A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE LICITAÇÃO Lei Estadual de Licitação Nº 9.433/05 CCL/PGE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE LICITAÇÃO Lei Estadual de Licitação Nº 9.433/05 CCL/PGE."— Transcrição da apresentação:

1 VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE LICITAÇÃO Lei Estadual de Licitação Nº 9.433/05 CCL/PGE

2 CONCEITO DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO é um procedimento administrativo por meio do qual os órgãos e as entidades públicas, observando o princípio constitucional da isonomia, selecionam a proposta mais vantajosa para a Administração celebrar contratos de obras, serviços, compras, alienações ou locações. CCL/PGE

3 NORMAS GERAIS - UNIÃO privativamente C.F. – Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre:... CCL/PGE

4 normas gerais XXVII – normas gerais de licitação e contratação, em todas as modalidades, para as administrações públicas diretas, autárquicas e fundacionais da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, obedecido a disposto no art. 37, XXI, e para as empresas públicas e sociedades de economia mista, nos termos do art. 173, § 1º, III; NORMAS GERAIS - UNIÃO CCL/PGE

5 Lei federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, As normas gerais de licitações e contratos da Administração Pública são disciplinadas pela Lei federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, com alterações das leis posteriores. NORMAS GERAIS - UNIÃO CCL/PGE

6 PRINCÍPIOS - LEI 9.433/05 Legalidade: Vinculação às normas legais; Só permite o que a lei faculta. CCL/PGE

7 PRINCÍPIOS - LEI 9.433/05 Moralidade: A moral administrativa com a lei e com interesse coletivo; Pressuposto para a validade do ato administrativo. CCL/PGE

8 PRINCÍPIOS - LEI 9.433/05 Publicidade: Divulgação do edital para conhecimento de todos; Resultado de julgamento, contrato, todo ato administrativo. CCL/PGE

9 PRINCÍPIOS Igualdade: Entre todos os concorrentes; Condição indispensável da existência de competição. Vinculação ao edital: Lei interna da licitação; Definição da regra do jogo. CCL/PGE

10 Julgamento objetivo: Forma clara, com parâmetros objetivos; Evitar subjetividade. Ampliação do universo de licitante Sigilo na apresentação das propostas. PRINCÍPIOS CCL/PGE

11 POR QUE LICITAR A Constituição Federal, art. 37, inciso XXI, prevê para a Administração Pública a obrigatoriedade de licitar. CCL/PGE

12 O procedimento de licitação objetiva permitir que a Administração contrate aqueles que reúnam as condições necessárias para o atendimento do interesse público, considerando aspectos relacionados à capacidade técnica e econômico-financeiro do licitante, à qualidade do produto e ao valor do objeto. POR QUE LICITAR CCL/PGE

13 QUEM DEVE LICITAR Estão sujeitas à regra de licitar, prevista na Lei 9.433/05, além dos órgãos integrantes da Administração Direta, as autarquias, as fundações públicas, as sociedades de economia mista, empresas públicas e demais entidades de direito privado controladas, direta ou indiretamente, pelo Estado da Bahia. CCL/PGE

14 RESPONSÁVEIS PELA LICITAÇÃO Comissão Permanente de Licitação Comissão Especial de Licitação Pregoeiro CCL/PGE

15 TIPOS DE LICITAÇÃO (Art. 57) Menor Preço Melhor Técnica Técnica e Preço Maior Lance ou oferta CCL/PGE

16 MODALIDADES Lei 9.433/05 - art. 50 CONCORRÊNCIA TOMADA DE PREÇOS CONVITE CONCURSO LEILÃO PREGÃO CCL/PGE

17 CONCORRÊNCIA (art. 50, §1º) Definição: Modalidade de licitação que se faz pelo chamamento universal de quaisquer interessados que comprovem possuir os requisitos mínimos de qualificação exigidos no edital para a execução de seu objeto. CCL/PGE

