A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mobile Learning: marco teórico Prof. Marcos Barros.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mobile Learning: marco teórico Prof. Marcos Barros."— Transcrição da apresentação:

1 Mobile Learning: marco teórico Prof. Marcos Barros

2 Mobile Learning na Docência Universitária Ampliação dos cursos na modalidade EAD em todo Brasil nas Instituições Federais. Novos concursos com vagas para professores na modalidade EAD. Fácil acesso às tecnologias móveis por parte dos professores

3 Arcabouço Teórico Preliminar Conectivismo Aprendizagem Autêntica Aprendizagem Situada Abordagem Ecológica Sócio-Cultural

4 Conectivismo George Siemens

5 George Siemens is an instructor at Red River College in Winnipeg, Manitoba, CanadaRed River College

6 MobiMOOC C+hello!http://mobimooc.wikispaces.com/a+MobiMOO C+hello Livre, Aberto e Online MOOC ( Massive + Open + Online + Course) 1ª semana Google Groups: 480 participantes Mensagens: 689 Blogs: 16 Delicius: 102

7 Teorias Behaviorismo Cognitivismo Construtivismo Conectivismo: uma nova teoria de aprendizagem para a era digital.

8 Aprendizagem Compreende a capacidade de construir conexões.

9 Conhecimento Não se adquire / Não é um objeto Compreende o crescimento e o desenvolvimento de conexões na mente e na sociedade.

10 Objetos de Aprendizagem Mente Computador Sociedade O conhecimento não é propositivo. Corresponde conexões entre essas entidades.

11 Objetivos do Conectivismo Como se cultivam e desenvolvem as redes? Processos que fomentem o desenvolvimento de uma rede. Analisa redes exitosas. Que redes realmente são exitosas?

12 Aprendizagem Autêntica Anthony Herrington Jan Herrington

13 Dr Jan Herrington Professor in Education at Murdoch University in Perth Western Australia, researching and teaching in the undergraduate and post-graduate programs in the School of Education. Jan’s current research focuses on the design of effective web-based learning environments for higher education and the use of authentic contexts and tasks as a central focus for web-based delivery of courses (http://www.authentictasks.uow.edu.au/).http://www.authentictasks.uow.edu.au/

14 Definição Concentra-se no mundo real, na resolução de porblemas complexos, através de exercícios em tempo real, atividades baseada em problemas, estudos de casos e participação em comunidades virtuais de prática.

15 10 Elementos da Aprendizagem Autêntica Relevância no mundo real Definição do problema Investigação sustentada Múltiplas fontes e perspectivas Colaboração Reflexão (metacognição) Perspectiva interdisciplinar Avaliação integrada Produtos refinados Múltiplas interpretações e resultados

16 Conectividade à Internet de alta velocidade para a prestação de informação multimídia, incluindo os dados dinâmicos e visualizações prática de fenômenos complexos e acesso à instrumentação remota em conjunto com consultoria especializada. Comunicação assíncrona e síncrona e ferramentas de redes sociais de apoio à equipe, incluindo a investigação colaborativa on-line, compartilhamento de recursos e construção do conhecimento. Pressupostos

17 Sistemas inteligentes de tutoria, laboratórios virtuais, e mecanismos de feedback que captam informações valiosas sobre o desempenho do aluno e ajudar os alunos a transferir a sua aprendizagem a novas situações. Os dispositivos móveis de acesso e entrada de dados durante investigações de campo

18 Aprendizagem Situada

19 Jean Lave, PhD É uma antropóloga social e da aprendizagem. Ela completou seu doutorado em Antropologia Social na Universidade de Harvard em Atualmente é Professora de Educação e Geografia da Universidade da Califórnia, Berkeley. Seus estudos de aprendizagem são reconhecidos como contribuições significativas para a psicologia educacional. Ela, juntamente com Etienne Wenger, foi pioneira na teoria da aprendizagem situada e da Comunidade de prática. Ela publicou três livros sobre o tema: Understanding Practice (co- authored with S. Chaiklin, 1993); Situated Learning: Legitimate Peripheral Participation (with E. Wenger, 1991); and Cognition in Practice (1988).

20 Definição Aprendizagem situada é uma teoria de instrução que sugere que a aprendizagem está naturalmente amarrada em atividades autênticas, contexto e cultura.

21 Instrutivismo Defenida pelo professor Social Construtivismo Negociada Teoria Situada Modelos de Aprendizagem Casos Ancoragem Aprendizagem baseada em Problemas Radical Construtiismo Definida pelo estudante

22 Pressupostos Estudantes podem interagir entre si e com o instrutor com a finalidade de compartilhar conhecimento. A cultura da aprendizagem pode ser cultivada Estudantes podem processar conceitos e informações completamente quando múltiplas opiniões, perspectivas ou crenças podem ser contabilziadas ao redor do grupo.

23 Estágios da Aprendizagem Cognitiva Professores devem considerar que as estratégias de aprendizagem devem envolver uma tarefa. Professores designam alicerces que encorajam os estudanres para aplicarem estratégias. As atividades deveriam ser situadas ou orientadas a partir de resultados relevantes Professor modela estratégias e treina estudantes para aplicá-las em situações definidas.

24 Estudantes são requeridos a articular suas razões e métodos para resolver um problema. Estudantes são encourajados a refletirem e aprenderem a partir de outros aprouches. Professores gradualmente apoiam estudantes a aplicarem suas aprendizagens em relevantes problemas pessoais. Estágios da Aprendizagem Cognitiva

25 Abordagem Ecológica Sócio- Cultural Norbert Pachler Ben Bachmair John Cook

26 STRUCTURES CULTURAL PRACTICES AGENCYSTRUCTURES CULTURAL PRACTICES AGENCYSTRUCTURES CULTURAL PRACTICES AGENCY

27 Agency Novos hábitos de aprendizagem entre os jovens. Ambiente como recurso potencial para aprendizagem Mundo virou um currículo vivo com inúmeros usuários de dispositivos móveis.

28 Cultural Practice Interação social. Comunicação. Compartilhamento. A aprendizagem é visto como culturalmente situada significado dentro e fora das instituições de ensino. Uso da mídia no cotidiano tem alcançado significância cultural.

29 Structures Novos riscos sociais. Novas estratificaçoes sociais. Comunicação móvil. Currículos das instituições de ensino com específicas abordagens em relação à utilização de novos recursos culturais para a aprendizagem.


Carregar ppt "Mobile Learning: marco teórico Prof. Marcos Barros."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google