A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Faculdade de Motricidade Humana Universidade Técnica de Lisboa Docente: Profª Drª Paula Lebre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Faculdade de Motricidade Humana Universidade Técnica de Lisboa Docente: Profª Drª Paula Lebre."— Transcrição da apresentação:

1 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Faculdade de Motricidade Humana Universidade Técnica de Lisboa Docente: Profª Drª Paula Lebre Discentes: Felisbela Paixão Rita Carreira Sílvia Filipe Tracy da Silva

2 SociodramaIntrodução O que é o Sociodrama? Enquadramento do PIP no Sociodrama Descrição da Instituição e População-alvo Objectivos Gerais Sessão - Tipo

3 Sociodrama O que é o sociodrama? Técnica que permite discriminar quais os aspectos que vão de encontro ao agrado e ao desagrado de cada um (Garcia et al., 1994). Como medir as escolhas pessoais e grupais que permitem a interacção entre os elementos de um grupo? Sociometria Levy Moreno

4 Sociodrama O que é o Sociodrama? O Sociodrama é um método de acção grupal no qual os participantes reagem perante situações sociais espontaneamente (Garcia et al., 1994) Tema em concretoSituação social Processo de grupo criativo

5 Sociodrama O que é o sociodrama? (Garcia et al., 1994) em grupo Método Cada indivíduo selecciona e ordena espontaneamente uma situação social específica de acordo com a sua experiência Colocam-se na posição de outras pessoas Melhor compreensão dos acontecimentos, em relação a si próprios e aos outros

6 SociodramaSociodrama Clarificarem e a exprimirem os seus pensamentos e sentimentos Melhor compreensão de algumas situações Resolverem problemas ao nível das relações humanas Praticarem novos comportamentos Treinar aspectos com os quais o grupo se sinta desconfortável Esclarecerem os seus valores

7 Sociodrama Sociodrama - Objectivos Encarar situações difíceis de diferentes formas. Catharsis (Garcia et al., 1994) Emoções que acontecem nas representações Importante para reconhecer e expressar sentimentos, aliviando as emoções retidas, que quando não expressas constituem uma barreira emocional

8 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Sociodrama - Objectivos Role Training Transfer da situação, pois quando se deparar com a situação real, o seu corpo e a sua mente já vivenciaram uma situação semelhante, reagindo melhor aos imprevistos. Oportunidade de experienciarem novos papéis e situações em envolvimentos seguros

9 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Sociodrama - Objectivos Ocorre em acção, quando há o reconhecimento da verdadeira natureza de algo que desconhecemos. Insight Sinal de crescimento pessoal Novas perspectivas acerca da resolução de determinados problemas

10 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 PIP - Peer Implementation Project Desenvolver a Formação de Pares Mentores para subsequentemente promover o desenvolvimento de competências sociais com jovens. Associação do Sociodrama ao PIP (já a decorrer na instituição)

11 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Instituição Confecção/Reparação de Calçado; Hortofloricultura; Ajudantes de Cozinha; Costura em Série; Limpezas Industriais; Rouparia/Lavandaria; Transformação de Plásticos; Serigrafia; e Serventes de Construção Civil. A.P.P.A.C.D.M. - QUINTA DOS INGLESINHOS Instituição Privada de Solidariedade Social Apoio Ocupacional Áreas de formação profissional:

12 Sociodrama Dificuldades Intelectuais e Desenvolvimentais (DID) Défice cognitivo, significativamente abaixo da média Alterações no Comportamento Adaptativo Idade (18 anos) (Fonseca, 1995, cit. in Santos & Morato, 2002) Capacidade de atenção Concentração e memorização Baixa resistência à frustração Baixo nível motivacional Atraso no desenvolvimento da linguagem Dificuldades no PEA Dificuldades na adaptação social

13 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 População Quatro jovens-adultos Dificuldades Intelectuais e Desenvolvimentais (DID). Idades entre os 20 e os 26 anos. Dois deles apresentam Défice Auditivo Aparelho Auditivo

14 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Objectivos Gerais Do PIP, associados ao Sociodrama Desenvolver a capacidade de adaptar os comportamentos aos vários contextos sociais; Promover a auto-estima; Promover a noção de auto- conceito; Reconhecer e expressar sentimentos; e Reconhecer e gerir a distância interpessoal. Promover a qualidade de vida; Promover comportamentos assertivos perante situações de conflito; Promover o estabelecimento de relações interpessoais; Desenvolver a capacidade de auto- controlo; Desenvolver competências de comunicação;

15 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Sessão Tipo 1)Conversa Inicial 2)Parte Fundamental 2.1) Actividade 1 2.2) Actividade 2 1)Actividade de Relaxação 2)Conversa Final

16 Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Conclusão Ajustamento das actividades à População; Adequação das actividades ao Sociodrama; Pertinência do trabalho em Sociodrama com esta População;

17 SociodramaVídeo


Carregar ppt "Sociodrama Corporeidade e Terapias Expressivas 2008/2009 Faculdade de Motricidade Humana Universidade Técnica de Lisboa Docente: Profª Drª Paula Lebre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google