A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PREÂMBULO 24 alunons de UMA turme de 10º Anoa (16 anos) forma question ados sobre as suas dificuldades, não só na leitura de um texto em Inglês, mas também.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PREÂMBULO 24 alunons de UMA turme de 10º Anoa (16 anos) forma question ados sobre as suas dificuldades, não só na leitura de um texto em Inglês, mas também."— Transcrição da apresentação:

1 PREÂMBULO 24 alunons de UMA turme de 10º Anoa (16 anos) forma question ados sobre as suas dificuldades, não só na leitura de um texto em Inglês, mas também na sua compreensão. À pergunta Porque é que não conseguem compreender um texto em Inglês? «Porque é que não conseguem compreender um texto em Inglês?» 2/3 da turma confessaram que, apesar de terem estudado Inglês durante 4 anos, com uma média de 3 horas por semana, tinham a sensação que as suas lacunas em termos de vocabulário eram tão grandes que lhes era impossível estabelecer ligações entre palavras, para delas extrairem o devido sentido, apesar de reconhecerem alguns vocábulos explorados em anos anteriores. De seguida, à pergunta «Já vos aconteceu não compreenderem um texto em Francês?» 1/3 da turma respondeu que lhes tinha acontecido fazerem interpretações erróneas ou obterem sentidos paradoxais com vocábulos na sua actividade de leitura, ainda que o vocabulário Francês não se constituisse como a origem do problema. Chegámos à conclusão de que a dificuldade de compreensão na leitura não residia exclusivamente na falta de vocabulário mas, sem dúvida, na ausência de método para abordar o processo em termos globais.

2 COMPREENSÃO ESCRITA Compreender um texto em Inglês. Para a construção de sentido, aprendamos a desconstruir o texto. Da leitura analítica à leitura com prazer.

3 OS OBSTÁCULOS À COMPREENSÃO DE UM TEXTO As dificuldades em se concentrar durante a leitura, para conseguir uma « atenção para a compreensão ». O défice de vocabulário. O desconhecimento do universo de referência. A ausência de métodos para a apreensão de um texto. O desconhecimento da estrutura narrativa e da tipologia do texto. As dificuldades em identificar os encadeamentos lógicos e cronológicos (linking-words). A dificuldade em inferir, deduzir e enunciar hipóteses.

4 Objectivo : Permitir ao aluno a compreensão do seu próprio funcionamento e das estratégias que utiliza para poder compreender um texto. QUESTIONÁRIO destinado ao aluno

5 Quais os elementos que me podem ajudar a compreender um texto em Inglês? a. As ilustrações b. O título c. Um auxiliar lexical d. Actividades de pré-leitura («brainstorming») sobre o tema, o autor, etc.

6 Para abordar a leitura de um texto, eu prefiro: a. Ler em silêncio b. Ler em voz alta c. Que o professor leia o texto

7 O que me parece mais difícil quando abordo um texto desconhecido? a. O vocabulário b. A gramática c. A sintaxe d. A falta de conhecimentos sobre o assunto

8 1ª leitura 2 ª leitura O que faço diante de um texto Inglês desconhecido? a. Faço uma lista de palavras que conheço b. Faço uma lista de palavras desconhecidas c. Faço uma lista das palavras que me parecem importantes d. Ignoro as palavras/frases que não compreendo

9 De que forma leio? a. Lentamente, tentando compreender todas as frases. b. Rapidamente, dando apenas importância aos acontecimentos principais que eu compreendo, e/ou às palavras que eu reconheço. c. Registando algumas notas ou sublinhando as frases importantes.

10 O que significam para mim as «palavras importantes» do texto? a. Gramática (verbos,…) b. Palavras que me ajudam a compreender o texto c. Palavras desconhecidas d. Não consigo reconhecê-las

11 COMO ABORDAR A LEITURA O modo de ler depende das razões que levam o leitor a ler. As técnicas de leitura mudarão, assim, de acordo com o objectivo visado. A questão essencial consiste em alertar e consciencializar o aluno para a existência de diferentes técnicas para abordar um texto e o compreender, partindo de algo que já conhece.

12 As diferentes técnicas skimming» Leitura visando uma compreensão global (origem do documento, tema : «skimming» passando pelo título – trabalho de antecipação de hipóteses e deduções); search reading»); Procura de informação («search reading»); scanning» Listagem de elementos precisos («scanning»); responsive reading» Leitura visando a descoberta da mensagem transmitida pelo autor («responsive reading»).

13 PRÉ-REQUISITOS PARA LER DE FORMA AUTÓNOMA - Competências do Ser - Instrumentos para resolução de problemas - Ter conhecimentos

14 Competências do Ser Devo ser capaz de me concentrar. Devo confiar em mim e aceitar ler, mesmo que não conheça todas as palavras. Aceito seguir os conselhos metodológicos fornecidos.

15 Instrumentos para resolução de problemas Devo ser capaz de: - antecipar ideias a partir de um título, de um primeiro parágrafo, de uma ilustração… - fazer uma listagem das frases ou palavras-chave; - destacar as ideias principais; - dividir as frases em unidades de sentido; - relacionar diferentes elementos informativos; - identificar relações lógicas; - Aperceber-se da formação de palavras e de processos de derivação; - utilizar o dicionário; - analisar o comportamento das personagens; - compreender informação implícita.

