A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dados e informações sobre determinada realidade COLETAR Produzir algum julgamento sobre a realidade. DIAGNOSTICAR Tomar decisão em função de um objetivo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dados e informações sobre determinada realidade COLETAR Produzir algum julgamento sobre a realidade. DIAGNOSTICAR Tomar decisão em função de um objetivo."— Transcrição da apresentação:

1

2 Dados e informações sobre determinada realidade COLETAR Produzir algum julgamento sobre a realidade. DIAGNOSTICAR Tomar decisão em função de um objetivo que se deseja alcançar. DECIDIR Traçar estratégias de uma ação sobre o objeto avaliado. AGIR

3 Diagnóstica Formativa Somativa Interna Escola Interna Escola Externa Sistemas Externa Sistemas Interna Escola Interna Escola Externa Sistemas Externa Sistemas Interna Escola Interna Escola Externa Sistemas Externa Sistemas Pequena escala Avaliação Larga escala

4

5 SEAPE SADEAM SAEPI SARESP SIMAVE SAERJ SAERO PAEBES SAEMS SAEGO AREAL AVALIE SISPAE SALTO SPAECE SAEPE SAEMI SAERS SAEP SISTEMA DE AV. DA EDUC. DA PARAÍBA AVALIA BH ALFABETIZA RIO

6

7 Desenho próprio, adequado às necessidades da rede.Alinhamento entre currículo, ensino e avaliação.Definição da série e áreas do conhecimento.Menor periodicidade entre os ciclos avaliados.

8 Determinação da população a ser avaliada. 1 Elaboração da Matriz ou utilização da Matriz de Referência do SAEB. Construção de itens. Pré-testagem dos itens. Análise estatística e pedagógica dos itens. 2 Montagem dos cadernos de testes (BIB). Elaboração dos testes padronizados. Elaboração dos questionários contextuais. 3 Aplicação dos instrumentos. Processamento e constituição da base de dados da avaliação. 4 Análise dos resultados: utilização da TCT e da TRI. Produção dos resultados. Construção e interpretação das Escalas de Proficiência. Divulgação dos resultados. 5

9 POSSIBILIDADES DOS SISTEMAS PRÓPRIOS DE AVALIAÇÃO Monitoramento a qualidade da educação pública ofertada e a promoção da equidade.

10 POSSIBILIDADES DOS SISTEMAS PRÓPRIOS DE AVALIAÇÃO Monitoramento a qualidade da educação pública ofertada e a promoção da equidade.

11 EVOLUÇÃO DA PROFICIÊNCIA MÉDIA EM MATEMÁTICA – REDE ESTADUAL – MINAS GERAIS Fonte: Proeb 2006/2010

12 EVOLUÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO POR PADRÕES DE DESEMPENHO EM MATEMÁTICA - REDE ESTADUAL - MG Fonte: Proeb 2010/2012

13 POSSIBILIDADES DOS SISTEMAS PRÓPRIOS DE AVALIAÇÃO Monitoramento a qualidade da educação pública ofertada e a promoção da equidade.

14 MAPA DA ALFABETIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ SPAECE-ALFA 2007 Fonte: Spaece-Alfa 2007

15 Fonte: Spaece-Alfa 2008 MAPA DA ALFABETIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ SPAECE-ALFA 2008

16 Fonte: Spaece-Alfa 2009 MAPA DA ALFABETIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ SPAECE-ALFA 2009

17 Fonte: Spaece-Alfa 2010 MAPA DA ALFABETIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ SPAECE-ALFA 2010

18 Fonte: Spaece-Alfa 2011 MAPA DA ALFABETIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ SPAECE-ALFA 2011

19 POSSIBILIDADES DOS SISTEMAS PRÓPRIOS DE AVALIAÇÃO Monitoramento a qualidade da educação pública ofertada e a promoção da equidade.

20 RESULTADOS TRANSVERSAIS OU LONGITUDINAIS Estado Regionais Municípios Escola Turma Aluno

21 da Rede Planejamento e execução de políticas públicas. Criação de metas de qualidade e equidade educacionais. Implementação de medidas de responsabilização. Políticas de incentivos diretos ou indiretos. Ações de formação continuada de professores. da Escola Elaboração do projeto da escola. Monitoramento da qualidade de ensino. Subsídio para avaliação institucional. Uso dos resultados pelos Gestores

22 Projetos de intervenção pedagógica. Elaboração de projetos especiais. Foco nos alunos com dificuldades. Ações de reforço escolar. Planejamento das ações de sala de aula. Visão proativa quanto ao desenvolvimento de habilidades e competências ao longo da educação básica. Uso dos resultados pelos Professores

23 Acompanhamento individual do desempenho escolar pelos alunos e seus familiares. Informações sobre a qualidade dos serviços educacionais oferecidos. Uso dos resultados pelo Estudantes e suas famílias

24 POSSIBILIDADES DOS SISTEMAS PRÓPRIOS DE AVALIAÇÃO Monitoramento a qualidade da educação pública ofertada e a promoção da equidade.

25 Padrões de desempenho estudantil Estabelecimento e monitoramento das metas de qualidade educacional Caracterização do desempenho escolar Grau de realização das ações educacionais Políticas públicas voltadas à promoção da equidade Identificação do percentual de alunos em risco pedagógico (evasão, reprovação ou abandono)

26 Descrição geral dos Padrões de Desempenho

27 Muito crítico Recuperação Crítico Reforço Intermediário Aprofundamento Adequado Desafio Projetos de intervenção pedagógica a partir dos Padrões de Desempenho

28 INSERIR CÓPIA DA ESCALA Escala de Proficiência A nossa régua para o desempenho

29

30 Maior transparência no processo de avaliação e divulgação dos resultados. Ampliação das oportunidades educacionais e o reconhecimento do direito de aprender. Debate sobre as responsabilidades.Atenção especial aos alunos de baixo desempenho.

31 Discussão sobre os fatores que interferem no desempenho escolar, eficácia de práticas, programas e políticas educacionais. Discussão sobre a construção de propostas curriculares inovadoras, bem desenhadas e de fácil compreensão por diferentes públicos. Participação dos acadêmicos e pesquisadores das universidades, gestores e professores da educação básica no debate sobre o direito à educação.

32 Revista do Sistema. Revista do Gestor. Revista Pedagógica. Revista Contextual. Caderno de Gestão. Caderno de Pesquisa. Material Impresso Oficinas. Vídeos. Kits instrucionais. Ações de formação Integração dos dados. Resultados das escolas. Mídias sociais. Portal da Avaliação Cursos a distância. Curso presencial. Acompanhamento técnico/pedagógico. Transferência de tecnologia

33 Fatores Extraescolares Fatores Intraescolares

34 Investigação de fatores intra e extraescolares específicos de cada sistema. Avaliação do impacto dos programas implementados pelas Secretarias. Estudo de casos de sucesso (escolas eficazes). Correlações entre fatores de desigualdade educacionais.

35 Maior participação dos gestores e professores nas discussões sobre apropriação e utilização dos resultados pelas escolas. Melhor alinhamento entre as propostas curriculares e avaliação e participação dos professores na definição dos Padrões de Desempenho. Canais de comunicação efetivos e constantes com gestores, professores, pais, alunos e sociedade sobre a qualidade da educação e responsabilidade de todos.

36


Carregar ppt "Dados e informações sobre determinada realidade COLETAR Produzir algum julgamento sobre a realidade. DIAGNOSTICAR Tomar decisão em função de um objetivo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google