A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diferenças Entre Substâncias Orgânicas e Inorgânicas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diferenças Entre Substâncias Orgânicas e Inorgânicas."— Transcrição da apresentação:

1 Diferenças Entre Substâncias Orgânicas e Inorgânicas

2 Substâncias Orgânicas As moléculas orgânicas naturais são as sintetizadas pelos seres vivos e denominadas biomoléculas. Os açúcares, as proteínas e os lipídios são substâncias orgânicas encontradas nos tecidos vivos; Glicose, sacarose, frutose, lactose, por exemplo, são substâncias empregadas pela indústria alimentícia na fabricação de balas, bombons, biscoitos, bolos. Elas são açúcares e também são empregadas pela indústria farmacêutica; Diariamente consumimos produtos derivados do leite, um alimento essencialmente orgânico.

3 Diferenças Entre Substâncias Orgânicas e Inorgânicas Substâncias Inorgânicas Substâncias inorgânicas são todas aquelas que não são sintetizadas pelos organismos vivos, como os minerais, por exemplo; A água é uma substância inorgânica essencial à nossa vida. Está presente nos alimentos, nas células do nosso corpo, nos outros animais e nos vegetais; O sal de cozinha é uma substância inorgânica presente em nosso dia-a-dia. Extraído da natureza, o sal é parte de nossa alimentação e se for consumido moderadamente contribui para a manutenção da nossa saúde. Sal de Cozinha Estrutura Química do Sal de Cozinha

4 Divisão das Substâncias Orgânicas As substâncias orgâncias estão divididas em: Glicídios, lipídios, proteínas e enzimas, vitaminas, ácidos nucléicos - produzidas e encontradas só em células. GLICÍDIOS - Também chamados de Hidratos de Carbono ou Carboidratos. Sua principal função é de fonte de energia; é também capaz formar estruturas, como a parede celular dos vegetais (celulose). São classificados de acordo com o seu tamanho, e divididos em: Monossacarídeos ou Oses – (os menores, não podem ser quebrados; moléculas simples); Dissacarídeos – (formados por duas oses; ao se juntarem, perdem uma molécula de água); Polissacarídeos – (união de 10 ou mais oses; insolúveis em água); Polissacarídeos Nitrogenados - dentre eles, o ácido hialurônico é o principal, que age como uma cola entre as células.

5 LIPÍDIOS – São insolúveis em água e sua função é atuar na reserva de energia acumulada no panículo adiposo e, também, funciona como isolante térmico. Os mais comuns são os ÉSTERES, formados por álcoois + ácidos graxos. Sua classificação se dá de acordo com o que os forma: Glicerídios - álcool + 3 ác. graxos - óleos vegetais e gorduras animais; Cerídeos – ceras – encontrados na cera de abelha, na superfície de folhas de frutas e no cerume (cera de ouvido); Lipídios conjugados/fosfolipídios - contêm outras substâncias além de álcoois e ácidos graxos - estão na membrana celular e nos neurônios; Esteróides - não têm ácidos graxos - sais biliares, vitamina D, hormônios sexuais.

6 PROTEÍNAS – São as substâncias orgânicas mais abundantes. Função estrutural - formam praticamente todas as estruturas celulares; Formadas pela combinação e sequência de AMINOÁCIDOS (AA); Podem sofrer desnaturação por excesso de calor ou acidez; Desnaturação = rompimento das ligações da proteína, destruindo suas propriedades.

7 A estrutura de uma proteína é classificada de três formas: * Primária > sequência de AA; * Secundária > assume a forma de uma hélice ou de uma volta torcida; * Terciária > Se torce de novo, formando novelos ou fibras; * Quaternária > Associação de vários novelos ou fibras; * Proteínas simples - são formadas apenas por AA; * Proteínas conjugadas - proteína + radical não-protéico.

8 Aminoácidos * Cadeias de Carbono formadas por 1 grupo Carboxila + 1 grupo Amina; * Ligação peptídica - entre AA (peptídio = carboxila + amina); * AA naturais - produzidos pelo organismo; * AA essenciais - obtidos na alimentação, pois não podem ser formados a partir de outros e por isso devem ser obtidos por meio da alimentação.

9 ENZIMAS - São proteínas especiais que controlam o metabolismo No metabolismo, é preciso muita energia de ativação (Eat) para que se iniciarem algumas reações. Os catalisadores diminuem a quantidade de energia necessária; As enzimas agem como catalisadores para o metabolismo, evitando o prejuízo da estrutura celular: elas diminuem a Eat das reações; As enzimas possuem um CENTRO ATIVO, com formato capaz de encaixar nos reagentes da reação - os SUBSTRATOS; Ao encaixar nos substratos, ela enfraquece as ligações das moléculas; Após o processo, a enzima se separa do produto e pode repetir o processo com outros reagentes;

10 Só catalisam reações cujos reagentes tenham forma complementar à sua – que se encaixem no seu centro ativo - por isso são CATALISADORES ESPECÍFICOS - cada tipo de enzima serve para determinada reação ; Algumas têm atividade reversível ; Principais fatores que influenciam na atividade enzimática: pH - Ação em pH específico - cada enzima tem sua alcalinidade exata, quando sua atividade é máxima. Acima ou abaixo desse pH, a atividade diminui; Temperatura – Por serem proteínas, as enzimas possuem uma temperatura limite – acima dessa temperatura ocorre desnaturação. Há também uma faixa ótima de temperatura e uma faixa de atividade diminuída.

11 VITAMINAS Agem como coenzimas - ativam várias enzimas importantes para o metabolismo; Atuam em quantidade mínima; Produzidas por vegetais e alguns organismos unicelulares. Os animais as obtêm com a alimentação; AVITAMINOSE/HIPOVITAMINOSE/DOENÇA DE CARÊNCIA - distúrbios causados pela falta de certas vitaminas; Algumas vitaminas são obtidas dos alimentos sob a forma de PROVITAMINAS, uma forma ainda inativa da vitamina. A Provitamina A se transforma em vitamina A no fígado e no intestino; a provitamina D2 passa a vitamina D na pele, pela ação dos raios solares.

12 Divisão das Substâncias Inorgânicas As substâncias inorgânicas estão divididas em água e sais minerais. ÁGUA Importante para o metabolismo, pois dissolvidas as substâncias reagem mais facilmente; METABOLISMO = conjunto de transformações físicas, químicas e biológicas das substâncias nos organismos vivos; Funções: Reações de hidrólise; Solvente de substâncias; Equilíbrio hidrossalino; Equilíbrio térmico; Transporte de substâncias; Composição de fluidos corporais. SAIS MINERAIS Funções: Formam ossos e dentes ; Transmitem impulsos nervosos; Transporte de O2; Equilíbrio hidrossalino; Participam da fotossíntese; Controlam o pH celular; Contração e relaxamento muscular; Composição de hormônios.


Carregar ppt "Diferenças Entre Substâncias Orgânicas e Inorgânicas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google