18 Adotada para bens imóveis, concessão de direito real de uso, registro de preços, alienação de bens móveis e imóveis quando a Administração não optar por leilão. CONCORRÊNCIA (art. 50, §1º) CCL/PGE

19 TOMADA DE PREÇOS (art. 50, § 2º) Definição: Modalidade de licitação entre interessados devidamente cadastrados ou que provem perante a comissão, na data da abertura da licitação, que atendem a todas as condições exigidas no edital CCL/PGE

20 para habilitação, observada a necessária qualificação e permitida a exigência de documentação comprobatória da capacidade técnica e específica do licitante. TOMADA DE PREÇOS (art. 50, § 2º) CCL/PGE

21 CONVITE (art. 50, § 3º) DEFINIÇÃO: Modalidade de licitação entre interessados do ramo pertinente ao seu objeto cadastrados ou não, escolhidos e convidados em número mínimo de 03 (três), pela unidade administrativa, a qual afixará em local apropriado, cópia do instrumento convocatório e o estendendo aos demais cadastrados na correspondente especialidade. CCL/PGE

22 PREGÃO (art. 50, § 4º) Definição: Modalidade de licitação destinada à aquisição de bens e serviços comuns, qualquer que seja o valor estimado da contratação, em que a disputa é feita por meio de propostas escritas e lances verbais, em uma única sessão pública, ou por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação. CCL/PGE

23 CONCURSO (art. 50, § 5º) Definição: Modalidade de licitação que se faz pela convocação de quaisquer interessados para a escolha de trabalho técnico, científico ou artístico mediante a instituição de prêmios ou remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes de regulamento próprio. CCL/PGE

24 CONCURSO (art. 50, § 5º) Forma de Divulgação: Diário Oficial, jornal de grande circulação. Prazo de Divulgação: 45 dias; Julgamento por comissão especial - art. 72, § 7º; Regulamento próprio - art.51. CCL/PGE

25 LEILÃO (art. 50 § 6º) Definição: Modalidade de licitação utilizada para bens móveis ou de produtos legalmente apreendidos ou penhorados, ou para alienação de bens imóveis, nos termos desta Lei, a quem oferecer o maior lance, igual ou superior ao valor da avaliação, efetuado em sessão presencial ou eletrônica. CCL/PGE

26 COMO LICITAR Fase Interna Fase Externa CCL/PGE

27 PROCEDIMENTO FASE INTERNA (arts. 73 e 74) Fase preparatória do processo: Elaboração do termo de referência do objeto; Estimativa do impacto orçamentário-financeiro; Declaração do ordenador de despesa da adequação orçamentária com sua indicação; CCL/PGE

28 Solicitação expressa do setor requisitante interessado, com indicação de sua necessidade; Aprovação da Autoridade Competente para início do processo licitatório; Autuação do processo correspondente, que deve ser protocolado e numerado. PROCEDIMENTO FASE INTERNA (arts. 73 e 74) CCL/PGE

29 EDITAL (Art. 79) Conceito: Ato pelo qual a Administração Pública leva ao conhecimento público a abertura da concorrência ou tomada de preços, fixa as condições de sua realização e convoca os interessados para a apresentação de suas propostas. É a lei interna da licitação (Hely Lopes). CCL/PGE

30 Preâmbulo: Identifica o órgão promotor; Nº e modalidade da licitação; Finalidade; Lei que regula o procedimento; Local, dia e hora da abertura. EDITAL (Art. 79) CCL/PGE

31 EDITAL (Art. 79) Texto: Descrição clara e precisa do objeto; Condições de participação; Critérios de julgamento; Disposições finais; Data e assinatura; Referência a anexos. CCL/PGE

32 Aprovação prévia do jurídico (art. 133) Requisitos (art. 79 a 90) EDITAL (Art. 79) CCL/PGE

33 FUNÇÕES DO EDITAL Dar publicidade à licitação; Identificar o objeto licitado; Delimitar o universo das propostas; Circunscrever o universo de proponentes; Estabelecer os critérios de julgamento; Regular os atos e termos do procedimento; Fixar as cláusulas do futuro contrato. CCL/PGE

