A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 A Farmácia Contemporânea (séc. XX). 2 Aspectos gerais da ciência actual Física Max Plank (1858-1947): desenvolveu a teoria do quanta Albert Einstein.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 A Farmácia Contemporânea (séc. XX). 2 Aspectos gerais da ciência actual Física Max Plank (1858-1947): desenvolveu a teoria do quanta Albert Einstein."— Transcrição da apresentação:

1 1 A Farmácia Contemporânea (séc. XX)

2 2 Aspectos gerais da ciência actual Física Max Plank ( ): desenvolveu a teoria do quanta Albert Einstein ( ): desenvolveu a teoria da relatividade Ernest Rutherford ( ) + Niels Bohr ( ), entre outros trabalharam na teoria atómica Louis de Broglie ( ) + Schrödinger ( ): surge a mecânica ondulatória Heisenberg ( ): despontou a mecânica quântica Química Walther Kossel ( )+Gilbert Newton Lewis ( ): modelos de ligações Wilhalm Bunsen ( ) + Gustav Kirchhoff ( ): espectroscopia electrónica Chandrasekhare Raman ( ): espectroscopia de Raman 1946 – Purcell e Boch realizaram as primeiras experiências de Ressonância Magnética nuclear Inovações tecnológicas Energia nuclear, electrónica, química das macromoléculas, cibernética, rádio, televisão, corantes sintéticos, borracha, fibras, automóvel e o avião vulgarizaram-se

3 3 Farmácia e terapêutica no séc. XX Assiste-se a uma industrialização do medicamento: a farmácia de oficina transforma-se no local de dispensa de medicamentos Técnicas analítica introduzidas com interessa para a farmácia: ultracentrifugação, electroforese e a cromatografia Síntese das moléculas orgânicas: quinino, androsterona, testosterona, colesterol, hemoglobina, vitamina D e A, Estrógeneos, insulina, RNA e DNA Novas técnicas com interesse farmacêutico: liofilização, preparação dos soros e vacinas, preparações biológicas (aminoácidos, enzimas, antibióticos, etc) Novas formas farmacêuticas: cápsulas, injectáveis, pós efervescentes, granulados, drageias, comprimidos e emulsões

4 4 Farmacoterapia contemporânea É importante o desenvolvimento de medicação aplicável a 1. Doenças cardiovasculares 2. Neoplasias 3. Novas doenças infecciosas 4. Doenças neuropsiquiátricas

5 5 Terapêutica cardiovascular Uso de estreptoquinase e a uroquinase no combate aos trombos Reserpina e clorotiazida e a guanetidina e mais tarde a metil- Dopa: antiateromatosos e anti-hipertensivos Insuficiência cardíaca: dipiridamol (1959), quinina como anti- arrítmico Surgiram mais tarde outros produtos Quinidina Procaína Procainimida Lidocaína Ajmalina Antazolina Difenilidantoína

6 6 Terapêutica anti-neoplásica 1945 Godman: utilizou mostardas azotadas que tinham por objectivo retardar a proliferação de células cancerosas através da alteração da estrutura do DNA 1948 Metotrexato usado como antagonista do ácido fólico, impedindo a síntese de bases púricas e dos ácidos nucleicos mercaptopurina, antagonista das purinas Heildelberg, utilizou o 5- fluoruracilo, antagonista das pirimidinas 1960 Alcalóides da vinca 1964 Asparaginase

7 7 Doenças infecciosas São combatidas com sanitárias e medicação; Dois grupos de medicamentos podem ser considerados Sulfamidas: Prontosil eficaz contra o estreptococos (na erisipela e febre puerperal Paramino-fenilsulfamida contra o meningococo, pneumococo e o gonococo Derivados tiazólicos (ex: sulfatiazol) Derivados diazínicos (ex: suldadiazina) Compostos tipo diazona Derivados ftalíticos Antibióticos 1928 Alexander Fleming ( ) descobriu a penicilina A partir dos anos 60 surgiram as penicilinas semi-sintéticas; ex: ampicilina 1943 Salman Waksman descobriu a estreptomicina (larga aplicação no combate à tuberculose 1947 Burkholder descobriu o clonranfenicol 1948 descobriu a Aureomicina Tetraciclinas: são de largo espectro 1959 introduzidos as rifamicinas (combate à tuberculose) 1963 Weinstein descobriu a gentamicina (acção contra as pseudomonas)

8 8 Outros fármacos com propriedades anti-infecciosas 1491 Sulfonas: tratamento da lepra 1939 Ácido undecilénico usado na terapêutica antimicótica Vacinas contra a poliomielite, o sarampo, a gripe, etc. SIDA: causada por um retrovirus, estudos desenvolvidos inicialmente por Robert Gallo e Luc Montagnier Medicina tropical: paludismo (transmissão por mosquitos), doença do sono através da mosca tsé-tsé, doenças hemorrágicas através dos piolhos

9 9 Terapêutica neuropsiquiátrica A partir dos anos 30 terapêutica antiepiléptica: difenilidantoína Terapêutica antiparkinsónica melhorou com a introdução da L-Dopa 1954 tratamento da psicose com cloropromazina a que se seguiu em 1958 o haloperidol 1955 Meprobamato usado como tranquilizante a que se seguiu 1961 a benzodiazepina 1933 Anfetaminas entram na terapêutica A partir dos anos 70 apareceu a clozapina (com menos efeitos secundários)) 1963 indometacina é usado como anti-inflamatório 1947 prometazina usada como anti-alérgico

10 10 Vitaminas Vitamina A (retinol) Isolada em 1931 por Karrer que estabeleceu a estrutura química Usada em problemas de crescimento e em alterações de visão Vitamina B 1936 isolada a vitamina B1; nos anos 30 foi isolada as Vit B2, niacina, B6, ácido pantoténico e biotina; nos anos 40 foram isoladas as vitaminas B12 e o ácido fólico 1933 Foi sintetizada a Vitamina C, descoberta em Utilizada no combate ao escorbuto Sintetizada nos anos 50 a Vitamina D (calciferol), usada contra o raquitismo, importante no fortalecimento das funções imunitárias 1938 Vitamina E (tocoferol) utilizada nas alterações nervosas e musculares 1939 Vitamina K (naftoquinona) utilizada nas perturbações da coagulação sanguínea e usada no metabolismo do cálcio

11 11 Conceito de biodisponibilidade e novos sistemas terapêuticos Nos anos 60 os cientistas, Para além da formulação adequada do medicamento Para além da tecnologia mais adequada à sua produção Para além da sua comercialização; interessaram-se por a biodisponibilidade. Biodisponibilidade: é o grau e velocidade com que uma substância activa ou entidade terapêutica é absorvida a partir de uma forma farmacêutica e se torna disponível no local de acção. Novos sistemas terapêuticos: são formas farmacêuticas, ou dispositivos, ou aparelhagem que permitem a veiculação dos fármacos em determinados orgãos (estômago e tracto gastrointestinal, útero, cólons, pele, etc.), tecidos (saco cojuntival, etc.) ou mesmo células ou receptores específicos (células de Kupffer, sistema reticuloendotelial, macrófagos, etc). Sustentam-se no emprego de uma avançada tecnologia de polímeros e os seus processos de fabrico podem ser mecânicos, biológicos e físico-químicos.

12 12 Fim


Carregar ppt "1 A Farmácia Contemporânea (séc. XX). 2 Aspectos gerais da ciência actual Física Max Plank (1858-1947): desenvolveu a teoria do quanta Albert Einstein."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google