A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAHL BRASIL SUSTENTÁVEL Plano de Ação de Humanos Livres.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAHL BRASIL SUSTENTÁVEL Plano de Ação de Humanos Livres."— Transcrição da apresentação:

1 PAHL BRASIL SUSTENTÁVEL Plano de Ação de Humanos Livres

2 PAHL – Plano de Ação de Humanos Livres TZOLKIN

3 Os 13 Tons Galácticos

4

5 O PAHL é uma metodologia de gestão de teais sistêmicas na qual os bairros e/ou localidades são vistos como subsistemas, de um sistema maior que são as cidades. Metodologia PAHL Bairro A Bairro C Bairro B Bairro E Bairro D Cidade X As cidades, por sua vez, são elementos de uma teia ainda maior. O que é uma teia?

6 Redes O mais conhecido divulgador dos estudos interdisciplinares que têm o conceito de Redes (Teias) como protagonista é o físico austríaco Fritjof Capra, autor de A Teia da Vida, em que ele apresenta: Onde quer que encontremos sistamas vivos – organismos, partes de organismos ou comunidade de organismos – podemos observar que seus componentes estão arranjados à maneira de redes. Sempre que olhamos para a vida, olhamos para redes (teias). Fritjof Capra, 1996 As redes são hoje uma alternativa para o envolvimento social

7 Missão e Valores O PAHL tem como missão apoiar iniciativas para o (des)envolvimento integral e sustentável de uma biorregião. Integralidade Sustentabilidade Diversidade Valores

8 Frentes de Atuação O PAHL possui cinco frentes de atuação, a saber: Saúde (Saúde Integral) Moradia ( Bio-Construção ) Educação (Eco-Educação) Economia ( Economia Solidária ) Meio Ambiente (Permacultura) Arte, Cultura e Lazer

9 Tons - METODOLOGIA O PAHL propõe uma atuação transdisciplinar, inter-pessoal, inter- institucional, inter-governamental, visando a sustentabilidade. A proposta se utiliza de uma ferramenta sistêmica, baseada na Civilização Maia, que do século IV a VI d.c., organizava suas comunidades com a base metodológica descrita a seguir. Treze etapas de criação, com ações que, no contexto próprio de cada realidade, reorganizam socialmente uma comunidade, tornando-a sustentável. Estas treze etapas recebem o nome de TONS, pois viam a organização socio política equilibrada como uma sinfonia.

10 Tom 1 – Propósito TomNomePoderAçãoEssência ( 1 )MagnéticoUnificaAtraiPropósito O primeiro tom traz o propósito do PAHL: Preservar a vida no Planeta Terra. Unificar ações, atraindo a organização das comunidades para a sustentabilidade. AçõesMeios Identificação de lideranças comunitárias Capacitação das Lideranças identificadas. Levantar as potencialidades e desafios da bio região. Leitura Comunitária. Diagnóstico da realidade socio, política, ambiental, espiritual, cultural e econômica

11 Tom 2 – Desafio Estabilizar as resistências presentes na comunidade para a realização do propósito. Polarizar com ações de ordem ambiental, econômica, sócio-cultural, política e espiritual. AçõesMeios Reconhecer as resistências presentes. Busca de informações na comunidade e em instituições e organizações afins. Aceitar estas resistências, como um processo de preparação para a ativação do propósito. Reflexão dos contextos levantados nos diversos âmbitos sociais em organização. TomNomePoderAçãoEssência ( 2 )LunarPolarizaEstabilizaDesafio

12 Tom 3 – Ativação do Propósito Ativar a mobilização comunitária, vinculando a criação de planos de ação a serviço do cumprimento do propósito. AçõesMeios Apoiar a mobilização comunitária com planos de ação que promovam o empodeiramen to social para o cumprimento do propósito. Viabilizar a ativação das articulações inter- instituicionais e inter-pessoais, inter- governamentais. Participar ativamente dos diversos grupos em organização. TomNomePoderAçãoEssência ( 3 )ElétricoAtivaVinculaServiço

13 Tom 4 – Forma do Propósito Definir planos de reorganização coletivos, medindo a forma de ação e apoio. AçõesMeios Apoiar a formação de teias de ação coletiva, capacitando os envolvidos. Busca de recursos para a execução dos projetos e ações. Executar os planos de ação e projetos elaborados coletivamente. TomNomePoderAçãoEssência ( 4 )Auto-ExistenteDefineMedeForma

14 Tom 5 – Comando do Propósito Comandar e potencializar as ações em teia, na comunidade. Harmonizar essas ações, irradiando unidade na simplicidade, potencializando cada um na sua expressão individual, gerando valores e mudanças estratégicas. AçõesMeios Apoiar a formação de grupos em circularidade. Busca de facilitadores para o processo de formação circular dos planos de ação. Auxiliar a Implementação de espaços que permitam vivenciar novos modelos de ação circular. TomNomePoderAçãoEssência ( 5 )HarmônicoPotencializaComandaRadiação

