A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As Universidades Comunitárias Diante dos Desafios das Políticas de Educação Superior no Brasil Mariluce Bittar GEPPES Universidade Católica Dom Bosco –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As Universidades Comunitárias Diante dos Desafios das Políticas de Educação Superior no Brasil Mariluce Bittar GEPPES Universidade Católica Dom Bosco –"— Transcrição da apresentação:

1 As Universidades Comunitárias Diante dos Desafios das Políticas de Educação Superior no Brasil Mariluce Bittar GEPPES Universidade Católica Dom Bosco – UCDB Setembro de 2006 VIII Semana Universitária Universidade Católica de Brasília - UCB

2 Questões Iniciais... Quais as principais características de uma universidade comunitária? Quais as principais características de uma universidade comunitária? O segmento comunitário possui uma identidade própria? O segmento comunitário possui uma identidade própria?

3 Marcos Históricos... Década de 1960 Ensino Superior era formado por instituições públicas e confessionais. Ensino Superior era formado por instituições públicas e confessionais. Estas últimas mais preocupadas em reproduzir seus esquemas de pensamento e suas visões de mundo do que em fazer da educação um empreendimento lucrativo. (MARTINS, 1991, p. 1)

4 Marcos Históricos... Década de 1970 e 1980 Impactos da Reforma Universitária de 1968 = eficiência, eficácia e modernização da universidade brasileira. Impactos da Reforma Universitária de 1968 = eficiência, eficácia e modernização da universidade brasileira. Expansão quantitativa do segmento lucrativo. Expansão quantitativa do segmento lucrativo.

5 Marcos Históricos... O segmento privado confessional não deve ser confundido com o novo ensino privado, pois este apresenta caráter marcadamente empresarial, enquanto aquele não visa a acumulação de capital O segmento privado confessional não deve ser confundido com o novo ensino privado, pois este apresenta caráter marcadamente empresarial, enquanto aquele não visa a acumulação de capital (MARTINS, 1987, p. 55)

6 Marcos Históricos... Segunda metade dos anos 1980 Movimento de organização das IES confessionais e comunitárias. Movimento de organização das IES confessionais e comunitárias. Busca de uma concepção educacional própria. Busca de uma concepção educacional própria. Apoio da ABESC – Apoio da ABESC – Movimento da Constituinte de Movimento da Constituinte de Linha divisória entre as instituições que congregavam a ANUP. Linha divisória entre as instituições que congregavam a ANUP.

7 Marcos Históricos... Pressão do conjunto das IES comunitárias resultou na aprovação do Artigo 213 da Constituição de Pressão do conjunto das IES comunitárias resultou na aprovação do Artigo 213 da Constituição de – criação da Associação Brasileira das Universidades Comunitárias – ABRUC – criação da Associação Brasileira das Universidades Comunitárias – ABRUC.

8 O que nos levou a fundarmos a Associação foi em primeiro lugar a busca de uma identidade, um modelo alternativo [...]. Em segundo lugar, nós percebemos que temos uma missão, uma mensagem, uma bandeira muito forte que nos apaixona, que é a de prestar um serviço público (Ex-presidente ABRUC, 1997)

9 Principais Características... Denominam-se públicas não-estatais; Denominam-se públicas não-estatais; Prestam serviço público; Prestam serviço público; Não possuem finalidade lucrativa; Não possuem finalidade lucrativa; Não pertencem a famílias ou a grupos empresariais; Não pertencem a famílias ou a grupos empresariais; Pretendem ser uma alternativa de ensino superior; Pretendem ser uma alternativa de ensino superior; Possuem uma filosofia própria, concepção de mundo normalmente vinculada a uma confissão religiosa; Possuem uma filosofia própria, concepção de mundo normalmente vinculada a uma confissão religiosa;

10 Extensão como possibilidade de proporcionar ao aluno a participação num projeto social mais amplo que modifique não só a sua visão como cidadão, mas transforme a sala de aula; Extensão como possibilidade de proporcionar ao aluno a participação num projeto social mais amplo que modifique não só a sua visão como cidadão, mas transforme a sala de aula; Pesquisa entendida como um serviço à comunidade; investigação dos problemas locais e regionais como forma de contribuir com a produção e a sistematização do conhecimento. Pesquisa entendida como um serviço à comunidade; investigação dos problemas locais e regionais como forma de contribuir com a produção e a sistematização do conhecimento. Principais Características...

11 A extensão deve fazer parte do projeto político-institucional das IES comunitárias, para as quais ela deve ser entendida como traço definidor da identidade. Deve fazer parte do coração da academia (PUCCI, 1996, p. 31) e sua concepção é decorrente da identidade institucional da universidade. A extensão deve fazer parte do projeto político-institucional das IES comunitárias, para as quais ela deve ser entendida como traço definidor da identidade. Deve fazer parte do coração da academia (PUCCI, 1996, p. 31) e sua concepção é decorrente da identidade institucional da universidade. Origem na experiência das IES Comunitárias do sul do Brasil Origem na experiência das IES Comunitárias do sul do Brasil Principais Características...

