A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina de Apropriação de Resultados Seape 2013. Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA Neli Gonçalves de Souza

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina de Apropriação de Resultados Seape 2013. Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA Neli Gonçalves de Souza"— Transcrição da apresentação:

1 Oficina de Apropriação de Resultados Seape 2013

2 Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA Neli Gonçalves de Souza Seape 2013

3 Objetivo Conhecer os elementos e instrumentos da avaliação externa. Conhecer algumas possíveis formas de interpretação, compreensão e análise dos resultados da avaliação externa. Seape 2013

4 Sistema Estadual de Avaliação da Aprendizagem Escolar Edições: 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013 Etapas avaliadas: – 2ªsérie/3ºano do EF (Alfabetização) – 4ºsérie/5ºano e 8ªsérie/9º ano do EF – 3ª série do Ensino Médio Disciplinas avaliadas: Língua Portuguesa e Matemática Seape 2013

5 Conhecendo o outro... Formação do grupo! Seape 2013

6 MATRIZ DE REFERÊNCIA Seape 2013

7 Referenciais Curriculares e Matriz de Referência Seape 2013

8 Matriz de Referência de Avaliação de Matemática I Espaço e Forma II Grandezas e Medidas III Números e Operações/ Álgebra e Funções IV Tratamento da Informação Seape 2013

9 Atividade – Matriz de Referência Formação de grupos com 4 pessoas. Atividade de cada grupo: – descrever e distinguir os conteúdos trabalhados em cada um dos tópicos da disciplina (o grupo poderá relacionar conteúdos de modo geral, para todas as etapas de escolaridade, ou limitar apenas uma etapa avaliada pelo sistema). Discutir com os participantes da turma, os conteúdos apontados. Seape 2013

10 Atividade – Matriz de Referência Cada grupo ficará responsável por um tópico da disciplina; dividir os tópicos entre os grupos, sendo que pelo número de grupos, possivelmente, os tópicos serão repetidos). Atividade de cada grupo: discutir os conteúdos matemáticos do tópico selecionado; desenvolver uma atividade para sala de aula, com base em um ou mais conteúdos apresentados. Seape 2013

11 Atividade – Matriz de Referência Atividade de cada grupo: Associar os conteúdos das atividades com os descritores da matriz. Quais os conteúdos abordados na atividade? Quais deles estão presentes na matriz? Quais desses conteúdos não estão presentes na matriz? Apresente possíveis motivos para esses conteúdos não serem avaliados pelo sistema. Cada grupo apresentará sua atividade, apontando os conteúdos trabalhados e associando com o currículo e os descritores da matriz. Seape 2013

12 Atividades e Itens Seape 2013

13 Atividades e Itens Seape 2013

14 Atividades e Itens Seape 2013

15 Atividades e Itens Seape 2013

16 Atividades e Itens Seape 2013

17 Atividades e Itens Seape 2013

18 Atividades e Itens Seape 2013

19 Atividades e Itens Seape 2013 Atividades podem apresentar o desenvolvimento de diversas habilidades. O item avalia apenas uma habilidade. Atividades são desenvolvidas com base em diversos instrumentos e recursos didáticos. O item é, geralmente, desenvolvido por meio de questões de múltipla escolha.

20 Matriz de Referência Apresenta habilidades que estão no currículo. Podem apresentar descrições de habilidades diferentes do que está apresentado no currículo, mas relacionado ao mesmo conteúdo. Apresenta habilidades possíveis de aferir em um teste de múltipla escolha. Seape 2013

21 Resultado Apresentaremos, a seguir, o percentual de acerto por descritor para cada etapa de escolaridade: – Para cada descritor, temos o percentual de itens que os alunos responderam corretamente no teste. Esse resultado representa os dados gerais do projeto no 5º EF, 9º EF e 3ª EM. Seape 2013

22 3º ANO EF - Estadual - Matemática Seape 2013

23 5º ANO EF - Estadual - Matemática Seape 2013

24 9º ANO EF - Estadual - Matemática Seape 2013

25 3ª série EM - Estadual - Matemática Seape 2013

26 ESCALA DE PROFICIÊNCIA

27 Escala de Proficiência Principais elementos da Escala de Proficiência – Temas/Tópicos – Competências – Régua numerada: proficiência – Níveis de proficiência – Gradação de cores: graus de dificuldade da competência Seape 2013

