A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Proteínas A Base Molecular da Vida Prof(a): Alexsandra Ribeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Proteínas A Base Molecular da Vida Prof(a): Alexsandra Ribeiro."— Transcrição da apresentação:

1 Proteínas A Base Molecular da Vida Prof(a): Alexsandra Ribeiro

2 Sumário 01. Introdução 02. Composição molecular das proteínas – Os Aminoácidos 03. Estrutura das Proteínas 04. Desnaturação 05. Funções das Proteínas 06.Enzimas

3 Introdução Definição – As proteínas são polímeros constituídos de monômeros chamados aminoácidos. Compõem-se basicamente de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. As proteínas fazem parte da estrutura de células, do funcionamento do organismo, uma vez que o controle das reações químicas depende das enzimas, que são proteínas. São também proteínas alguns hormônios e os anticorpos.

4 Composição molecular das proteínas – Os Aminoácidos Os aminoácidos são moléculas com um grupamento amina (-NH 2 ) e um grupo carboxila (COOH). Existem 20 tipos de aminoácidos que participam da formação das proteínas.

5 OBS: Os aminoácidos diferem entre si pelo grupo R ligado ao carbono central.

6 Os aminoácidos (cont.) Ligação peptídica – a união entre moléculas de aminoácidos se dá por ligação peptídica, com liberação de uma molécula de água. OBS: Oligopeptídeo (ou dipeptídeo): união de duas a dez moléculas de aminoácidos. Polipeptídeos: união de mais de dez moléculas de aminoácidos.

7 Os aminoácidos (cont.) Aminoácidos essenciais : são aqueles que o organismo não sintetiza e devem ser obtidos por meio da alimentação. (ver fig. ao lado) Aminoácidos naturais ou não essenciais : são aqueles sintetizados pelo organismo.

8 Estrutura das Proteínas Diferenças entre as proteínas: -Número de aminoácidos -Tipos de aminoácidos - Seqüência de aminoácidos

9 Estrutura das Proteínas (cont) Estrutura primária : seqüência linear de aminoácidos. Estrutura secundária : enrolamento da cadeia polipeptídica (hélice) que é mantida por pontes de hidrogênio. Estrutura terciária : enrolamento da estrutura secundária. Estrutura quaternária : associação de duas ou mais cadeias polipeptídicas.

10 Estrutura das Proteínas (cont) (Estrutura primária) (Estrutura terciária) (Estrutura secundária) (Estrutura quaternária)

11 Desnaturação Desnaturação – mudanças (reversíveis ou não) da conformação normal de uma molécula de proteína, sem modificação da estrutura primária, constituem a desnaturação, que altera as propriedades e a atividade da proteína.

12 Funções das Proteínas As proteínas desempenham múltiplas funções:

13 Enzimas Enzimas – são proteínas que agem como catalisadores. OBS: Catalisador – é uma substância que aumenta a velocidade de uma reação química, sem ser consumida durante o processo. Na maioria dos casos, a enzima está associada a uma substância química não-protéica, chamada de co- enzima. Há uma área da enzima (o centro ativo ) com formato capaz de se encaixar nos reagentes ( substratos ) e tornar mais fácil a reação entre eles.

14 Enzimas (cont) Influência das enzimas na energia de ativação

15 Enzimas (cont) Exemplo de ação enzimática

16 Enzimas (cont) Fatores que influenciam a atividade enzimática: -Concentração de substrato -Temperatura -pH

17 Fatores que influenciam a atividade enzimática: A, concentração de substrato; B, temperatura; a reação é interrompida com a desnaturação da enzima; C, pH; a pepsina é mais ativa em pH ácido e a tripsina em pH em alcalino.


Carregar ppt "Proteínas A Base Molecular da Vida Prof(a): Alexsandra Ribeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google