16 Tiro partido dos meus conhecimentos a nível lexical e gramatical: Ter conhecimentos - Tempos e conjugações - Conjunções - Pronomes pessoais - Adjectivos possessivos - Preposições - Nomes e adjectivos compostos, etc…

17 Servem para incutir confiança ao aluno, antes de se abordar um texto que ele não conhece e permitem-lhe mobilizar o léxico que ele conhece para abordar o desconhecido. Exemplos : - trabalho sobre o título ou o para-texto (elementos não-linguísticos: ilustrações, fonte…); - trabalho a propósito de uma palavra que ilustre um tema («brainstorming» e/ou um esquema heurístico); Este trabalho, dito «de anticipação», ajudará os alunos a formularem as mais variadas hipóteses, em questões do tipo: «Na vossa opinião, de que trata o texto?» ACTIVIDADES DE PRÉ-LEITURA

18 ESQUEMA HEURÍSTICO (em Francês)

19 todas as palavras Antes de se iniciar a leitura, convencer os alunos de que não é necessário compreender todas as palavras de um texto para apreender o seu sentido, mas que podem adivinhar algumas destas palavras a partir do contexto e pelo estabelecimento de relações de sentido. A COMPREENSÃO GLOBAL

20 TempoTempo: informação sobre : - a época - o espaço temporal LugarLugar: O(s) lugar(es) mencionado(s) no texto As personagensAs personagens : - nome(s) da(s) personagem(ens) principal(ais) - nome(s) da(s) personagem (ens) secundária(s) A recolha de é um princípio básico na abordagem de textos. A recolha de informações essenciais é um princípio básico na abordagem de textos. FICHA DE COMPREENSÃO

21 READING COMPREHENSION Look and anticipate : -Look at the picture : what do you see ? -What is the title of the text ? -How many paragraphs are there ? -What may the text talk about ? Read and select information : a.Read the text : what kind of document is it ? Justify your answer An extract from a novel – an newspaper article – an extract from a play b. Fill in the grid below WHOWHAT WHERE WHEN

22 O bilhete de identidade da personagem principal Nome: Apelido: Idade: Profissão: Descrição física: Retrato psicológico: Outros aspectos: COMPREENSÃO DETALHADA

23 Parágrafos Lugares Personagens Quem? O que fazem? O que sentem? Acontecimentos Compreensão detalhada

24 Quem conta a história? -Nome / papel desempenhado na história / relações com as outras personagens descritas. A NARRAÇÃO Quem vê o que acontece? Quais são as técnicas narrativas? - Narração na 1ª ou na 3 ª pessoa - Discurso directo ou indirecto - Monólogo interior

25 TRABALHO SOBRE O LÉXICO Decomposição do vocábulo (identificação de um radical comum), nas palavras desconhecidas; Trabalho sobre a derivação e a composição de palavras; Dedução do sentido das palavras desconhecidas através de indícios dados pelo contexto. Identificação das palavras «transparentes»;

26 Palavra desconhecida Índice gramatical Contexto (palavra anterior /seguinte) Categoria gramatical da palavra desconhecida Composição da palavra Prefixo Radical Sufixo Hipótese sobre o sentido da palavra Verificação no dicionário «Starving»Ing (verbo- nome- adjectivo)? «Our» (p) «Poor country» adjectivo«starve»affamé Quadro de ajuda ao trabalho lexical

27 Parágrafos Registo de pormenores Listagem de frases ou palavras-chave Enunciação da ideia principal pelas suas próprias palavras COMPREENSÃO DETALHADA

28 Frase-chave do texto que apresenta o assunto ELEMENTO DE LIGAIÇÃO ARGUMENTO EXEMPLIFICATIVO ELEMENTO DE LIGAÇÃO ARGUMENTO EXEMPLIFICATIVO ELEMENTO DE LIGAÇÃO ARGUMENTO EXEMPLIFICATIVO ELEMENTO DE LIGAÇÃO ARGUMENTO EXEMPLIFICATIVO Este organigrama permite que o aluno tome consciência da forma como se organiza um texto (por exemplo: artigos de jornal, ensaios…) Apresentação esquemática do texto

29 O aluno terá aprendido a: -Trabalhar a partir de competências suas conhecidas da língua materna. -Apoiar-se em indícios para-textuais para conseguir identificar a natureza do documento e formular as hipóteses pertinentes. -Identificar os elementos significativos (sintácticos, morfológicos, lexicais e culturais) que lhe permitam a reconstrução do sentido do texto. -Deduzir o sentido de vocábulos desconhecidos a partir de elementos que já são do seu conhecimento. -Apoiar-se em indícios extra- linguísticos. - Segmentar o texto para identificar as ideias-chave e as relações lógicas no seu interior. -Relacionar elementos informativos. -Obter uma informação expressa de forma explícita ou implícita e saber interpretá-la. CONCLUSÃO

30 Após a entrega do questionário aos alunos, tornou-se evidente que estes carecem de métodos e de ferramentas para iniciar uma leitura de texto, seja qual for a sua natureza. A tarefa do professor será a de levar os alunos a aprenderem a colocar as questões correctas para desenvolverem competências de leitura eficazes e, portanto, uma boa compreensão. As questões deverão permitir conhecer, quer a organização do texto, quer o seu conteúdo. OBSERVAÇÕES

31 A exploração de um texto carece de vários tipos de questões : - questões de compreensão literal; - questões que obriguem a uma re-organização do texto ou à sua re-interpretação; - questões que conduzam a uma dedução; - questões que permitam uma avaliação do texto; - questões que apelem a uma reflexão pessoal. OBSERVAÇÕES (continuação)


Carregar ppt "PREÂMBULO 24 alunons de UMA turme de 10º Anoa (16 anos) forma question ados sobre as suas dificuldades, não só na leitura de um texto em Inglês, mas também."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google