A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENDOSCÓPIOS Nível de Segurança de Desinfecção Centro de Convenções Rebouças Maio/2009 Maria Águida Cassola.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENDOSCÓPIOS Nível de Segurança de Desinfecção Centro de Convenções Rebouças Maio/2009 Maria Águida Cassola."— Transcrição da apresentação:

1 ENDOSCÓPIOS Nível de Segurança de Desinfecção Centro de Convenções Rebouças Maio/2009 Maria Águida Cassola

2 ISO WASHER DISINFECTORS PART 4 FLEXIBLE ENDOSCOPES Part 1 General Requirements Part 2 Surgical Instruments Anesthetic Lumen Part 3 Human Waste Containers Part 5 Test soils and cleaning Efficacy tests

3 DAL (Disinfection Assurance Level) ou NSD (Nível de Segurança de Desinfecção Responsabilidades (Fabricante máquina, artigo, agentes químicos e Usuários) Complexidade do artigo ( endoscópio flexível) Variáveis de processo (diretas e indiretas)

4 Variáveis... Endoscópio Pré limpeza Carga microbiana Água Ágentes Químicos Ar Estrutura equipamento (temperatura, pressão, tempo, dosagem, racks, drenagem, etc)......

5 Endoscópio X Norma Leak test – Assegura integridade durante o processo – Pode ser feito manual ou automaticamente – Automático Antes, Durante e no final do processo Controlador deve indicar falha (temperature sensitive) Design de conectores que permitam diferentes conexões (canais de irrigação e leak test) Channel Check ( Teste de não Obstrução de Canais)

6 Channel Check Especificação de fluxo, volume, pressão, rate, etc para o processo baseado nas especificações do fabricante do artigo. Controlador do processo deve detectar falha em caso de obstrução

7 Artigo de Teste Canais de Ar e Água Canais de Biopsia e Sucção A - Válvula ar/água B – Conector água C – Parte distal D – Conector ar 1-5 -Posições de teste A - Válvula sucção B – Biopsia distal C – Parte distal 6-8 -Posições de teste Luer Lock

8 Innova E-series portfolio Innova E3-CC with integrated channel check Channel Check Ex.: Equipamentos Existentes

9 Innova E-series portfolio External channel check devices as upgrade for existing machines Channel Check Ex.: Equipamentos Existentes

10 3 x Innova E5-CC (Aalborg, Denmark) Channel Check Ex.: Equipamentos Existentes

11 Limpeza/Desinfecção X Norma Type Test (especificação agentes de limpeza e desinfecção) Work test (IQ, OQ, PQ) Especificações de qualidade da água – Lavagem – Enxágue Secagem Auto Desinfecção

12 Type Test Seguir especificações prévias do fabricante dos agentes químicos -condições de validação ([ ], shelf life) Usar artigo teste antes do artigo real Eleger artigos que representem a família Definir soil tests (iguais ou diferentes) Definir microrganismos (Pseudomonas, Staphylococcus, Mycobacterium, etc)

13 Método Inóculo – não menos que 10 8 ufc/ml para bactérias, por exemplo Artigos – Usar artigos teste PTFE (150 mm comprimento e diâmetros compatíveis) Método de recuperação – Diluição e alíquotas Procedimento – Avaliação inóculo – Avaliação de remoção física usando esporos* como indicador – Avaliação da atividade desinfetante Resultados

14 Procedimento I nóculo - checagem da carga Avaliação remoção física – exposição do artigo teste ao estágio de desinfecção (usando água). – Inóculo inicial – remanescente artigo = esporos removidos fisicamente no processo – Remanescente = 10 5 Avaliação da atividade desinfetante – idem, testes em duplicata por M.O. (mínimas condições de [], T, t) – Resultados: Redução mínima de 6 logs para bactérias Redução mínima de 5 logs para mycobactérias Redução mínima de 4 logs para esporos

15 Work Tests IQ – em acordo com especificações do fabricante OQ – deve estabelecer que as variáveis que afetam o processo de desinfecção estão dentro dos limites estabelecidos durante o type test. PQ – M.O. incorporados a test soils podem ser usados quando requerido. Resultado de contagem de água de enxágue final deve ser 0 (zero) para situações clínicas de rotina.

16 Resultados Reais Innova E3 BHT* Tempo de ciclo – 38 min Temperatura – 55 o C (limpeza) e 25 o C (Desinf.) Controller – leak tests, channel check block Câmara – Pressurizada sem conexão mecânica Detergente ( Alcalino) e Desinfetante (Aldeído) Endoscópio usado: Gastroscope Pentax EC 380 TI Microrganismo: Mycobacterium terrae ATCC Test soil: sangue de ovelha estéril com heparina Report: Instituto de Medicina, Microbiologia e Higiene Alemanha.

17 Resultados Log cfu/channel Log Reduction Testcontrol Channel Biopsy6,28000>= 6,28 Air/Water6,43000>= 6,43 Rinse6,79000>= 6,79 Test machine: BHT Innova E3 Endoscope: Gastroscope Pentax EC 3830 TL Contamination: 7,83 log cfu M. terrae + heparinezed blood

18 Água Lavagem Enxágue Condutividade Deionizador Caldeira – disinfector boiler Ou Filtros Design do Equipamento deve permitir amostragens no ponto de descarga da câmara.

19 Auto – Desinfecção X Norma A Desinfecção Térmica é preferencial Caso não seja possível, usar desinfetante diferente do da rotina Seguir orientação do fabricante com relação ao processo DI – submetido à desinfecção periódica para garantir < 10 ufc/100 ml

20 Documentação Outros acessórios Bar codes/Registro Impresso/Conexão a PC

21 Conclusão Como prevenir e evitar infecções??? Processos automáticos podem controlar muito mais variáveis que um processo manual! REPRODUTIBILIDADE É FUNDAMENTAL !

22 Relax Time Obrigada!


Carregar ppt "ENDOSCÓPIOS Nível de Segurança de Desinfecção Centro de Convenções Rebouças Maio/2009 Maria Águida Cassola."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google