34 PROCEDIMENTO FASE EXTERNA (arts. 74 e 78) Convocação Classificação Habilitação Homologação Anulação ou Revogação CCL/PGE

35 CLASSIFICAÇÃO Classificação (art. 78, incs. I a IV): Abertura da sessão, no dia, hora e local estabelecidos no edital, em ato público do qual se lavrará ata circunstanciada assinada pelos licitantes e pela comissão; CCL/PGE

36 Identificação dos representantes com apresentação da CI e procuração ou contrato social, se sócio; É vedada a participação de uma única pessoa como representante de mais de um licitante (art. 78 § 8º); Recebimento dos envelopes Proposta de Preços e Documentação; CLASSIFICAÇÃO CCL/PGE

37 CLASSIFICAÇÃO Devolução dos envelopes de habilitação fechados aos concorrentes desclassificados, desde que não tenha havido recurso ou a pós a sua renúncia; Se todos os licitantes estão presentes e renunciam ao prazo de recurso, consta da ata e encerra a sessão; Se interposto, o recurso será comunicado aos demais licitantes que poderão impugná-lo, nos mesmos prazos. CCL/PGE

38 HABILITAÇÃO (art. 78, incs. V a VII) Qualificação econômico-financeira; Habilitação jurídica; Qualificação técnica. CCL/PGE

39 Procedimento: Abertura dos envelopes e apreciação da documentação de habilitação dos concorrentes classificados nos três primeiros lugares; Deliberação da comissão sobre a habilitação dos três primeiros classificados; HABILITAÇÃO (art. 78, incs. V a VII) CCL/PGE

40 HABILITAÇÃO Convocação de tantos licitantes classificados, se for o caso, quantos forem os inabilitados no julgamento; Análise da documentação pela comissão e licitantes conforme edital; Deliberação sobre habilitação dos três primeiros classificados; CCL/PGE

41 Todos os documentos contidos nos envelopes serão rubricados pelos licitantes presentes e pela comissão; É facultado a comissão, em qualquer fase da licitação, promover diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo (art. 78, § 5). HABILITAÇÃO CCL/PGE

42 SANEAMENTO DE FALHAS (art. 78, § 6º) A comissão poderá conceder ao licitante o prazo de 03 (três) dias úteis para a juntada posterior de documentos cujo conteúdo retrate situação fática ou jurídica já existente na data da apresentação da proposta; Os erros materiais irrelevantes serão objeto de saneamento, mediante ato motivado pela comissão; CCL/PGE

43 HOMOLOGAÇÃO Deliberação final da autoridade superior quanto à homologação e adjudicação ao licitante vencedor, no prazo de 10 (dez) dias após o julgamento. CCL/PGE

44 ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO CCL/PGE

45 PREGÃO (art. 108) O que pode ser licitado O que não pode ser licitado Espécies Peculiaridades Procedimento fase externa CCL/PGE

46 O QUE PODE SER LICITADO POR PREGÃO Bens e serviços comuns são aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos no edital, com base nas especificações usuais praticadas no mercado, destituídos de complexidade técnica ou de especialização; CCL/PGE

47 A lista constante do anexo único, do decreto 8.590/03 é exemplificativa, outros bens e serviços poderão ser acrescentados, entretanto é indispensável a verificação com a realidade do mercado. O QUE PODE SER LICITADO POR PREGÃO CCL/PGE

48 O QUE NÃO PODE SER LICITADO POR PREGÃO OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA: Peculiaridades que impedem a padronização do objeto. LOCAÇÕES IMOBILIÁRIAS: No pregão admite-se apenas o tipo menor preço, nas locações ocorre o contrário. ALIENAÇÕES EM GERAL: As mesmas razões das locações (maior oferta). CCL/PGE

49 ESPÉCIES DE PREGÃO Presencial: É aquele que é realizado em sessão pública para o oferecimento de propostas e lances na presença dos licitantes. CCL/PGE

