A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo de Forcados Amadores de Caldas da Rainha Março 2006 Henrique Frazão Optimização da Relação Interpessoal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo de Forcados Amadores de Caldas da Rainha Março 2006 Henrique Frazão Optimização da Relação Interpessoal."— Transcrição da apresentação:

1 Grupo de Forcados Amadores de Caldas da Rainha Março 2006 Henrique Frazão Optimização da Relação Interpessoal

2 Todo o comportamento verbal e não-verbal que cria a atmosfera em que a relação dos forcados tem lugar. Pode ser Hostil ou Amigável Competitivo ou Colaborativo Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão Clima

3 Comunicação efectiva Quando em perfeita sintonia, as ideias são verbalizadas com facilidade, os membros do grupo estão atentos e aceitam as ideias dos outros e são influenciados por eles. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

4 Interacções Amigáveis, Prestáveis e Menor Obstrução Forcados mais satisfeitos com o grupo e com as soluções que emergem procuram ganhar o respeito dos restantes forcados e sentem obrigações em relação ao Grupo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

5 Coordenação de esforços, Divisão de tarefas, orientação para alcançar o acordo no seio do grupo promovendo uma elevada produtividade. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

6 Acordo em relação às ideias dos outros e sentimento de partilha em relação a crenças e valores, confiança nas suas próprias ideias e no valor que os outros lhe atribuem. Vontade de favorecer o poder dos outros em benefício do Grupo. Os interesses conflituantes são considerados um problema mútuo a ser resolvido de forma colaborativa. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

7 O clima é decisivo Na satisfação pessoal do Cabo e Forcados Na manutenção da disciplina do Grupo Na manutenção do empenhamento das tarefas e actividades do Grupo No crescimento individual e de grupo no domínio sócio-afectivo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

8 O clima positivo é decisivo: No desenvolvimento de atitudes, valores, sentimentos. Na criação de um ambiente humano de relação. Na optimização de diversos critérios de eficácia. Na gestão de conflitos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

9 Optimização da relação Cabo-Forcado. Optimização da relação Forcado-Forcado. Optimização da relação Forcado-Tauromaquia. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

10 A optimização da relação depende: De um conjunto de variáveis em interacção. Da percepção que os Forcados possuem da qualidade da relação. Dos comportamentos que o Grupo valoriza: ser educado, ser integrador dos Forcados mais novos, fomentar um espírito de amizade e interajuda, mostrar imparcialidade, ser justo nas avaliações, acompanhar o trabalho e encorajar. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

11 Indicadores de Bom Clima FeedBacks positivos frequentes. Elogiar (reforçar positivamente) comportamentos apropriados. Especificidade das desaprovações. Ser encorajador. Dinamismo do Grupo: –Boa organização do plano de actividades do Grupo. –Tomar parte nas actividades e mostrar gosto por elas. –Ritmo vivo nas actividades. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

12 Indicadores de Clima Positivo Sorrir, rir e gracejar frequentemente. Contactos físicos (abraços, palmadinha nas costas, mão no ombro, cumprimentos). Proximidade entre Forcados. Tratar os Forcados pelo nome próprio. Interagir com todos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

13 Indicadores... Disponibilidade para os receber noutros espaços e fora dos horários. Solicitação para apreciarem as suas prestações. Solicitar e valorizar a participação dos Forcados. Aceitar e utilizar ideias dos praticantes, tendo em conta pontos de vista válidos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

14 Estratégias de Optimização do Clima Estabelecer uma relação personalizada. Mostrar interesse pelos forcados, pelos seus problemas, pela pessoa. Contactos sobre assuntos extra-Grupo. Promover a igualdade sem uniformidade nem rigidez. Respeitar as diferenças. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

15 Estratégias de Optimização do Clima Mostrar disponibilidade para ouvir e conversar. Prestar atenção ao que dizem. Responder honestamente às questões relacionadas com o grupo. Ser encorajador, afectivo (sobretudo com forcados com dificuldades). Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

16 Estratégias de Optimização do Clima Controlar as suas emoções: –Evitar o warming up effect –Utilizar mensagens do eu Cumprir as promessas. Ser consistente, coerente. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

17 Estratégias de Optimização do Clima Mostrar-se entusiasta –Relativamente ao futuro do Grupo –Ao acto de ensinar os mais novos –Às Potencialidades do Grupo Transmitir a ideia de possuir expectativas elevadas de sucesso para todos. Transmitir a ideia de que se interessa pelos problemas do Grupo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

