A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Exercício de análise da Rota do Azeite e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Exercício de análise da Rota do Azeite e."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Exercício de análise da Rota do Azeite e do Vidro em aula. Elementos a analisar: Promotores do projecto Concelhos abrangidos - Historial do projecto Objectivos Público-alvo Característica da Rota Recursos nucleares e complementares Formas de promoção/distribuição Análise crítica

2 Ver quadro em Word Rota do Azeite
Análise comparativa Rota do Azeite/Rota do Vidro Promotores do projecto Concelhos abrangidos Historial do projecto Objectivos Recursos Análise Crítica Rota do Azeite Rota do Vidro Ver quadro em Word

3 PÚBLICO/SEGMENTO/NICHO
Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Rotas Turísticas? Actividade que integra o sector da animação Promovidas pelo sector público e privado Exemplo da natureza compósita do produto (resulta do estabelecimento de redes) Forma de organizar a oferta em torno de uma temática Permite e facilita o acesso/consumo dos recursos de um destino Vários tipos de rotas INTEGRAÇÃO ORGANIZAÇÃO DINAMIZAÇÃO ACESSO PÚBLICO/SEGMENTO/NICHO

4 Lógica de Facilitação/Promoção Lógica de Comercialização
Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Tipos de Rotas Turísticas Lógica de Facilitação/Promoção Indicativas/orientadoras Rotas que indicam, orientam o acesso ao recurso em torno de uma temática, através de um conjunto de informação disponibilizada Lógica de Comercialização Orientadoras/comercializáveis Rotas que divulgam, facilitam e são mesmo geradoras de acesso ao recurso em torno de uma temática, através de um conjunto de informação disponibilizada Informação/Divulgação Distribuição/Venda

5 Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Rotas Turísticas Processo de Planeamento construção Construção gestão Corresponde ao processo inerente à implementação, prossecução e avaliação da rota Aplicação do marketing Estrutura/modelo de gestão Parcerias com agentes do sector Corresponde ao processo inerente à criação de uma rota Concepção do produto/preço Questões operacionais

6 Quais os benefícios decorrentes da experiência do turista?
Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Construção gestão Escolha da Temática (com base nos recursos do destino) Levantamento dos possíveis recursos a utilizar na rota Escolha e definição dos recursos a introduzir na rota Avaliação dos recursos a integrar na rota (passíveis de serem “consumidos?”) Definição/segmentação do produto com base nos recursos do destino e público-alvo (sub-temas, percursos dentro da mesma rota, flexibilidade, rigidez...) Definição dos objectivos da rota Público-alvo (antes e/ou depois do produto?) Definição da duração, percurso, execução, tempo livre, etc Quais os benefícios decorrentes da experiência do turista?

7 Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Construção gestão Definição da estrutura organizativa responsável pela gestão da rota (Promotores da rota?Integrada em outras estruturas ou criada especificamente? = RESPOSTA ÀS NECESSIDADES DA DINÂMICA DA INDÚSTRIA E DO MERCADO Escolha do modelo de gestão mais adequado face ao produto Definição de uma estratégia de mercado (diagnóstico situacional, técnicas de avaliação do produto: ciclo de vida do produto, níveis do produto, etc, saber como utilizar o marketing-mix) Aplicação das variáveis do marketing como ferramentas de trabalho (produto: introduzir melhorias, acertos, clarificar posicionamento; preço: adequado face à concorrência, público, posicionamento, custos fixos, etc; comunicação: posicionar-se recorrendo à imagem/marca; definição da imagem que decorre da identidade; escolha das ferramentas de comunicação e sua utilização numa lógica de promoção integrada; distribuição do orçamento em função da eficácia promocional; distribuição:como vou chegar ao cliente? Directamente, indirectamente? Distribuição selectiva, intensiva? Site como canal de distribuição? Benefícios da intermediação/desintermediação? Monotorização do produto (avaliação da satisfação do cliente; política/acções de comunicação; nível de fidelização, etc) Benefícios, acesso ao cliente; resposta às necessidades do mercado, postura profissional, competitividade, internacionalização?

8 A Rota do Fresco como exemplo
Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística A Rota do Fresco como exemplo A consultar: - Texto da docente disponível na página - AMCAL (http://www.amcal.pt/) Notícia sobre a rota (notícia JN férias) Sites das Câmaras Municipais de Portel, Alvito, Viana do Alentejo, Vidigueira, Cuba Operador Turístico Sóltrópico (Catálogo Férias Por Cá) Site oficial de Portugal (www.visitportugal.pt) Regiões de Turismo da Planície Dourada e Évora Outras notícias


Carregar ppt "Módulo II: Construção e gestão de programas de animação turística As Rotas como exemplo de Animação Turística Exercício de análise da Rota do Azeite e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google