A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIAGNÓSTICO QUALI- QUANTITATIVO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Coordenador: Prof. Jorge Junior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIAGNÓSTICO QUALI- QUANTITATIVO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Coordenador: Prof. Jorge Junior."— Transcrição da apresentação:

1 DIAGNÓSTICO QUALI- QUANTITATIVO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Coordenador: Prof. Jorge Junior

2 BREVE HISTÓRICO DO CURSO * Primeira Turma – Abril 2006; * Título: Bacharel em Ciências Econômicas; * Carga Horária: 3000 horas * Entrada no Vestibular: Semestral * Alunos matriculados: 248

3 CORPO DOCENTE E ÁREA DE CONCURSO São 4 Doutores, 5 Doutorandos e 2 Mestres

4 Evolução da Relação candidato/vaga no Curso de Ciências Econômicas do IM

5 Dinâmica da Ocupação de vagas no Curso de Ciências Econômicas

6 Perfil desejado do egresso e seu papel social Bacharel capacitado para compreender as questões científicas, técnicas, sociais e políticas ligadas aos fenômenos econômicos; Precisão analítica, sólida consciência social e adequada perspectiva histórica, Base cultural ampla, adquirida através das atividades de Ensino, pesquisa, extensão e atividades complementares; Visão crítica acerca dos problemas econômicos, sociais e políticos e que isso lhe sirva de base para tomada de decisões que possam contribuir para o bem – estar social.

7 Demanda Social O Profissional de economia tem tido um importante papel na formação de corpo técnico especializado em órgãos públicos, sobretudo em Secretarias de Desenvolvimento Econômico. A Baixada Fluminense carecia enormemente de um Curso de Ciências econômicas gratuito e de qualidade

8 O Economista pode atuar em sindicatos, associações, federações, confederações, conselhos ajudando a traçar a orientação política das instituições. Estão aptos a lecionar disciplinas na área econômico- financeira, relativas ao curso de graduação ou de pós- graduação. Está gabaritado a fazer a perícia, arbitragem, setor público, Análise Conjuntura Econômica e Pesquisas, recalculo de contratos, assessorias econômicas diversas, Analisa e propõe medidas econômico-financeiras, Jornais, revistas, emissoras de televisão e rádio, assessoria e consultoria, planejamento estratégico, estudos e pesquisas de mercado, Viabilidade Econômica de Projetos, políticas tributária, agrária e agrícola, desenvolvimento rural e comércio exterior. Empregabilidade

9 Atualmente muitos alunos do Curso de Ciências Econômicas encontram-se empregados e estagiando em boas empresas públicas e privadas, tais como: BNDES, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Grupo Ipiranga, EMBRATEL, INBEV entre outras; O COFECON tem promovido importante campanha para garantir que os cargos que naturalmente são de competência de economistas, sejam devidamente ocupados por esse profissional.

10 Análise de Indicadores: Evasão, Retenção e Trancamento Atualmente existem 212 alunos com matrícula ativa no curso de Ciências Econômicas, 36 com matrícula trancada, 39 foram desligados, 06 tiveram matrícula cancelada e 04 foram transferidos. Isso totaliza 297 alunos que entraram no curso; número superior aos 270 que ingressaram através do vestibular.

11 Disciplinas com maior número de alunos retidos

12 Distribuição dos alunos por períodos

13 Matriz Curricular Atualização da grade

14 Perfil sócio-econômico dos estudantes do curso

15

16

17

18

19 Atualmente o curso conta com apenas 11 docentes na área de economia para ministrar no mínimo 32 disciplinas (incluindo somente as optativas de integralização de grade) e orientar 45 monografias por semestre. Carga horário docente, considerando a grade atual e o número de professores = 11,63 horas-aulas/semana Relação aluno/professor do colegiado do curso = 22,54 (Sem considerar as aulas ministradas no curso de administração)

20 DEMANDA DE DOCENTES PARA O CURSO ÁREAS DEFICITÁRIAS Economia Brasileira Econometria Economia do Setor Público Economia Institucional/Industrial Necessita-se ao menos de mais quatro professores para cobrir áreas deficitárias e oferecer um maior número de optativas.

21 PONTOS FORTES Grade Moderna e atualizada, com conteúdo consistente e bibliografia de qualidade; Corpo docente engajado na busca pela qualidade do curso, sobretudo com o conteúdo das aulas; Curso com matriz teórica ampla e sem dogmatismo, o que permite a escolha por parte dos alunos da vertente teórica que pretendem avançar em seus estudos; Vários alunos contemplados com bolsas de iniciação científica.

22 PONTOS FRACOS Condições inadequadas de infra-estrutura; Corpo docente muito reduzido diante das várias tarefas acadêmicas e administrativas demandadas; Alto grau de evasão nas primeiras turmas; Muitos pré-requisitos que travavam o avanço dos alunos nas disciplinas; Poucos livros catalogados na biblioteca; Dificuldade de os alunos desenvolverem atividades em horários alternativos; Impossibilidade de implantação dos laboratórios de pesquisa devido à infra-estrutura;

23 Atualmente a infra-estrutura é totalmente inadequada, seja para as atividades em sala de aula, seja para o trabalho administrativo e de atendimento aos alunos na Coordenação. As salas de aula não possuem ventilação, encontram-se ao lado de um pátio onde há grande movimentação de pessoas. ESPERA-SE A SOLUÇÃO DE TODOS OS PROBLEMAS COM O NOVO CAMPUS Infra-Estrutura Atual


Carregar ppt "DIAGNÓSTICO QUALI- QUANTITATIVO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Coordenador: Prof. Jorge Junior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google