15 Tom 6 – Organização do Propósito Organizar os indivíduos, equilibrando as ações para uma maior igualdade, com ritmos de encontros que favoreçam as relações de confiança mútua. AçõesMeios Capacitar os grupos para os planos de ação coletivos. Aprendizagem ativa de como realizar ações em comum. Organizar grupos para implementar os projetos propostos e conectar as teias. Organizar espaços próprios que permitam a igualdade de ações em conexão. Ex. informática TomNomePoderAçãoEssência ( 6 )RítmicoOrganizaEquilibraIgualdade

16 Tom 7 – Ressonância (Comunicação) do Propósito Canalizar as idéias e ações inspirando a criação de canais de comunicação que harmonizem e ressonem na comunidade,. Fortalecer e retro-alimentar as ações em teia e a teia como um todo. AçõesMeios Capacitar pessoas da comunidade para utilização das diversas linguagens de comunicação. Produção de folhetos, vídeos, filmes, rádios comunitárias, jornais locais, revistas de livre circulação. Incentivar e apoiar as teias de ação a partir de escolas públicas e/ou privadas que possam integar a comunidade. Uso prioritário de softwares livres e canais comunitários de televisão. TomNomePoderAçãoEssência ( 7 )RessonanteCanaliza Inspira Harmonização

17 Tom 8 – Integração do Propósito Integrar os planos de ação em harmonia com o modelo desenhado pela teia comunitária. AçõesMeios Viabilizar e modelar os planos de ação criados. Recursos econômicos que promovam e mantenham a sustentabilidade comunitária. Incentivar a realização dos planos de ação e inclusão social. Integrar o espaço rural e urbano. Integrar recursos humanos e materiais da comunidade organizada e do poder público para as ações previstas. TomNomePoderAçãoEssência ( 8 )GalácticoHarmonizaModelaIntegridade

18 Tom 9 – Realização do Propósito Realiza o propósito, pulsando a interação das ações da população sensibilizada na formação das teias comunitárias. Para a civilização Maia este tom da realização do propósito é como o pulsar do Sol. AçõesMeios Expandir, apoiar e manter as ações já iniciadas. Revitalizar e criar espaços culturais nas comunidades. Abrir possibilidades de realização de novos projetos consequentes. Ampliar teias de capacitação que venham de encontro a necessidade da comunidade, dentro das áreas propostas pelo PAHL. TomNomePoderAçãoEssência ( 9 )SolarPulsa Realiza Interação

19 Tom 10 – Aperfeiçoamento do Propósito Manifestar, estimular, aperfeiçoar a teia dos planos de ação, produzindo o equilíbrio entre autonomia e a interdependência nas comunidades. AçõesMeios Promover e apoiar intercâmbio entre os integrantes da teia para troca de experiências afim de aperfeiçoar as ações locais. Formação de grupos dispostos a dialogar e atuar com membros da teia de forma virtual e presencial. Introduzir e apoiar a criação de ações dentro de um novo paradigma de vida. Disponibilizar os recursos necessários. TomNomePoderAçãoEssência ( 10 )PlanetárioAperfeiçoa Produz Manifestação

20 Tom 11 – Liberação do Propósito Liberar os planos de ação para as demais teias, com foco no paradigma sistêmico. Tranversalizar dentro de um estilo de vida simples, saudável com recursos vindos da própria comunidade, dissolvendo as diferenças. AçõesMeios Incentivar a criação de centros de capacitação com metologias embasadas na aprendizagem prática; Apoiar a comunidade, solicitando os recursos dos órgãos públicos para uma mudança profunda no sistema educacional. Envolver cidadãos de todas as áreas de atuação existentes na comunidade nesta nova forma de ensinar. TomNomePoderAçãoEssência ( 11 )Espectral DissolveLiberta Liberação

21 Tom 12 – Cooperação para o Propósito Universalizar as práticas que foram concebidas até então nas teias. Este tom promove a cooperação das teias, dedicando-se a busca da reflexão coletiva, a evolução e recriação social. AçõesMeios Apoiar a criação de espaços para práticas culturais, espirituais e artísticas em conjunto. Disponibilizar espaços que proporcionem o repensar comunitário. Apoiar a criação de espaços para práticas de diálogo, meditação e reflexão coletiva. TomNomePoderAçãoEssência ( 12 )Cristal DedicaUniversaliza Cooperação Disponibilizar recursos para a criação dos espaços ou revitalização de espaços já existentes.

22 Tom 13 –Transcendência do Propósito Perseverar na transcendência da ação comunitária a nível sistêmico, trazendo de volta a Presença Divina em tudo. Promover o re-encantar de nossas cidades valorizando a beleza do seu povo, recriando a magia de nossas relações com a Natureza. TomNomePoderAçãoEssência ( 13 )Cósmico PerseveraTranscende Presença


Carregar ppt "PAHL BRASIL SUSTENTÁVEL Plano de Ação de Humanos Livres."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google