18 Estratégias de Optimização do Clima Evitar ridicularizar Forcados por sentimentos, medo ou ansiedade. Evitar envergonhar, depreciar, ironizar. Evitar denegrir. Evitar situações de humilhação e fracasso sistemático. Evitar ameaças, autoritarismo, reprovações sistemáticas. Evite gritar. Quando tiver alguma coisa a dizer ao conjunto reuna o grupo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

19 Estratégias de Optimização do Clima Saber ouvir, demonstrando interesse e atenção. –Parafrasear, contacto visual, sinais de concordância. Criar o sentimento de grupo (todos com o mesmo objectivo). Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

20 Estratégias de Optimização do Clima Transmitir mensagens: Eu valorizo-te como forcado e como pessoa. Contribuis para o sucesso do Grupo. Pensar que é sempre possível melhorar. Confiança no Cabo. Devem sentir que o Cabo acredita na sua capacidade. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

21 Estratégias de Optimização do Clima Promover a responsabilidade e a cooperação. –A aceitação das consequências; –O respeito das regras; Rigor e firmeza quando necessário. Dizer o que pensa. Respeito, sinceridade e honestidade. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

22 Credibilidade de Forcados de referência Seja honesto consigo próprio e com os outros forcados. Não tente dar a impressão de sabe mais do que de facto sabe. Certifique-se de que o compreendem. Seja igual a si próprio e não procure imitar alguém que desejaria ser. Seja positivo. Poucas pessoas respondem bem a comentários negativos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

23 Credibilidade de Forcados de referência Não desmoralize os seus colegas apontando- lhes a sua ignorância ou falta de destreza. Mostre entusiasmo pelo Grupo e pelos seus forcados. Seja justo, leal e coerente em todos os assuntos e ocasiões. Seja digno de confiança. Seja acolhedor e revele uma preocupação verdadeira pelo bem-estar dos elementos do Grupo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

24 Forcado-Forcado Conjunto de Forcados não é o mesmo que grupo de Forcados. Fomentar: –Interesses comuns. –Valores de solidariedade. –Tolerância à diferença. –Inter-ajuda e cooperação. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

25 Forcados entre si Suscitar a simpatia e a amizade. Organizar actividades cooperativas. Criar situações de igualdade de oportunidades. Definir funções para cada forcado. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

26 Os praticantes entre si Utilização dos forcados no apoio aos que mais precisam. Reforçar objectivos comuns. Adopção de símbolos comuns. Encontros extra-grupo, convívios entre todos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

27 Coesão de grupos Ajudar os membros a identificar objectivos e necessidades pessoais, clarificando como podem ser satisfeitos através do grupo; Encorajar os membros que mais se destacam a fazer sacrifícios pelo grupo. Promover o sentido de responsabilidade. Estabelecer objectivos claros e realistas. Enfatizar o Grupo e não os indivíduos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

28 Coesão de grupos Clarificar o contributo da adesão aos padrões do grupo na eficácia. Promover a cooperação e desencorajar a rivalidade individual. Clarificar as expectativas para cada membro. Estabelecer consensos quanto às diferenças de estatuto. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

29 Coesão Promover o envolvimento do grupo na selecção do Cabo. Promover a proximidade inter-forcados. Promover identificadores característicos do Grupo. Dar ênfase às tradições do Grupo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

30 Coesão Manutenção de canais de comunicação abertos entre Cabo e Forcados. Desenvolvimento do orgulho e do sentimento de identidade colectiva. Reconhecimento da excelência dos Forcados que mais contribuem para o sucesso do Grupo. Encontros fora das situações normais para resolver eventuais conflitos. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

31 Coesão Promoção da auto-confiança. Evitar a formação de subgrupos que perturbem a coesão do Grupo. Evitar mudanças excessivas de Forcados no seio do grupo. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão

32 Coesão Permanecer continuamente sensível e a par do que se passa no Grupo e das atitudes e sentimentos dos seus membros. Esforçar-se por conhecer a vida pessoal de cada Forcado fora do âmbito Tauromáquico. Definição Comportamentos associados às relações colaborativas e amigáveis Clima Credibilidade de Forcados de referência Coesão


Carregar ppt "Grupo de Forcados Amadores de Caldas da Rainha Março 2006 Henrique Frazão Optimização da Relação Interpessoal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google