12 ABRUC – Associados por Tipo e Unidade da Federação UFTIPOTOTAL SPCentro Universit.5 Universidade10 SP Total 15 RSCentro Universit.4 Universidade9 RS Total 13 SCUniversidade7 RJCentro Universit.1 Universidade3 RJ Total 4

13 MGUniversidade2 BAUniversidade1 DFUniversidade1 GOUniversidade1 MSUniversidade1 PEUniversidade1 PRUniversidade1 PBCentro Universit.1 Sub-TotalCentro Universit.11 Universidade37 TOTAL GERAL 48 Fonte: ABRUC, Censo das IES Filiadas, 2005

14 CURSOSALUNOSPROF. GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU TOTAL Indicadores das IES Comunitárias... Fonte: ABRUC, Censo das IES Filiadas, 2005

15 Número de Matrículas, Segundo a Natureza Jurídica e o Tipo de Instituição, com Destaque para os Dados da ABRUC

16 Natureza Jurídica Tipo de Instituição Púb.Part. Comun./conf/ filantrópica (INEP/MEC) Comunit. (ABRUC) Universidades Centros Universitários Faculdades Integradas Faculdades, Escolas e Institutos Centros de Educação Tecnológica Total Geral Fonte: Dados das instituições públicas, particulares, comun./confessionais/filantrópicas – MEC/INEP, Dados das instituições comunitárias – ABRUC, 2002.

17 Relação das Dez Maiores Instituições - Número de Matriculas na Graduação Presencial - Brasil InstituiçõesUFCat. Admin.Matr. Universidade Estácio de SáRJPrivada Universidade PaulistaSPPrivada Universidade de São PauloSPEstadual Universidade Luterana do BrasilRSPrivada PUC - Minas GeraisMGPrivada Universidade Salgado de OliveiraRJPrivada Universidade Estadual do PiauíPIEstadual Universidade Estadual de GoiásGOEstadual Universidade Bandeirante de SPSPPrivada UNISINOSRSPrivada Fonte: Deaes/ INEP/ MEC

18 Ambigüidade do Conceito Comunitária instituições confessionais instituições não-confessionais 24 IES16 IES

19 A identidade da universidade se constrói num processo prenhe de tensões, de elementos que se interpenetram e não de categorias estáticas A identidade da universidade se constrói num processo prenhe de tensões, de elementos que se interpenetram e não de categorias estáticas (ADORNO, 1996, p. 390)

20 Desafios... Implementação da pesquisa e da pós-graduação IES comunitárias localizadas nos grandes centros - processo consolidado IES comunitárias das regiões distantes dos grandes centros - política de pesq. e de pós-graduação incipiente

21 Desafios... Documento ABRUC – Reforma Universitária [...] o MEC, em todas as suas manifestações escritas e orais, deve reconhecer e respeitar a identidade institucional das IES Comunitárias distinguindo os três eixos universitários do país, o estatal, o privado e o comunitário Documento ABRUC – Reforma Universitária [...] o MEC, em todas as suas manifestações escritas e orais, deve reconhecer e respeitar a identidade institucional das IES Comunitárias distinguindo os três eixos universitários do país, o estatal, o privado e o comunitário

22 Desafios... O que significa atender ao preceito constitucional: comunitária, confessional e filantrópica? O que significa atender ao preceito constitucional: comunitária, confessional e filantrópica? Como sobreviver diante da crise do esgotamento do setor privado no Brasil? Como sobreviver diante da crise do esgotamento do setor privado no Brasil?

23 Desafios... A afirmação da identidade comunitária dá- se pela negação do seu oposto, pois a [...] a ênfase recai muito mais nos aspectos que procuram distingui-las das demais universidades particulares, ou seja, naquilo que elas negam ser, do que na apresentação de suas próprias características (...) Por isso a necessidade de reafirmar a sua dimensão pública (SAMPAIO, 1998, p.207) A afirmação da identidade comunitária dá- se pela negação do seu oposto, pois a [...] a ênfase recai muito mais nos aspectos que procuram distingui-las das demais universidades particulares, ou seja, naquilo que elas negam ser, do que na apresentação de suas próprias características (...) Por isso a necessidade de reafirmar a sua dimensão pública (SAMPAIO, 1998, p.207)

24 Concluindo... Compreender a realidade do setor privado, com as especificidades que ele comporta, é condição para que o Estado assuma seu papel de garantir a educação com bem público. Compreender a realidade do setor privado, com as especificidades que ele comporta, é condição para que o Estado assuma seu papel de garantir a educação com bem público.

25 Concluindo... A educação superior não pode ser concebida como [...] mercadoria – sem pátria, sem ideologia e sem ética – a ser regulamentada pela OMC e ajustada às disputas do mercado. Educação é essencialmente bem público, de interesse social, direito do cidadão e dever do Estado (DIAS SOBRINHO, 2005) A educação superior não pode ser concebida como [...] mercadoria – sem pátria, sem ideologia e sem ética – a ser regulamentada pela OMC e ajustada às disputas do mercado. Educação é essencialmente bem público, de interesse social, direito do cidadão e dever do Estado (DIAS SOBRINHO, 2005)

26 Contato UCDB


Carregar ppt "As Universidades Comunitárias Diante dos Desafios das Políticas de Educação Superior no Brasil Mariluce Bittar GEPPES Universidade Católica Dom Bosco –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google