28 Atividade – Escala de Proficiência Dividir a turma em grupos com 4 pessoas. Entregar cada bloco de competências para os grupos. Atividade de cada grupo: – Discutir e associar o desenvolvimento de cada competência. Apresentar o gabarito e esclarecer possíveis dúvidas. Entregar a escala de proficiência. Seape 2013

29

30 Atividade – Escala de Proficiência Apresentar as competências e as atividades utilizando a escala. Associar itens. Seape 2013

31 Escala de Proficiência Apresenta o grau de desenvolvimento das habilidades e competências no decorrer da régua numérica. Seape 2013

32 Padrões de Desempenho Nomenclatura: – Abaixo do Básico – Básico – Adequado – Avançado Seape 2013

33 Cortes dos Padrões de Desempenho de Matemática 5º ano do Ensino Fundamental – ABAIXO DO BÁSICO - Até 150 – BÁSICO a 200 – ADEQUADO a 250 – AVANÇADO - Acima de 250 Seape 2013 Marcar os pontos de corte na escala

34 Cortes dos Padrões de Desempenho de Matemática 9º ano do Ensino Fundamental – ABAIXO DO BÁSICO - Até 225 – BÁSICO a 275 – ADEQUADO a 325 – AVANÇADO - Acima de 325 Seape 2013 Marcar os pontos de corte na escala

35 Cortes dos Padrões de Desempenho de Matemática 3ª série do Ensino Médio – ABAIXO DO BÁSICO - Até 250 – BÁSICO a 300 – ADEQUADO a 350 – AVANÇADO - Acima de 350 Seape 2013 Marcar os pontos de corte na escala

36 Atividade - Padrões de Desempenho Fazer a descrição dos padrões com base nos intervalos de proficiência e a descrição das competências na escala de proficiência. Relacionar as diferenças (desenvolvimento) das habilidades nos dois níveis descritos pelo grupo. Relacione as competências desenvolvidas com as cores da escala de proficiência. Seape 2013

37 RESULTADOS

38

39

40

41

42

43 Resultados Resultados por Projeto, Gerência, Escola Proficiência média. Participação. Percentual de estudantes por padrão. Resultados de proficiência média e percentual por padrão nas avaliações de 2009 a Percentual de estudantes por nível de proficiência. Seape 2013

44 Resultados

45 Resultados

46 Resultados Comparar os resultados de 2009 a 2013 em uma mesma escola. O que podemos notar ao observar a proficiência média dos estudantes nas avaliações desses dois ciclos? E em relação ao percentual de alunos em cada padrão de desempenho nesses dois ciclos? Encontramos diferenças? Quais seriam? Seape 2013

47 Resultados Observe a participação dos estudantes na escola. Qual seria o percentual de participação na avaliação aplicada na escola? Este percentual é significativo? Em relação à participação, o número de alunos avaliados corresponde ao número de alunos que frequentam a escola? Quem são os alunos que não fizeram a avaliação? Como possibilitar a participação desses alunos nas próximas avaliações? Como melhorar a frequência desses alunos na escola? Seape 2013

48 Resultados Observe a proficiência média da sua escola em cada etapa de escolaridade O que podemos observar ao associar a proficiência média aos padrões de desempenho em cada etapa? Quais são as habilidades desenvolvidas pelos alunos em cada etapa de escolaridade, considerando o resultado da proficiência média? Quais seriam os conhecimentos mínimos esperados em cada etapa de escolaridade? (quais as habilidades que os alunos ainda não desenvolveram?). Seape 2013

49 Resultados Considerando as habilidades desenvolvidas pelos alunos e os conhecimentos mínimos esperados em cada etapa de escolaridade, proponha estratégias e ações de intervenção pedagógica para o alcance da melhoria do padrão de desempenho. Seape 2013

50 Dúvidas?

51 Obrigada! Neli


Carregar ppt "Oficina de Apropriação de Resultados Seape 2013. Oficina de Apropriação de Resultados de MATEMÁTICA Neli Gonçalves de Souza"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google