A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof Elly Astrid Vedam. Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; – Identificar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof Elly Astrid Vedam. Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; – Identificar."— Transcrição da apresentação:

1 Prof Elly Astrid Vedam

2 Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; – Identificar conflitos no ambiente de seu negócio, calculando e avaliando riscos. – Estabelecer estratégias de negociação para resolução de conflitos e riscos.

3 O líder tem a capacidade de motivar seus colaboradores para realizarem seus projetos.

4 possui autoridade, mas não é autoritário; é criativo, propõe soluções e ações inovadoras; é capaz de ouvir opiniões contrárias à sua e as avalia com profissionalismo; é capaz de constituir um time; é assertivo;

5

6 Afirma-se de que o Perfil de liderança é único. O líder de uma grande corporação tem as mesmas características pessoais que os líderes de pequenas e médias empresas. O que pode mudar é a preferência pessoal do líder para ser um executivo de uma grande corporação ou atuar em empresas de pequeno e médio porte. Entretanto, as características da liderança são comuns a todos os ambientes de trabalho.

7 Idalberto Chiavenato (2005, p. 158) afirma que Uma excelente equipe não é formada ao acaso. Ela precisa ser construída dia-a-dia.

8 cada pessoa é única, com sua individualidade, suas experiências de vida, sua formação acadêmica e o contexto socioeconômico no qual cresceu e vive; - o empreendedor deve sentir-se seguro ao delegar atividades e responsabilidades a fim de liberar-se das atividades cotidianas para poder prospectar e ter a visão do todo de seu negócio.

9 Escolha da equipe: A formação de uma equipe de sucesso inicia-se no recrutamento e seleção adequados. Procure os talentos e não as mediocridades. Desenho das atividades: Cabe ao líder definir, claramente, o papel de cada pessoa da equipe. Costuma-se dizer que não há funcionário ruim, mas funcionário na função errada. Um dos grandes desafios do líder é alocar os colaboradores nas funções em que eles possam obter sua melhor performance.

10 Treinamento: Atualmente, sabemos que a formação da equipe inicia-se no processo de contratação/recrutamento, mas não pára aí. Programas permanentes de capacitação (cursos, palestras, MBAs e outros) são importantes. Liderança: Liderar significa orientar, definir rumos e metas, ajudar as pessoas a ultrapassarem suas dificuldades, monitorar e motivar a equipe. Empowerment – o bom líder é capaz de prover seu time com a energia e vitalidade adequadas para a superação dos desafios. Relacionar-se com cada colaborador, individualmente e com o grupo, orientando e formando o time.

11 Motivação: A motivação pode ser trabalhada por meios financeiros (prêmios, recompensas, participação nos resultados) e por meios não financeiros (reconhecimento público, tapinha nas costas, e outros). Saber ouvir os anseios do grupo, dar respostas coerentes, não permitir que dúvidas e inseguranças cresçam e acompanhar o clima organizacional são atitudes que minimizam a possibilidade de surgir problemas na equipe. Remuneração: É um importante motivador. Defina um sistema de recompensas com base no desempenho individual e grupal. Cumpra sempre o que prometeu. Avaliação do desempenho: Monitorar e avaliar a equipe, continuamente, até mesmo, diariamente. Proporcione feedback e autodesenvolvimento à equipe.

12 Objetivos claros - missão e objetivos da equipe devem ser bem definidos e aceitos por todos; Visão coordenada - visão conjunta e coerente da situação; Distribuição das posições - distribuição transparente dos cargos e funções;

13 Decisões colaborativas - evitar formalidades e burocracias, sem prescindir de controles internos adequados; Liderança compartilhada - delegação com responsabilidade; Novas idéias - propiciar que a equipe seja capaz de resolver seus problemas de forma inovadora e criativa.

14 Chiavenato (2005, p. 161) avança no estudo da liderança e afirma que as empresas estão envolvidas em um processo de transformação de recursos em produtos e/ou serviços. O Sistema Gerencial constitui-se do Subsistema social e do Subsistema técnico.

15

16 Administração da tecnologia, processos, técnicas de produção etc. Instalações físicas (máquinas, instrumentos, tecnologia). Tarefas a serem executadas. Responsável pela eficiência potencial.

17 Pessoas e suas características físicas e psicológicas. Cultura organizacional, relações sociais. Responsável pela conversão da eficiência potencial em real.


Carregar ppt "Prof Elly Astrid Vedam. Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; – Identificar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google