50 Eletrônico: É o procedimento licitatório em que as atividades competitivas se realizam à distância, na ausência de sessão pública coletiva, mediante a manifestação de vontade dos interessados transmitida através da utilização de recursos tecnológicos, por via eletrônica. ESPÉCIES DE PREGÃO CCL/PGE

51 PECULIARIDADES DO PREGÃO Critério de Julgamento: Menor preço. Peculiaridades: Inversão das fase de habilitação e propostas; Julgamento realizado por pregoeiro; Disputa através de lances; Interposição de recurso ao final da sessão de julgamento. CCL/PGE

52 PROCEDIMENTO Não havendo lances e se a proposta de menor preço for desclassificada ou inabilitada, restabelece a etapa de lances; Negociação pelo pregoeiro para redução do preço; Identificação do lance de menor preço; CCL/PGE

53 Quando todas as propostas forem desclassificadas; Análise da documentação; Possibilidade de saneamento falhas. PROCEDIMENTO CCL/PGE

54 PROCEDIMENTO FASE EXTERNA DO PREGÃO Inabilitação - penalidade - licitantes remanescentes; Habilitada – declarada vencedora; CCL/PGE

55 Não havendo Recurso, Adjudicação e Homologação; Para a contratação o vencedor encaminha nova planilha de preços readequados até um dia útil (Art 120, inc. XXVII). PROCEDIMENTO FASE EXTERNA DO PREGÃO CCL/PGE

56 PARTICIPAÇÃO DO CIDADÃO Durante o procedimento da licitação, qualquer cidadão pode: Acompanhar o desenvolvimento da licitação, desde que não interfira de modo a perturbar ou impedir a realização dos trabalhos; Requerer informações sobre quantitativos e preços de determinada obra executada; Impugnar preço, em razão de sua incompatibilidade com o preço vigente no mercado; CCL/PGE

57 PARTICIPAÇÃO DO CIDADÃO Impugnar o edital por irregularidade na aplicação da Lei nº 9.433/05, dentro do prazo legal; Obtenção de cópia do processo licitatório; Representar ao Tribunal de Contas ou aos órgãos integrantes do sistema de controle interno contra irregularidade na aplicação da Lei de Licitação (art. 204). CCL/PGE

58 PROCEDIMENTOS RECURSAIS Impugnações (Art. 201) Recursos Administrativos (Art. 202) Recursos Judiciais CCL/PGE

59 IMPUGNAÇÕES Edital: Cidadão - 05 dias úteis; Licitante - 02 dias úteis. Não tem efeito suspensivo; CCL/PGE

60 Competência para decidir: Comissão de Licitação, Pregoeiro ou quem expediu o Instrumento Convocatório. Tempestivo e procedente: Alteração do Edital e reposição dos prazos. IMPUGNAÇÕES CCL/PGE

61 RECURSOS ADMINISTRATIVOS Hierárquico: Autoridade superior; Habilitação e inabilitação do licitante; Classificação e desclassificação das propostas; Revogação ou anulação do procedimento licitatório; Efeito suspensivo. Prazo de interposição: 05 dias úteis - CP e TP; 02 dias úteis – convite. Competência para decidir: Autoridade máxima decidirá no prazo de 05 dias úteis ouvida a Procuradoria Geral ou órgão de assessoria jurídica. (art. 203) CCL/PGE

62 CONTRATAÇÃO DIRETA DISPENSA DE LICITAÇÃO 23 Hipóteses - art. 59, incisos I a XXIII. Em razão do valor: Vedadas dispensas sucessivas em prazo inferior a 60 dias; I - Obras e serviços de engenharia até 10% do valor de Convite para obras; II - Outros serviços e compras até 10% do valor de Convite para compras. Em razão de situação emergencial: III - Guerra ou grave perturbação da ordem; IV – Emergência ou calamidade pública; V – Quando não acudirem interessados; IX – Propostas manifestamente superfaturada; CCL/PGE

