A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PNLD – 2013 Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A Resolução CNE/CEB Nº 7, de 14 de dezembro de 2010 Fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PNLD – 2013 Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A Resolução CNE/CEB Nº 7, de 14 de dezembro de 2010 Fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino."— Transcrição da apresentação:

1 PNLD – 2013 Anos Iniciais do Ensino Fundamental

2 A Resolução CNE/CEB Nº 7, de 14 de dezembro de 2010 Fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos, em especial no Art. 30. Os três anos iniciais do Ensino Fundamental devem assegurar:

3 I.A Alfabetização e o Letramento; II.O desenvolvimento das diversas formas de expressão: língua portuguesa, a literatura, a música e demais artes, a educação física, assim como o aprendizado da matemática, da ciência, da história e da geografia;

4 III.A continuidade da aprendizagem como um ciclo sequencial garantindo o prosseguimento dos estudos; Cabe aos professores adotar formas de trabalho que proporcionem maior mobilidade das crianças nas salas de aula…

5 …e as levem a explorar mais intensamente as diversas linguagens artísticas, a começar pela literatura, a utilizar materiais que ofereçam oportunidades de raciocinar, manuseando-os e explorando as suas características e propriedades.

6 A escolha O processo de escolha deve ser realizado pelo conjunto de professores de cada escola, considerando-se:

7 A preocupação com a formação integral dos alunos, buscando aliar aos conteúdos didáticos elementos para o debate e a reflexão, contribuindo para a formação cidadã dos educandos.

8 Analisar quais obras apresentam as características consideradas importantes para atender ao projeto político pedagógico da escola e que melhor se adaptam à realidade de seus alunos.

9 Analisar as obras atualmente em uso: isso possibilita uma reflexão sobre o trabalho desenvolvido na escola e considerar um novo material a partir das questões: A seleção de conteúdos é adequada?

10 A sequência em que são apresentados obedece à progressão da aprendizagem planejada por sua escola? O conjunto de conteúdos, assim como o tratamento didático dado a eles, é adequado para o seu aluno e está de acordo com o currículo? A linguagem é clara e precisa?

11 Texto das explicações é acessível para os alunos? As atividades se preocupam em ajudar o aluno a entender os textos? Manual de orientação do professor contribuiu o suficiente para um melhor uso do material?

12 A forma como as coleções se apresentam no PNLD 2013 tem por objetivo atender às novas demandas apresentadas no âmbito da reorganização do Ensino Fundamental de nove anos e da constituição de um ciclo para os três primeiros anos desse segmento.

13 Assim, as coleções estão organizadas: letramento e alfabetização (1º ao 3º) e de língua portuguesa (4º ao 5º), de alfabetização matemática (1º ao 3º) e de matemática (4º ao 5º).

14 Língua Portuguesa Critérios eliminatórios específicos Explicitar clara e corretamente as concepções de língua/linguagem e de ensino-aprendizagem que adota, assim como os princípios teórico- metodológicos assumidos e os objetivos da proposta didático- pedagógica;

15 Manter-se coerente com os princípios e objetivos dessa proposta, respeitando os preceitos que lhe dão identidade e que permitem não só identificá-la, mas compreender seu alcance e operá-la de forma adequada;

16 Descrever com precisão e funcionalidade, do ponto de vista dos usuários visados, a organização geral da proposta; Explicitar e justificar, no caso de recorrer a mais de um modelo didático-metodológico,

17 ...o arranjo proposto, indicando claramente a articulação entre seus componentes; isso, necessário no caso dos livros destinados à alfabetização, cujos objetos de ensino e de aprendizagem, relacionados ao letramento e à alfabetização, demandam, por sua natureza diversa, tratamentos didáticos específicos;

18 Desenvolver as capacidades inerentes à leitura e à produção da escrita, à compreensão e produção de textos orais e à reflexão sobre a língua e a linguagem.

19 Critérios de organização didático-metodológica Selecionar e articular os conteúdos de forma a garantir a progressão do ensino-aprendizagem;

20 Solicitar do aluno o uso das funções cognitivas requeridas para a elaboração de novos objetos de conhecimento, respeitando a progressão necessária a essa elaboração; Oferecer suportes para o exercício de operações de nível superior (análise, síntese, resolução de problemas);

21 Favorecer a integração e a interpretação dos novos conhecimentos no conjunto sistematizado de saberes; Orientar os professores no que diz respeito à identificação e à avaliação dos conhecimentos adquiridos pelo aluno;

22 Considerando os quatro eixos que organizam o ensino-aprendizagem em língua materna (1. Leitura; 2. Produção de textos; 3. Oralidade; 4. Análise e reflexão sobre a língua, com a construção correlata de conhecimentos linguísticos),

23 ...a coerência e a adequação da abordagem teórico-metodológica assumida pelas coleções devem pautar-se, ainda, por dois outros grupos de critérios.

24 Relativos à natureza dos textos selecionados A seleção textual deve justificar-se pela qualidade da experiência de leitura que possa propiciar e não pela possibilidade de exploração de conteúdos curriculares; os pseudotextos, criados única e exclusivamente com objetivos didáticos, são inaceitáveis;

25 Os gêneros discursivos presentes na coleção devem ser representativos da heterogeneidade do mundo da escrita, inclusive no que diz respeito a registros, estilos e variedades (sociais e regionais) do Português;

26 Os textos da tradição literária de língua portuguesa são imprescindíveis, especialmente os da literatura brasileira; Os autores devem ser representativos de diferentes tendências, estilos e/ou movimentos;

27 Nos volumes que compõem a coleção de Letramento e Alfabetização, a presença de textos da tradição e da literatura oral é imprescindível;

28 É imprescindível a presença de textos pertencentes a esferas socialmente mais significativas de uso da linguagem (como a jornalística, a científica etc.);

29 Entre os textos selecionados, os integrais devem comparecer em quantidade significativa; no caso dos fragmentos, é de fundamental importância que a unidade esteja preservada e que os cortes sejam adequadamente assinalados;

30 As fontes completas de cada texto ou fragmento precisam vir claramente indicadas; A coleção deve incentivar professores e alunos a buscarem textos e informações fora dos limites do próprio livro didático.

31 Relativos ao trabalho com o texto Organização de práticas pertinentes e adequadas de letramento, que levem o aluno a conviver com diferentes funções da escrita e a reconhecer e assimilar características, instrumentos;

32 A compreensão dos princípios que regulam a escrita alfabética, por meio de atividades de análise e reflexão sobre as propriedades sonoras da fala e sua relação com os recursos gráficos da escrita;

33 O desenvolvimento da fluência, tanto na leitura e na escrita quanto nas práticas de linguagem oral de interesse escolar.


Carregar ppt "PNLD – 2013 Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A Resolução CNE/CEB Nº 7, de 14 de dezembro de 2010 Fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google