A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Arte e representação. O que distingue realidade e ficção?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Arte e representação. O que distingue realidade e ficção?"— Transcrição da apresentação:

1 Arte e representação

2 O que distingue realidade e ficção?

3 REALIDADE Tudo o que existe no mundo, conhecido; Tudo que identificamos como concreto e verdadeiro; Tudo que é factual.

4 FICÇÃO Relaciona-se à criação. À invenção, à fantasia, ao imaginário; Promove a construção ou a representação de uma realidade, com um objetivo específico de:

5 Promover a reflexão; Encantar; Criticar; Divertir, etc. Os mundos ficcionais podem corresponder à realidade ou propor novas realidades imaginadas.

6 Toda obra de ARTE é uma Representação da realidade

7 O que é arte afinal? Durante muito tempo a arte foi entendida como: REPRESENTAÇÃO DO BELO

8 O QUE É BELO ? Na antiguidade estava relacionado ao conceito de harmonia, proporção entre formas – Ideal de beleza grego – SER HUMANO – modelo de perfeição; Século XIX – romantismo – sentimento e a imaginação eram os princípios de criação artística – BELO desvinculado da harmonia das formas.

9 Século XX em diante – diferentes formas de conceber o modo de fazer artístico Deixa de ser representação do belo Passa a expressar também:

10 O movimento; A luz ou a interpretação geométrica das formas existentes; Poder de recriá-las; Em alguns casos representa o inconsciente do ser humano.

11 A ARTE passa a ser entendida como permanente Recriação de uma linguagem Meio de provocar a reflexão no observador sobre o lugar da própria arte na sociedade de consumo.

12 PROVOCAÇÃO; ESPAÇO DE REFLEXÃO E INTERPRETAÇÃO; REFLEXO DO ARTISTA; EXPRESSÃO DE UMA ÉPOCA E CULTURA.

13 Várias formas de artes Pintura; Escultura; Música; Fotografia; Arquitetura; Dança; Cinema; Literatura oral e escrita; Teatro e outras.

14 Agente da produção artística Os contextos de produção de uma obra dão pistas sobre o seus significados e sobre as intenções do seu autor. Se a arte revela uma maneira de ver o mundo cada artista revela seu olhar sobre a realidade de seu tempo.

15 Portanto toda OBRA DE ARTE interage com o PÚBLICO Participa das escolhas que o artista faz; Ao estabelecer o diálogo com a obra, participa da sua construção e do sentido que ela pode exprimir.

16 A ARTE se manifesta através de determinada LINGUAGEM que se desenvolve em uma ESTRUTURA e circula em determinado MEIO.

17 ARTISTA; CONTEXTO; PÚBLICO; Exemplo: um filme produzido para TV é diferente do produzido para o cinema. RESUMINDO Os agentes que contribuíram parra sua criação LINGUAGEM; ESTRUTURA; MODO DE CIRCULAÇÃO.

18 Mona Lisa - Leonardo da Vinci

19 Mona Lisa - Marcel Duchamp

20 Mona Lisa - Basquiat 1983

21 Literatura = Arte Tradição e ruptura O que antecede como afirmação do status quo; Provoca um questionamento; Ruptura – nova forma de dizer o antigo dentro de um mesmo gênero; Contexto histórico. Estranhamento Condição da arte contemporânea; Transformar ideias preconcebidas sobre o mundo; A literatura seria conhecer o mundo como sensação, visão e não como reconhecimento

22 Para entender literatura é necessário:

23 Interpretar a obra literária inserida em um contexto, (quem escreve, sobre o que escreve e em que momento);

24 Reconhecer o mundo ficcional que foi criado;

25 Observar a estrutura do texto;

26 Identificar o gênero e como se constrói o texto: narrador e eu lírico;

27 Identificar os jogos temporais, as descrições e a voz do personagem;

28 Reconhecer a liberdade do autor no emprego da linguagem e a liberdade do leitor quanto a interpretação;

29 Estabelecer a ligação da literatura com as outras artes.

30 Para aprofundar os níveis de interação entre os textos

31 Os aspectos que caracterizam os gêneros E NTENDER

32 GÊNERO DRAMÁTICO Escrito parta se tornar espetáculo; A figura do narrador não é importante; A ação se desenvolve a partir de diálogos; Elaborado para circular com a presença de público;

33 DRAMA AÇÃO Pressupõe personagens; Um tempo e um espaço determinados; Representação das práticas sociais; Apresenta dois textos: a fala dos personagens e as suas sensações;

34 GÊNERO NARRATIVO Narrativas predominantes na atualidade: romance; crônica e o conto; Objetivo de apresentar/representa a vida comum;

35 Aspectos que constituem o gênero Enredo - o desenrolar dos acontecimentos, revelado pela estrutura narrativa, envolvendo um conflito; Personagens - protagonistas/antagonistas. Idealizados (heróis) ou perto do real; Ambiente – cenário Tempo – definido pelo narrador

36 GÊNERO LÍRICO Subjetivo. Centrado no mundo interior do poeta; Predomínio da emoção.

37 Características perceptíveis aos sentidos Musicalidade; Espaço que ocupa na página; Uso de figuras de linguagem e o sentido conotativo da palavra; Maior ou menor liberdade na construção do texto;

38 Intertextualidade Relação entre textos diferentes; Reconhecer que todo texto é um mosaico de citações; Renova um diálogo que já existe; Acontece na produção e recepção do texto;

39 Referência Bibliográfica FILIPOUSKI, Ana Mariza e MARCHI, Diana Maria. A formação do leitor jovem: temas e gêneros da literatura. Erechim, RS: Edelbra, 2009, p Sobre Leonardo Sobre Marcel Duchamp desenhista-e-pintor.html Sobre Jean-Michel Basquiat: basquiat.html


Carregar ppt "Arte e representação. O que distingue realidade e ficção?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google