A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade de Brasília Faculdade de Farmácia Hospital Universitário de Brasília Brasília-DF, 2014 Prof. Esp. Ms. PhD. HUGO C. O. SANTOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade de Brasília Faculdade de Farmácia Hospital Universitário de Brasília Brasília-DF, 2014 Prof. Esp. Ms. PhD. HUGO C. O. SANTOS."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade de Brasília Faculdade de Farmácia Hospital Universitário de Brasília Brasília-DF, 2014 Prof. Esp. Ms. PhD. HUGO C. O. SANTOS

2 Aula Disponível

3 “O SUCESSO não ocorre por acaso” “O SUCESSO é conseguir o que você quer!” Dr. Lair Ribeiro “Der o Melhor de si, supere limites” Ayrton Senna

4 REVISÃO - UnB Brasília tinha apenas dois anos quando ganhou, oficialmente, sua universidade federal. Inaugurada em 21 de abril de 1962.

5 REVISÃO - HUB Fonte: - Inaugurado durante o regime militar (1972) como unidade IPASE (42 anos); - Hospital Presidente Médici – HDFPM. Atenção aos servidores da União – HSU; - Em 1979, o HDFPM passou a ser administrado pela UnB (Inamps); -Em 1987, foi integrado à rede de serviços do DF – UnB, com quatro ministérios, passando a chamar-se Hospital Docente Assistencial – HDA - Em 1990, o hospital foi à UnB, passando a denominar-se Hospital Universitário de Brasília, (2005) Hospital de Ensino –SUS; , CONSUNI - HUB foi o primeiro dos 45 hospitais universitários – ass. contrato c/ EBSERH

6

7

8

9 AMMH Em uma organização, incluindo-se as instituições hospitalares universitárias públicas, a gestão de estoques deve estar voltado para o passado, o presente e principalmente para o futuro. Os SISTEMAS, o CONTROLE, a GESTÃO e os TREINAMENTOS permitem a percepção de desvios em relação ao PROGRAMADO, antes que esses atrapalhem o PLANEJAMENTO e as METAS. Os estoques são recursos “ociosos” que possuem valor!

10 Planejar Se você falha em planejar, você está planejando Falhar !

11 Padronização COMISSÃO MULTIDISCIPLINAR DE FARMÁCIA E TERAPÊUTICA SELEÇÃO Exclusão Inclusão

12

13 Políticas de Estoque I Consumo Médio Mensal (CMM) dos materiais de uso hospitalar, para cada item: a)Observe o Tempo de Reposição (TR) para os materiais, b) Calcule o Lote de Encomenda (LE), por item (quantidades?), c) Calcule o Estoque de Segurança (ES), d) Calcule o Estoque Máximo (Emax) e o Estoque Mínimo (Emín). e) Calcule o Ponto de Pedido (PP), f) Elabore os Pedidos de Compras + Margem de Segurança

14 Políticas de Estoque II Seja criado e implantado um sistema que contemple a padronização de rotinas técnico-administrativas (POPs), tendo como objetivo dinamizar para as ações desenvolvidas no setor, -pedido de suprimentos; -recebimento de medicamentos e produtos para saúde; -Expedição; -Logística; -Inventário; -Processos; -Gestão; -Treinamentos; -Gerência de Risco; -Boas Práticas (PGRSS, Manuais, Controle de Documentos; Qualidade; -Registros; -Arquivos, -Rotinas.

15 Previsão de Demanda 15 Permanente: para produtos com vida longa, requer ressuprimento periódico; Sazonal: flutuações com período igual ou inferior a um ano, numa série temporal; Irregular: depende de outros fatores (taxas de câmbio, importação); Em desuso: quando a demanda do produto acaba ou entra um novo produto; Derivada: ligada a outro produto. Consumo Irregular Desuso Derivada Sazonal Permanente USP, 2010

16 Tempo Quantidade Estoque Emax D2D1D3 RESSUPRIMENTO PP IR ES QQ IP EM Legenda: D – Demanda Emax – Estoque máximo Es – Estoque de segurança Em – Estoque médio PP – Ponto de Ressuprimento Q – Quantidade IR – Intervalo de Ressuprimento IP – Intervalo de Pedidos CRF-PR, 2012

17 PEDIDO MENSALCMM ESTOQUE CMM → MARGEM DE SEGURANÇA ESTOQUE → FAZER PEDIDO

18 Curva ABC – XYZ Movimentos de Estoque (FIFO/PEPS)

19 Processos de Compras, Licitação, Edital, Empenho.

20 AQUISIÇÃO Lei de licitação: 8.666/93 Lei dos genéricos: 9.787/99 Pregão: lei /2002

21 MODALIDADES DE LICITAÇÃO Concorrência: publicação no DOU com 30 dias de antecedência da data de abertura –Valor maior que R$ ,00 Tomada de preços –Valor maior que R$ ,00 Convite –Valor maior que R$ 8.000,00 Concurso e leilão: finalidades específicas Pregão: qualquer valor; eletrônico.

22 DISPENSA DE LICITAÇÃO Emergência; Itens desertos em licitação prévia; Guerra, calamidades; Aquisições efetuadas junto aos laboratórios públicos oficiais; Obras de arte; Imóveis para serviço público.

23

24

25 Manual de Boas Práticas de Fabricação e Controle

26

27 POP

28

29 Sistema de Gestão

30

31 AGHU - CONSULTA

32 AGHU - CADASTRO

33 AGHU – ENTRADA (NF – NR)

34 AGHU – ENTRADA (itens)

35 AGHU - DESBLOQUEIO

36 AGHU – Gerar Requisição

37 AGHU – Confirmar Requisição

38 AGHU – Alm - Efetivar RQ

39 ARMAZENAGEM E EXPEDIÇÃO Armários Deslizantes Porta Paletes Leitores digitais

40 AGHU - RELATÓRIOS

41 AGHU – Movimento/Consumo

42 AGHU – REL. Cons. Sint. Mat

43 AGHU - RMA

44 Pesquisa de Satisfação

45 Educação Continuada... Kaizen Mudança para melhor - Melhora contínua....

46 O papel do Farmacêutico -Administrar – Relatórios; -Gestão de Estoque (Prever); -Conhecer o Material; -Padronizar – Especificar – Controlar; -Trabalhar em Equipe – Liderar; -Treinamento – Palestras – Reuniões; -Boas Práticas – Qualidade; -Responsabilidade Técnica; -Documentação - Regulamentação Foto: Elson, AMMH – Cateter Venoso Central, duplo Lúmen, HUB, 2014.

47 "Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta." Lucas 11.9 “LET THERE BE LIGHT” And there was light – and he separated the light from the darkness


Carregar ppt "Universidade de Brasília Faculdade de Farmácia Hospital Universitário de Brasília Brasília-DF, 2014 Prof. Esp. Ms. PhD. HUGO C. O. SANTOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google