timing da sua produção. Os bens são quase sempre produzidos antes do consumidor recebê-los. Entretanto, os serviços são freqüentemente produzidos simultaneamente com seu consumo; Exercício: em duplas, classificar os sistemas de produção segundo grau de padronização, tipo de operação e natureza do produto

42 Ricardo Takahashi Operações de produção são similares entre si na forma de transformar recursos de input em output de bens e serviços. Porém, existem diferenças que trazem implicações importantes. Existem quatro medidas usadas para distinguir operações de produção: – Volume de output – Variedade de output – Variação da demanda do output – Visibilidade de output Tipos de operações de produção

43 Ricardo Takahashi Volume de output: quantidade de volumes de output caracterizam uma operação quanto a: · especialização de tarefas · grau de repetição · sistematização do trabalho · intensidade de capital na operação · custos unitários do bem ou serviço Tipos de operações de produção

44 Ricardo Takahashi Variedade de output: a variedade de volumes de output caracterizam uma operação quanto a: · índice de flexibilidade · complexidade · custo unitário do bem ou serviço · atendimento as necessidades dos clientes Tipos de operações de produção

45 Ricardo Takahashi Variação de demanda do output: a variação de demanda caracteriza uma operação quanto a: · capacidade de mudança · flexibilidade · custo unitário do bem ou serviço · acuracidade de previsões Tipos de operações de produção

46 Ricardo Takahashi Visibilidade de output: a intensidade do contato com o consumidor caracteriza a operação quanto a: · necessidade de habilidade no contato pessoal · satisfação definida pela percepção do consumidor · custo unitário do bem ou serviço · alta variedade Tipos de operações de produção


Carregar ppt "1 Aula 01 - Visão geral dos sistemas de produção Evolução histórica e importância estratégica Osvaldo Pinheiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google