63 CONTRATAÇÃO DIRETA DISPENSA DE LICITAÇÃO X - Contratação do remanescente da obra, serviço ou fornecimento – Inexecução contratual; XI - Compra de gêneros perecíveis até a realização da licitação; XVII - Compras e serviços, limite de convite para abastecer navios, aeronaves e tropas. Diretamente com Órgãos ou Entidades da Administração: VI - Bens ou serviços prestados por Órgão, criado antes da vigência desta lei, com preços de mercado; XV - Para impressão de Diários Oficiais, formulários, edições técnicas oficiais e serviços de informática. CCL/PGE

64 CONTRATAÇÃO DIRETA DISPENSA DE LICITAÇÃO Em razão do objeto: VII - Compra ou locação do imóvel para uso da Administração; XIX – Aquisição de bens destinados à pesquisa científica e tecnológica com recursos concedidos por instituições credenciadas para esse fim; XXI – Aquisição ou alienação de bens, prestação ou obtenção de serviços, por empresa pública ou de economia mista junto às suas subsidiárias e controladas; XXIII – Na contratação de Instituição Científica e Tecnológica – ICT ou Agência de Fomento para Transferência de Tecnologia. CCL/PGE

65 DISPOSIÇÕES GERAIS Atentar para o artigo 66, da Lei 9.433/05: São vedadas as dispensas sucessivas de licitação, com base nos incisos I e II do art. 59 desta Lei, assim entendidas aquelas com objeto contratual idêntico ou similar realizadas em prazo inferior a 60 (sessenta) dias, bem como as licitações simultâneas ou sucessivas que ensejem a mudança da modalidade licitatória pertinente. CCL/PGE

66 CONTRATAÇÃO DIRETA INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Inviabilidade de competição - arts. 60 e 61. Em especial: Aquisição de materiais equipamentos ou gêneros fornecidos por produtor, empresa ou representante comercial exclusivo (I); Contratação de serviços técnicos do art. 23, com profissional ou empresa de notória especialização (II); Contratação de profissional de setor artístico consagrado pela crítica ou opinião pública (III); Credenciamento. CCL/PGE

67 CONTRATAÇÃO DIRETA DISPENSA DE LICITAÇÃO Diretamente com instituições sem fins lucrativos, associações de deficientes físicos - XIII, XVIII e XXII. Através de prestadores ou fornecedores exclusivos: VIII - Aquisição/restauração de obra de arte e objetos históricos; XVI – Componentes ou peças de reposição durante a garantia; XX - Fornecimento ou suprimento de energia elétrica. CCL/PGE

68 CREDENCIAMENTO DOCUMENTOS ESPECIFICOS (arts. 61 a 63) Convocação dos interessados por meio de Diário Oficial do Estado, jornal de grande circulação e, sempre que possível, por meio eletrônico; Tabela de preços que remunerará os serviços a serem prestados, com a devida demonstração de que foi fixada de forma criteriosa; Regulamentação ou edital de credenciamento. CCL/PGE

69 CONTRATAÇÃO DIRETA INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Na hipótese de Inexigibilidade e em qualquer dos casos de dispensa, se comprovado superfaturamento, respondem solidariamente pelo dano causado à Fazenda Pública o fornecedor ou o prestador de serviços e o agente público responsável, sem prejuízo de outras sanções legais cabíveis. CCL/PGE

70 VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE LICITAÇÃO INSTRUTORA: DRª EDITE HUPSEL – PROCURADORA DO ESTADO TELEFONE DA COORDENAÇÃO CENTRAL DE LICITAÇÃO: CCL/PGE

71 VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE LICITAÇÃO COORDENAÇÃO CENTRAL DE LICITAÇÃO COORDENAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO E APERFEÇOAMENTO EM LICITAÇÃO CCL/PGE


Carregar ppt "VIDEOCONFERÊNCIA SOBRE LICITAÇÃO Lei Estadual de Licitação Nº 9.433/05 CCL/PGE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google